Destino Floripa é a nova marca do turismo de Florianópolis

No 3º dia do Encatho & Exprotel a nova marca da entidade responsável por divulgar o destino e atrair eventos para Florianópolis foi apresentada. Mário Costa Junior, vice-presidente do Destino Floripa, falou ao DIÁRIO.

Por Caroline Figueiredo, de Florianópolis-SC*

Na tarde desta quinta-feira (28), terceiro dia do Encatho & Exprotel, as novidades continuam. Entre elas, o lançamento da marca Destino Floripa.

O Destino Floripa substitui o antigo nome “Florianópolis e Região Convention & Visitors Bureau. ” A associação é responsável por divulgar o destino e atrair eventos para a capital catarinense.

Para saber mais sobre o novo nome e o reposicionamento de marca, o DIÁRIO conversou com o simpático Mário Costa Junior, vice-presidente do Destino Floripa.

Sobre a escolha do novo nome, Mário explicou: “ Essa mudança da marca, ela se dá primeiro pela questão de entendimento do público. A palavra “Convention Bureau” não traduzia exatamente. Quando nós mudamos então para destino, fica muito mais claro na mente das pessoas qual que é o propósito, que é promover aquela região”, explicou.

O logo do Destino Floripa foi apresentado hoje

Impacta na economia

Mário falou ainda sobre os impactos positivos do entendimento da missão do Destino Floripa, ao serr reconhecida mais facilmente: “Diretamente, essa melhora no entendimento permite que nós, quando saímos para fazer captações, que é atrair eventos para Florianópolis, impacta diretamente na economia, não apenas da cidade, mas de toda a região. ”, apontou o vice-presidente.

E como aproveitar o momento atual para captar mais eventos?

“Nesse processo pós-pandemia é estruturar, reposicionar, para facilitar o entendimento daqui para a frente para que possamos captar mais eventos. Imaginando o seguinte: o que esse pós-pandemia tem para trazido para nós? Menos viagens para o exterior, mais viagens internas”, elucidou Mário.

Ele ressaltou que Florianópolis tem em seu histórico de atração de turistas principalmente o público do Rio Grande do Sul, interior de Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo, que é o público doméstico.

“Então, nós vamos aproveitar essa maré a favor com esse olhar para o turismo doméstico, buscar atrair mais visitantes de lazer e mais eventos”, acrescentou Costa Junior.


*A repórter Caroline Figueiredo viaja à Florianópolis-SC a convite do Encatho & Exprotel para a cobertura do evento.

LEIA TAMBÉM:

Topázio Neto, Prefeito de Florianópolis, fala ao Podcast do DT!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial