DIÁRIO divulga vencedores do Concurso Cultural ACCOR MEMÓRIA

O DIÁRIO completa mais uma etapa da parceria com a ACCOR – que teve início este ano com a reforma do site ACCOR MEMÓRIA. Lá foram reunidos depoimentos de várias pessoas que construíram os 42 anos da rede francesa no Brasil, além da linha do tempo da empresa hoteleira em sua trajetória de empreendimentos, aquisições e aberturas.

No mês de junho o DIÁRIO lançou na mesma plataforma o CONCURSO CULTURAL ACCOR MEMÓRIA e convidou seus leitores a participar respondendo as seguintes perguntas:

“Qual hotel da Accor você gostaria de guardar para sempre na memória e por quê?”

Apresentamos abaixo os vencedores do concurso cultural e seus textos escolhidos pela comissão do Concurso:

Clarissa de Sá e Souza

Guardaria o Sofitel Guarujá Jequitimar

Passar esses dias longe, acompanhando a vida apenas pela janela, só deixou ainda mais claro que muitas das melhores sensações estão lá fora.

Liberdade é sentir o vento no rosto, a onda batendo no corpo e a areia debaixo dos pés. Liberdade é a possibilidade do isolamento. Não é o isolamento obrigatório que só faz a alma adoecer. Gostaria de guardar o ano de 2020 para sempre na memória como um ano de mudanças, muitas lições e muitos reencontros felizes com quem a gente ama e com nós mesmos. Com o mar e a localização privilegiada do Sofitel Guarujá Jequitimar dando aquela lavada na alma, inspiração e força pra continuar”.


Victor Alves Pereira

Guardaria o Fairmont Rio de Janeiro Copacabana

“Quero guardar uma memória cheia de vida e arte, como óleo sobre tela e meus olhos por sobre o hotel: como preencher mais um tantinho da tela da minha vida com Accor da Cidade Maravilhosa, do mar ao céu”


Isa Maria Marotta

Guardaria o Mercure Porto Centro Hotel – Porto/Portugal

“Uma andorinha não faz verão. No Mercure Porto Centro elas estão em bandos, distribuídas em vários ambientes, em forma de arte, como se estivessem vivas. A lembrança do local nunca será esquecida porque lá eu me senti feliz. Uma emoção me tocou quando saí do hotel e dei de cara com a maravilhosa igreja barroca do Séc XVIII, dedicada a Santo Idelfonso de Toledo, com a fachada toda coberta de azulejos azuis, fato que emociona qualquer ser humano que tenha um mínimo de sensibilidade. Assistir a uma missa nesta Igreja não é para qualquer um, mas, tenho certeza de que os hóspedes do Mercure Porto Centro tem as melhores oportunidades. O antigo bonde marrom que circula o centro histórico do Porto tem um ponto ali e o passeio é delicioso. O tradicional Café Majestic, pode-se dizer que é quase o “quintal” do hotel, assim como a famosa rua de Santa Catarina. Ficar no Mercure Porto me proporcionou experiências deliciosas e é por isso que eu guardo para sempre na minha memória.


Flavia Bastione Vieira de Souza

Guardaria o Mercure Salvador Rio Vermelho Hotel

“Eu guardaria o Mercure Salvador Rio Vermelho Hotel, porque eu quero contar para os meus netos como a vida pode ser bonita, e poder dizer a eles: “quem diz que ‘nada dura para sempre’ não conhece sua piscina de borda infinita!”

Premiação:

A premiação aos vencedores será duas diárias de casal gratuita em algum dos hotéis da rede ACCOR DO BRASIL, durante o período de 01.09 a 31.12.2020.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT