Diretor da ABLA fala sobre esquema de fraudes em locadoras de automóvel

O diretor Regional da ABLA Sergipe e proprietário do Portal de Reservas, parceiro do DIÁRIO DO TURISMO, Otávio Meira Lins, atendeu à reportagem do DT para falar a respeito do esquema de fraude em locadoras, denunciado no último domingo (5), no programa Fantástico da TV Globo. Segundo a reportagem, criminosos alugam carros em locadoras, não devolvem e repassam esses veículos para terceiros. Conforme estimativas da ABLA, em termos nacionais aproximadamente 9 mil veículos sofreram apropriação indébita no último ano. Isso equivale entre 1% e 2% da frota total do setor no Brasil. Acompanhe a entrevista concedida ao jornalista Paulo Atzingen.

REDAÇÃO DO DIÁRIO

DIÁRIO – No programa Fantástico da TV Globo deste domingo (5) foi exibido um esquema de fraude em locadoras. De acordo com a Delegacia de Defraudações e Falsificações (Defa) os criminosos alugavam carros em locadoras e não devolviam, repassando esses veículos para terceiros. Otávio, você tem uma agência de locação de automóveis e trabalha com várias empresas de locação. Você também caiu neste golpe?

OTÁVIO MEIRA LINS – Esse golpe vem sendo praticado há bastante tempo e praticamente em todo o território nacional. Os principais alvos são as locadoras de grande porte que têm sistema de reservas on-line, que facilita a efetivação das reservas, porém temos registros do golpe em pequenas locadoras, com menor frequência. Em Aracaju registramos corriqueiramente a subtração de veículos por meio de apropriação indébita efetuada por quadrilhas especializadas. Especificamente em Aracaju, são quadrilhas oriundas principalmente do estado da Bahia, que levam os veículos para comercialização no interior do estado ou para desmanches. Tivemos vários veículos subtraídos em 2015, que foi o ano de maior incidência em nossa locadora, totalizando 16 veículos.

DIÁRIO – Segundo as investigações existe uma brecha na legislação. Que brecha é esta?

OTÁVIO MEIRA LINS – Nosso grande problema é que a locadora não consegue colocar restrição de roubo no veículo apropriado indevidamente, ficando o mesmo praticamente “livre” para circulação nas estradas e rodovias nacionais, dificultando a apreensão por parte dos órgãos de fiscalização. A falta da restrição também alimenta o comércio criminoso desses veículos, permitindo a comercialização de veículos das locadoras por consumidores que, em parte dos casos, são enganados pelas quadrilhas. Em parte dos casos, os compradores também são vitimas ao comprar veículos frutos de “roubos” como sendo veículos de boa procedência. Os veículos que são apropriados pelos criminosos têm sido repassados a terceiros mediante venda (inclusive por meio de websites) por valores substancialmente abaixo dos preços de mercado. No sentido de inibir esse tipo de comércio ilegal, é interessante lembrar que as pessoas que ficam rodando com os veículos nessas condições também correm o risco de terem de responder pelo crime de receptação.

Os veículos que são apropriados pelos criminosos têm sido repassados a terceiros mediante venda com valor abaixo do mercado

DIÁRIO – Esse golpe é mais comum por meio digital. O Portal de Reserva por ser on-line não fica mais vulnerável?

OTÁVIO MEIRA LINS – Na realidade prestamos o serviço de captação de reservas, cabendo aos parceiros a verificação da documentação do cliente no ato da retirada do veículo na locadora. Importante dizer também que a ABLA segue trabalhando pelo melhor e mais rápido atendimento para as principais necessidades das empresas de locação para a solução desse problema. É importante que as locadoras se filiem na ABLA para que juntas, aumentem a representatividade do segmento e busquem cada vez mais possibilidades para defender os seus direitos. As locadoras associadas já podem contar, por exemplo, com produtos e serviços que auxiliam a prevenção, tais como sistemas de rastreamento para a frota, bloqueadores e serviços de biometria que podem ser contratados junto a parceiros de negócios da ABLA, a partir de condições comerciais diferenciadas (descontos) e previamente negociadas pela associação.

DIÁRIO – Nos estados do nordeste você tem números de casos?

OTÁVIO MEIRA LINS – Conforme estimativas da ABLA, em termos nacionais aproximadamente 9 mil veículos sofreram apropriação indébita no último ano. Isso equivale entre 1% e 2% da frota total do setor no Brasil. Em Sergipe, é possível estimar que os casos ultrapassaram a casa dos 100 veículos no último ano, levando em conta que a frota total do setor no estado é de 9.157 automóveis e comerciais leves. Os criminosos não somente fazem investidas nas locadoras que estão nos aeroportos, mas também em locadoras nos centros urbanos, consideravelmente nas capitais do Nordeste.

A ABLA já está trabalhando para obter agenda para reunião no DENATRAN, com pauta exclusiva sobre a questão da apropriação indébita

DIÁRIO – Você como diretor regional da ABLA de Sergipe, o que recomenda que seja feito pelas autoridades e pelo público consumidor?

OTÁVIO MEIRA LINS – Via Ministério da Justiça, a ABLA já está trabalhando para obter agenda para reunião no DENATRAN, com pauta exclusiva sobre a questão da apropriação indébita. O objetivo é avançar para que conste nos registros dos DETRANS não apenas os casos de roubo e furto, mas também os de apropriação indébita. A ABLA tem como pleito, também, a rápida solução para a atual falta de sistemas interligados na gestão dos DETRANS e das polícias, para que os próprios criminosos e/ou os receptadores comecem a enfrentar restrições de circulação quando em posse dos veículos apropriados de maneira indevida. Ou seja, também precisamos melhorar as leis para que seja permitido o lançamento de restrições no cadastro dos veículossubtraídos por apropriação indébita. Essa prática permitirá que as autoridades identifiquem com mais facilidade os veículos subtraídos das locadoras, facilitando sua apreensão e posterior devolução. Isso tudo também ajudará na diminuição dos golpes na etapa de comercialização dos veículos, pois os compradores poderiam consultar mais facilmente a procedência do veículo e identificar os que tenham restrições. Em relação aos compradores é prudente que desconfiem das ofertas fora da realidade do mercado praticadas em sites de venda de veículos e sempre consultem a documentação e a procedência antes de fechar qualquer negócio.

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Air France-KLM apresenta seu relatório de sustentabilidade de 2019

Depois de atingir suas metas para 2020 antes do previsto, em 2019 a Air France-KLM estabeleceu novas metas ambiciosas para reduzir sua pegada de...

A partir de quarta-feira (3), a Itália permitirá a liberdade de movimento em todo o país

ROMA (Reuters) - As mortes causadas pela epidemia de Covid-19 na Itália subiram em 55 nesta terça-feira, contra alta de 60 no dia anterior,...

Plataforma com ambiente de treinamento em hotéis é lançada

Ao vestir a camisa de quem está à frente da batalha de combate ao Covid-19 e em todo o processo de retomada das atividades...

Cancun recebe selo de segurança de viagem da WTTC

O objetivo é promover a reativação segura da atividade turística e recuperar a confiança dos viajantes, com medidas de higiene e saneamento.A OMT expressou...

Hotéis miram retomada e contratam empresas especializadas em biossegurança

Consultorias especializadas assessoram hotéis na elaboração e implementação de novos protocolos para preservar a segurança de colaboradores e clientes na retomada POR REDAÇÃO (Zaqueu Rodrigues...

Nobile Hotéis reabre unidades com protocolos de higiene e segurança intensificados

A Nobile Hotéis, comprometida com a segurança das pessoas na retomada de suas operações, divulgou aos empreendimentos de seu portfólio os protocolos de higiene...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias