Eduardo Kina, CEO da Alatur JTB: faturamento de R$ 5 bilhões até 2020

Após a fusão com a gigante japonesa do turismo corporativo JTB, ocorrida em 2013, a Alatur JTB  acaba de nomear  Eduardo Kina  novo CEO da empresa. Especialista em fusões e aquisições, experiência que o colocou na posição de orientador para as negociações da Alatur JTB durante a aquisição de 51% da Quickly Travel em 2014, o executivo chega à nova posição com a missão de levar a empresa ao posto de maior conglomerado de viagens corporativas do país.

Considerada uma das  três maiores agências de viagens corporativas do país a Alatur JTB tem faturamento previsto para 2015 de de R$ 1,7 bilhão, devendo chegar a R$ 5 bilhões até 2020. Para isso, além da nomeação de Eduardo Kina como presidente executivo da empresa, foi criado um conselho-executivo, composto pelos sócios da Alatur Ricardo Ferreira, Francisco Carpinelli e Marcos Balsamão e integrado também por Tetsu Susuki, apontado pela JTB.

Investimentos

As ações até 2018 implicam no investimento de R$ 27 milhões para fusões e aquisições e mais 13 milhões para tecnologia, nas plataformas de gestão e vendas. “Além disso, um plano estratégico busca equilibrar os negócios provenientes do turismo corporativo, que hoje representam 75% do faturamento”, informa a empresa em nota.

A assinatura de termos de intenção de aquisição de duas agências de viagens corporativas, a  Jaraguá e a BSP, objetiva buscar novos nichos de negócios. Mesmo com retração financeira e econômica do país, as vendas da empresa este ano cresceram 14% em valor. O aumento das transações chega a 32%.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial