Ekôa Park amplia protocolos de biossegurança para receber turistas

Visitantes vivenciam imersão na Grande Reserva Mata Atlântica; entre atrações estão passeio de balão e arvorismo

Edição do DIÁRIO com Agências

O turismo de natureza e aventura está entre os tipos de viagem mais procurados pelos brasileiros em função da pandemia de Covid-19 Segundo a plataforma Booking.com, 55% dos brasileiros preferem “viagens perto de casa” neste momento. Passeios curtos, feitos de carro, para destinos que ofereçam atividades de lazer e em contato com a natureza são tendências para a temporada de verão que se aproxima.

A expectativa é endossada pelo Sebrae com base em um levantamento do Laboratório de Inteligência de Mercado em Viagens (TRLV Lab), que aponta que as  palavras-chaves que lideram as opções de destinos são: cachoeiras, trilhas, montanha, natureza e cavernas.

A pesquisa ainda mostrou que 38% dos entrevistados pretendem viajar com a família após a pandemia, sendo que 53% devem optar por roteiros nacionais. Com a permanência das regras de distanciamento social, os turistas preferem locais que respeitem os rigorosos protocolos de higiene e controle de números de visitantes para evitar aglomerações.

Em meio a esse cenário, as expectativas do Ekôa Park, na cidade de morretes, no litoral do Paraná, está otimista. Ele conta com 238 hectares e uma área remanescente de Mata Atlântica. “A missão do parque é ensinar por meio da natureza, encantando e sensibilizando os visitantes para promover a conservação do patrimônio natural e da biodiversidade”, afirma a diretora do Ekôa Park, Tatiana Perim.

O parque reúne experiências sobre a história da região, formação geológica, cobertura vegetal e processo de colonização e desenvolvimento. Ainda no roteiro há uma experiência estimulante no Corredor dos Sentidos e nas trilhas do Peabiru, da Mata e das Aves, que possui uma torre de observação de 15 metros de altura. Para os fãs do turismo de aventura, a opção é praticar arvorismo e tirolesa no Morro da Aventura. O parque também oferece passeios de balão.

Na proposta de educação ambiental, o parque criou o Tekôa, laboratório de sustentabilidade, que apresenta os princípios da permacultura, com ênfase na bioconstrução e agroflorestal. O espaço também oferece oficinas, cursos e vivências. Para o público infantil, a bolha humana é uma opção de lazer, em um cilindro que flutua sobre a água, para crianças de 4 a 12 anos, com circulação de ar e conforto.

Localizado no km 18,5 da Estrada da Graciosa, a 68 km de Curitiba, o acesso ao parque pode ser feito de várias formas. O Ekôa Park fica a 50 minutos do Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Grande Curitiba. E o trajeto para Morretes pode ser feito de carro, ônibus ou trem.

Entre as medidas de combate à Covid-19 adotadas pelo Ekôa Park estão: vagas limitadas a 125 pessoas por dia, uso obrigatório de máscaras e distanciamento mínimo de 2m entre as pessoas dentro do parque. O acesso é permitido apenas mediante agendamento online.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial