Emirates aumenta capacidade de atendimento e acelera processo de reembolso

A Emirates aumentou sua capacidade de processar reembolsos, reafirmando seu compromisso com os clientes e parceiros comerciais afetados pelas restrições de viagens relacionadas à pandemia de COVID-19.

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências


Com quase 500 mil solicitações de reembolso pendentes aguardando processamento, a companhia aérea tomou medidas proativas para reestruturar seus procedimentos e aumentar o processamento de reembolsos. Antes da pandemia, a Emirates processava em média 35 mil solicitações de reembolso por mês. Agora, está se preparando para processar 150 mil solicitações por mês; a ideia é eliminar todas as pendências até o início de agosto.

“Este é um momento difícil para nós e para todas as companhias aéreas. Estamos usando nossas reservas de caixa e adotando medidas proativas no processamento de reembolsos, mas é nosso dever e responsabilidade. Gostaríamos de enfatizar aos nossos clientes e parceiros comerciais que atenderemos a todos os pedidos de reembolsos e que estamos fazendo o possível para acelerar esse processo,” afirmou Sir Tim Clark, presidente da Emirates Airline.

“Tivemos uma grande movimentação nas primeiras semanas da pandemia, mas, depois disso, reformulamos nossa política de isenção relacionada à COVID-19, adotando globalmente uma abordagem simples que coloca os clientes em primeiro lugar. Também contatamos proativamente os clientes que logo no início enviaram solicitações de reembolso ou alterações de reserva para informar sobre as novas opções disponíveis.”

“Esperamos que nossos clientes e parceiros comerciais optem por reservar e voar com a Emirates em outro momento em breve. Para aqueles que decidirem ficar com a passagem ou trocá-la por vouchers de serviços, esperamos recebê-los em breve em nossos voos. Os anúncios sobre a retomada dos serviços serão feitos assim que possível.”

Os clientes que quiserem solicitar vouchers ou reembolsos de viagem devem preencher o formulárionlindisponível no site da Emirates ou entrar em contato com o agente de reservas e solicitar ajuda.

A Emirates oferece três opções para seus clientes que tiveram cancelamentos de voos e sofreram as consequências das restrições de viagem devido à pandemia:

• Manter a passagem atual por até 24 meses; neste caso, basta ligar e reagendar o voo quando puder voar novamente. A Emirates estendeu essa opção, que se aplica às passagens emitidas até 30 de junho de 2020 para voos até 30 de novembro de 2020.

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Hoteleiros paraibanos criam campanha “Paraíba Flexível & Segura”

Hoteleiros de João Pessoa, Campina Grande e Costa do Conde, em parceria com o setor de receptivo, inicia no dia 1º de agosto a...

Grand Palladium Imbassaí Spa & Resort retoma atividades dia 06 de agosto

O Palladium Hotel Group anuncia nova data de reabertura do Grand Palladium Imbassaí Spa & Resort. Inicialmente previsto para voltar a operar em 30 de...

LATAM já entregou 10 mil máscaras cirúrgicas para hospital em São Carlos

A LATAM Airlines Brasil realizou na última semana a entrega de 10 mil máscaras cirúrgicas ao Hospital Universitário da Universidade Federal de São Carlos...

FBHA trabalha para incluir o setor do Turismo na MP 975

Na última segunda-feira (6), o presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), Alexandre Sampaio, representou a entidade na reunião com os deputados...

Vinícola Aurora recebe certificação internacional por redução de CO2

Quase quatro mil árvores preservadas. Cerca de 61 toneladas de papel a menos enviadas para os aterros sanitários. A redução na emissão de 144,2...

KLM retoma voos diários entre São Paulo e Amsterdã

Quase quatro meses após ter reduzido a dois voos semanais entre o Brasil e a Holanda, a KLM volta aos níveis pré-crise do Covid-19 em...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias