Empresários protestam contra Central de Compras do Governo Federal

Redação do DIÁRIO – Empresários, em sua maioria agentes de viagem, ligados à Associação Brasileira de Agências de Viagens do Distrito Federal (ABAV-DF) protestaram na manhã desta terça-feira (10), na Esplanada dos Ministérios, contra a Central de Compras do Governo Federal, que efetua as compras direto do fornecedor.

O projeto de compras, que começou em agosto do ano passado, estabelece a compra direta de passagens aéreas nas quatro empresas cadastradas: Gol, Tam, Avianca e Azul. Para isso, foi desenvolvido um sistema que busca diretamente nos sites das companhias aéreas os melhores preços, descartando intermediações com agências. Além disso, o governo negociou com as companhias o direito de segurar o preço e o assento por 72 horas.

“Estamos brigando para defender um mercado que é legitimo", disse Vieira ao DT. (foto: divulgação)
“Estamos brigando para defender um mercado que é legitimo”, disse Vieira ao DT. (foto: divulgação)

“Estamos brigando para defender um mercado que é legítimo e que se sujeita a todas as regras determinadas pela legislação. O que acontece se até o dia 18 de março nós não conseguirmos mudar esta situação? O governo deve licitar apenas para uma agencia de viagens”, disse Carlos Vieira, presidente da ABAV-DF, ao DIÁRIO

Aéreas estão sujas

Segundo Carlos Vieira, toda agência de viagem que quer vender ao governo passa por uma triagem e ela é obrigada estar com sua certidão negativa junto à Receita Federal, o que não ocorre com as companhias aéreas.  “Baseado na Lei 8666,  é exigido das empresas que querem revender ao governo um nível de balancetes positivos, certidão de negativas de falência, concordata, INSS , tudo. Já todas as  companhias aéreas estão com seus balanços negativos, elas não têm as certidões negativas exigidas pelos governos porque elas estão inadimplentes com o governo federal, no entanto o rolo compressor do governo alterou várias portarias, documentos e leis, para atender às necessidades do próprio governo que é comprar diretamente das companhias”, desabafa.

De acordo com o governo, o objetivo da central é obter mais eficiência no gasto público, padronizar procedimentos e melhorar o controle e a fiscalização das compras federais.

Por outro lado, segundo Carlos Vieira, o responsável pelas compras que manda emitir as passagens é também responsável pelo pagamento e fiscalização da compra. Segundo o presidente da ABAV-DF, a nova modalidade de compras do governo federal vai afetar diversos setores da economia. “O governo quer estatizar o turismo”, salienta.

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Celso Guelfi, CEO da Global Travel Assistance: “Temos mais futuro que passado”

De acordo com dados da recente pesquisa Criteo (NASDAQ: CRTO) - uma empresa global de tecnologia -  68% dos brasileiros estão ansiosos para viajar...

Hotéis em Porto de Galinhas recebem o selo Safe Travel do WTTC

O Hotel Solar Porto de Galinhas e o Vivá Porto de Galinhas Resort, ambos localizados no Litoral Sul de Pernambuco, foram os primeiros do...

Em Brasília, setor de transporte turístico pede socorro e reclama de taxas abusivas

Trabalhadores pedem compreensão da ANTT em relação às taxas e clamam que representantes do órgão ouçam suas reivindicações EDIÇÃO DO DIÁRIO ------------------------------   O setor de turismo é,...

Frida Kahlo tem vinho em sua homenagem da vinícola Carmen, no Chile

Frida Kahlo completaria 113 anos nesta segunda-feira, 6 de julho. Ícone da força feminina,  a artista mexicana é símbolo de reinvenção, tanto em sua...

GOL terá adiantamento de R$ 1,2 bilhão da Smiles

Valor Econômico A Smiles fará um adiantamento à Gol no valor de R$ 1,2 bilhão, para uso futuro na aquisição de passagens aéreas de emissão...

Grandes bancos do Canadá boicotam anúncios no Facebook

Os maiores bancos do Canadá confirmaram na última sexta-feira (3) que se juntaram a um boicote contra anúncios no Facebook, iniciado por grupos de...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias