Entre Palavras e Panelas e seus vários significados

Há algum tempo queria escrever sobre este livro de gastronomia e cultura que ganhei em Gramado (RS), durante o Festuris. Faz parte da minha natureza retribuir presentes, notoriamente os dados de coração, espontaneamente.

por Paulo Atzingen*


O Livro que falo é o “Entre Palavras e Panelas – uma visão renovadora do mundo da gastronomia” de Simone Nejar. Ele me chegou às mãos por Günter Nejar, que em um gesto de generosidade encadeada me levou ao estande da família Nejar para experimentar um waffle – aquela massa típica dos lares norte-americanos. O rapaz ao ver minha cara de aprovação disse que aquela e mais 58 receitas estavam no livro escrito por sua mãe, Simone Nejar. E me deu o livro.

Esses gestos de  generosidade marcaram-me em Gramado e este jovem ganhou minha amizade.  Gestos assim me servem como alimento, me inspiram mesmo que tenham acontecido há muito tempo.

A publicação é de um cuidado e de um zelo próprios  de um chef que tem um príncipe à mesa ou de uma cozinheira que coloca amor no que faz e quer oferecer o seu melhor a quem ama.

Esse cuidado e esse zelo se aplicam na apresentação das receitas com fotos da própria autora.

Mas, além da forma, o recheio do livro revela a matiz de quem o concebeu. Não conheci Simone pessoalmente quando estive em Gramado, mas por sua obra percebe-se que escrevo sobre alguém de grande sensibilidade, seja na forma de apresentação dos pratos e receitas, seja na construção genuína de um enredo que envolve a história de dezenas de alimentos preparados e vividos pela própria autora. Com texto claro e leve, Simone descreve a origem e o surgimento da polenta, do frango a moda do Kentucky, do Brownie ou dos Pasteis de Bacalhau, sem cair na chatice de descrições acadêmicas da origem dos alimentos.

Papiros de Beringela (reprodução da foto da autora)

- Advertisement -

Nas 130 páginas de “Entre Palavras e Panelas” Simone impõe sua múltipla personalidade de cozinheira, pesquisadora, escritora, editora e fotógrafa.

Simone dedica seu livro à memória de sua mãe, Miriam Aparecida Janson Nejar, responsável em grande parte, por sua paixão pela Culinária.

O livro é muito mais que um livro de receitas. É um guia gastronômico e cultural onde a autora convida para uma viagem; veja:

Papiros de Beringela

“Hoje passei o dia praticamente soterrada por papéis e processos, então resolvi aproveitar a papelada para me inspirar. Vamos fazer algo criativo, papiros de berinjela. Foram os egípcios, por volta de 2500 a.C. que criaram a técnica do papiro, o ancestral do papel, que por sinal deve ser o ancestral do computador….

A sopa Vichyssoise (reprodução de foto da autora)

Vichyssoise

“Enquanto a Estátua da Liberdade foi um presente da França aos Estados Unidos; a sopa Vichyssoise é uma feliz conjugação da experiência culinária francesa com o charme nova iorquino…

As madeleines (Reprodução de foto da autora)

Madeleines

“Existem três histórias sobre o surgimento dos populares bolinhos franceses em forma de conchinha., mas a mais verossímil diz que teriam sido criadas por freiras de caridade de Sainte Madeleine, para manutenção daquela abadia…”

Significado

São mais de 50 viagens pela Europa, Estados Unidos, Egito e Roma antigos e pelo Brasil acompanhadas dos ingredientes e das receitas…

A autora, em foto na contracapa do livro

Que esta pequena crítica – atrasada alguns anos – encontre Simone Nejar fazendo o que mais gosta e que ela possa lê-la. E que ao lê-la sinta a mesma generosidade e gratidão que ela oferece às pessoas – viajantes em suas receitas cheias de amor – ou outras pessoas que mesmo sem conhecê-la ganham e lêem seus livros cheios de significados.


*Paulo Atzingen é jornalista

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias para a sua viagem!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    Mostra de Cinema de Gostoso tem apoio do governo do RN

    Entre os dias 26 e 30 de novembro, a praia do Maceió se transformará em uma sala de cinema à beira mar com exibição...

    Copa Airlines celebra 15 anos de operações no Rio de Janeiro

    A companhia opera no Rio de Janeiro com dois voos diários conectando a cidade com 65 destinos, em 28 países da América do Sul...

    Abeta Summit 2021 debate o ecoturismo e turismo de aventura no Brasil

    Promovido pela Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (Abeta), evento acontece até este sábado Por Redação Sob o tema (Re)Construindo um Turismo...

    Roda-gigante de Faz do Iguaçu (PR) será inaugurada em dezembro

    Foz do Iguaçu foi escolhida por atrair brasileiros e estrangeiros e por ser um destino que alia belezas naturais com uma ótima estrutura de...

    Seridó (RN) pode se tornar segundo geoparque do país reconhecido pela UNESCO

    O Geoparque Seridó compreende seis municípios do Rio Grande do Norte: Acari, Carnaúba dos Dantas, Cerro Corá, Currais Novos, Lagoa Nova e Parelhas Edição DIÁRIO...

    Aparecida quer se posicionar como destino de férias

    Para mostrar a cidade além do turismo religioso, cidade investe em press trip com jornalista Por Amadeu Castanho Interessadas em estimular o perfil do turismo local,...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing