Fernando de Noronha incrementa combate contra plásticos descartáveis

Os executivos representantes da Plataforma de educação ambiental Menos 1 Lixo e a empresa Iônica – consultoria de inovação socioecológica, acabam de desembarcar em Fernando de Noronha.

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências

O objetivo é para apoiar a ilha na criação de soluções para sensibilizar e engajar todos que vivem e frequentam no arquipélago, para que eliminem o uso de plásticos descartáveis em Noronha. Esse trabalho envolverá todos os setores da sociedade, públicos e privados. O administrador da ilha, Guilherme Rocha, firmou parceria por meio de protocolo de intenções para iniciar os trabalhos de sensibilização entre a administração, as empresas, turistas e a sociedade em geral. “Colocamos em prática a parceira que a gente firmou com a Menos 1 Lixo e a Iônica, duas empresas especialistas nessa questão do meio ambiente e do plástico zero. E que vão nos ajudar muito na conscientização junto a comunidade”, disse Guilherme Rocha.

Fê Cortez, ativista ambiental e defensora da ONU Meio Ambiente e conselheira do Greenpeace Brasil, que também faz parte da Menos 1 Lixo, promoveu o workshop intitulado “Um oceano de vida”, mostrando a problemática no plástico no planeta, que afeta a vida marinha e terrestre. Em seguida Úrsula Araújo promoveu atividades interativas entre os participantes. Tudo vai ser incorporado no processo do plano de ação.

“A ideia da vinda a Fernando de Noronha é a de implementar e ter um case brasileiro muito distinto de tudo o que a gente tem visto em relação a proibição de plástico e descartável. A ideia de estar na ilha é ajudar a população a criar as soluções específicas. O meu papel nessa visita é inspirar e facilitar rodas de diálogos para que propositivamente, juntos, com todos os envolvidos desenhemos a melhor solução para cada parte dessa nova forma sistêmica que vai precisar existir aqui na ilha para comercialização e consumo de plástico descartável”, disse Fê Cortez.

Plataforma

Wagner Andrade, diretor de inovação e criação da ONG Menos 1 Lixo, disse que a plataforma de educação ambiental tem por objetivo produzir conteúdo para inspirar, sensibilizar e engajar as pessoas no movimento pessoal de transformação no comportamento, no consumo e na relação que as pessoas têm na vida, com o meio ambiente no dia a dia, adotando práticas responsáveis com a vida, com o planeta e gerar impacto positivo. “Vir para Fernando de Noronha apoiar a administração da ilha, com todos os atores envolvidos, como sociedade civil, bares e restaurantes, rede hoteleira e todas as instituições que atuam no arquipélago, é fundamental para que, de fato, o decreto que foi promulgado possa efetivamente ser cumprido.

Conscientização necessária

Para a conselheira distrital, Marilde Martins, conhecida como Véia, a proibição dos descartáveis é de extrema necessidade. “É importante não só para Noronha, mas para o planeta. A gente já vem trabalhando a educação sobre o cuidado com o lixo devido as epidemias. Principalmente na ilha, que é um local pequeno, bonito, onde temos esse problema. Então a conscientização é necessária, eu estou aqui para reproduzir o que eu vi nas palestras, com muita esperança de que as pessoas entendam a necessidade da educação em relação ao lixo”.

A equipe fez encontros e reuniões com entidades do governo, representantes comerciais e associação de moradores e também visitas em pontos estratégicos da ilha, para a imersão na realidade local do arquipélago.

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    Projeto de Lei sobre alíquota do querosene de aviação é tema de audiência pública

    Foi realizada na manhã desta terça-feira (20) uma audiência pública da Comissão de Tributação, Controle da Arrecadação Estadual e de Fiscalização dos Tributos Estaduais...

    Nomadismo Digital e Trabalho Remoto: setor hoteleiro se prepara para o futuro

    Com as restrições internacionais em vigor por conta da pandemia, as tendências do turismo apontam para um aumento nas viagens locais ou regionais para destinos...

    CNC: volume de receitas do turismo brasileiro encolheu 36,6% em 2020

    Entretanto, segundo a CNC,, a expectativa da vacinação traz a projeção de um avanço de 18,8% Com as medidas restritivas impostas nos estados brasileiros, em...

    Porto de Galinhas lança campanha de incentivo para agentes de viagens

    Nesta quinta-feira (22), Porto de Galinhas lançará uma campanha de incentivo voltada para os agentes de viagens com intuito de ajudar os profissionais do...

    Viação Executiva é alternativa para viagens privadas

    Em momentos de pandemia, poder contar com aeronaves privadas é um privilégio, especialmente se essa possibilidade vem acompanhada de uma oferta de serviço que...

    Hotéis de Floripa personalizam roteiros com foco no turismo de natureza

    Com as mudanças de hábitos e comportamento dos turistas por causa da Covid 19, os destinos turísticos precisaram se adaptar às novas tendências e...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing
    Olá.
    Esse é um canal exclusivo para Pautas e Marketing.