Guias e monitores de Turismo da Bahia cobram aprovação de PL 23845

SALVADOR (BA) – Cerca de 30 guias de turismo e monitores  realizaram um manifesto em frente à Assembléia Legislativa do Estado da Bahia nesta terça-feira (4) para pressionar os deputados estaduais na aprovação do PL 23845 que autoriza o Poder Executivo a transferir recursos em caráter emergencial ao setor do turismo baiano.

REDAÇÃO DO DIÁRIO


Durante a pandemia as categorias de guias e monitores sofreram frontalmente com a falta de turistas. De acordo com a guia de turismo e representante da mobilização dos guias de Salvador Silvana Rós, o Covid-19 tem feito um grande estrago no turismo soteropolitano e na Bahia. O Estado possui hoje 760 guias de turismo credenciados no Cadastur.

“Muitos dos nossos colegas estão mudando de profissão; uns estão vendendo carro, outros a casa para sobreviver”, relata Silvana ao DIÁRIO.

“Nós estamos na primeira fase da retomada, mas ainda não vimos nenhuma mudança. Dos 450 guias de turismo de Salvador, só um retomou à atividade; ele foi convocado por uma agência para atender uma família do Rio de Janeiro. Tudo indica que essa retomada não vai ter a velocidade que precisamos que ela tenha. Tudo vai ser muito devagar”, lamenta Silvana. “O que justifica nossa preocupação e a nossa cobrança para a aprovação do PL”, ponderou.

Cestas depois de 60 dias

Silvana, que também é vice-presidente da Federação Nacional dos Guias de Turismo – Fenagtur, informa que a prefeitura vem entregando mensalmente as 200 cestas básicas acordadas com a categoria no entanto, com um grande atraso. “As cestas básicas da prefeitura de Salvador de abril e maio, só chegaram em junho e julho. Todas estão sendo entregues com dois meses de atraso”, comentou. Silvana aproveitou para dizer que essas cestas só beneficiam 146 guias e 44 monitores. “Em Salvador temos 450 guias cadastrados, ou seja, mais da metade não recebem”, contou.

Silvana acrescenta que o PL 23845 quando aprovado possibilitará a transferência de recursos financeiros de até 1 (um) salário mínimo para os profissionais autônomos que atuam como guias de turismo, monitores de turismo e condutores de visitantes.

 

Redação
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

U.S. Travel anuncia IPW 2021 de 18 a 22 de setembro em Las Vegas

WASHINGTON, 30 de setembro de 2020 - A U.S. Travel Association anunciou nesta quarta-feira (30) que a IPW, sua feira internacional anual de viagens...

Voos para Congonhas e Confins retornam em outubro no aeroporto de Florianópolis

A malha aérea prevista para outubro, no Aeroporto Internacional de Florianópolis, contará com o retorno de dois destinos importantes: o aeroporto de Congonhas, em...

Veja o que rolou de mais importante no encontro de líderes do NEB

  Com mediação de Mami Fumioka, da Quickly Travel, o evento híbrido promovido na última terça-feira (29), pelo NEB (Nikkey Empreendedores do Brasil), contou com a...

Lençóis e a Chapada Diamantina reabrem para o turismo

por Reginaldo Marinho -   RM@reginaldomarinho.com.br Foi amor à primeira vista. Vim conhecer Lençóis há três anos e daqui não quis mais sair. Vim por um chamado...

Confirmado: Festival das Cataratas terá feira presencial em dezembro

Festival das Cataratas deste ano foi dividido ao longo do ano, com ações on-line. EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências Seguindo rigorosos protocolos sanitários, os organizadores do...

Brasileiros deportados dos EUA desembarcam no Brasil. Leia opinião de especialista

O 20º voo com deportados brasileiros dos Estados Unidos pousou no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, na região metropolitana, na última sexta-feira (25), com 52 pessoas, de acordo...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat