IBP Club é plataforma que facilita compras de brasileiro feitas nos Estados Unidos

Facilitar a vida do turista brasileiro que vai para os Estados Unidos é o objetivo principal da plataforma digital IBP Club. A plataforma reúne diversos Programas de Fidelização em um único ambiente. Isso otimiza o tempo do cliente que possui cadastro em mais de um programa de fidelização como Livelo, Tudo Azul, Dotz, entre outros, assim como a troca de produtos e serviços durante a viagem aos EUA. Vale lembrar que os valores em pontos são dados por cada programa de fidelidade.

EDIÇÃO DO DIÁRIO e agências.

Entre os serviços oferecidos pela plataforma estão:

Transferência de Pontos para Pontos IBP Na Plataforma digital da IBP Club, além de trocar os pontos dos programas de fidelidade nos quais é cadastrado, o turista poderá transferi-los para os Pontos IBP, somando então, o ponto de cada programa em um único ponto, o que aumenta o poder de troca do cliente e diminui as perdas.

Clube+(Ganhe mais ponto) – Para quem possui cadastro no site da IBP Club, é oferecido um clube de vantagens, com mais três mil lojas, para realização de compras on-line. Alguns exemplos de players disponíveis são: Extra, Ponto Frio, Americanas. O cliente efetua sua compra e ganha pontos IBP, que poderão ser utilizados em trocas de produtos e serviços em sua viagem para os Estados Unidos. Entre as possibilidades de trocas estão ingressos para os parques da Disney, em Orlando, vouchers para restaurantes, ingresso para Estátua da Liberdade, em Nova York, entre outros.

Pontos IBP – Compra de pontos de IBP – é possível comprar pontos IBP para reverter o consumo em passagens aéreas ou compras internacionais. Você pode usar estes pontos nas redes credenciadas nos Estados Unidos como:  Camila´s Restaurant, Planet Hollywood, Disney, Universal, entre outros. Os pontos podem ser comprados parcelados e o pagamento das compras é feito à visto com os pontos adquiridos.

Crédito Pessoal  Em parceria com o Banco ARBI é oferecido crédito pessoal para utilização na rede credenciada da IBP. O usuário efetua o empréstimo com banco nacional,  para gastar nos Estados Unidos. O pagamento é feito em até 8 vezes com parcelas pré-fixadas no momento da efetivação do empréstimo.

De acordo com Wilson Carrione, CEO e idealizador da plataforma IBP Club, a missão principal é proporcionar uma experiência única aos turistas que vão aos Estados Unidos. “Pensamos em uma ferramenta que facilitasse a vida do brasileiro que irá viajar. Com a plataforma, o usuário vai adquirindo pontos antes da viagem com o consumo feito aqui no Brasil. Assim como o parcelamento, que sabemos que é um hábito muito comum do brasileiro”, explica o executivo.

A expectativa da IBP Club é alcançar 2% do público viajante aos Estados Unidos até o final de 2020. Para desenvolver e implantar a ferramenta o investimento foi de R$ 4 milhões.

Redação
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Associação Brasileira de Enologia faz nota de repúdio à coluna de Hélio Shwartsman

Uma nota assinada pelo presidente da Associação Brasileira de Enologia,  Daniel Salvador e pelo presidente da Organização Internacional do Vinho e do Vinho, Regina...

Mal conservado e em dificuldades financeiras Fundo Financeiro requer falência da Braston Hotéis

O Summit Fundo de Investimento em Direitos Creditórios - Vara/Comarca: 1a Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo/SP requereu na última semana...

Booking.com apresenta as tendências de viagens pós pandemia (ou enquanto ela não acabar)

Sonhos para as próximas viagens, novos valores para a vida de viajante, cuidados que serão tomados a partir de agora e a importância em...

Maria Fumaça para Morretes volta a funcionar em novembro

Conhecida dos curitibanos por circular na cidade durante o período que antecede o Natal, a Maria Fumaça despertou o carinho do público e se...

Companhias aéreas enfrentam teste de sobrevivência com demora em retomada

A segunda onda de covid-19 atrasa a recuperação das viagens aéreas, o que torna o inverno no hemisfério norte um teste de sobrevivência para...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat