Industria da aviação anuncia o lançamento da MRO Blockchain Alliance

O uso de blockchain para rastrear peças de aeronaves pode economizar para a indústria cerca de US$ 3,5 bilhões

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências


 

Os principais parceiros da indústria de aviação anunciaram o lançamento da MRO Blockchain Alliance, a primeira investida do setor de transporte aéreo sobre o uso de blockchain para localizar, rastrear e registrar peças de aeronaves.

A nova aliança é formada por organizações responsáveis por cobrir todos os aspectos da cadeia de manutenção, reparo e revisão das aeronaves, desde a fabricação de peças até a logística e contratos inteligentes. Atualmente, os membros incluem Bolloré Logistics, Cathay Pacific, FLYdocs, HAECO Group, Ramco Systems, SITA e Willis Lease Finance Corporation, apoiados pela Clyde & Co. A coligação foi discutida pela primeira vez em 2019, em um evento do HAECO Group, com o objetivo de reunir as várias partes interessadas, para, juntas, definirem um padrão global em torno da utilização de blockchain para o rastreamento de peças.

Nos próximos meses, a aliança lançará modelo teste para demonstrar as formas de uso de blockchain para rastrear e registrar digitalmente os movimentos e o histórico de manutenção de peças. Essa demonstração será feita com um grande número de players do setor, incluindo companhias aéreas, fabricantes de equipamentos, fornecedores de logística e de manutenção.

Essas informações de rastreamento serão vitais para gerenciar uma cadeia de logística complexa durante toda a vida útil de cada peça. Atualmente, não há banco de dados global. O mercado conta apenas com um compartilhamento incompleto desses dados e digitalização parcial deles. A aliança acredita que o uso de blockchain simplificará e acelerará o rastreamento de peças, permitindo o compartilhamento seguro de informações entre as partes interessadas do setor.

Aumento de receita

A empresa de consultoria PricewaterhouseCoopers estima que o uso de blockchain pode aumentar a receita da indústria aeroespacial em até 4%, ou US$ 40 bilhões, enquanto reduz os custos de MRO (sigla em inglês para Manutenção, Reparo e Revisão) globalmente em cerca de 5%, ou US$ 3,5 bilhões. As economias serão derivadas do armazenamento seguro de documentos, garantindo confidencialidade e privacidade de dados, insights aprimorados sobre tempo e inventário de reparo, fluxos de trabalho automatizados e reconciliação de registros mais eficiente.

A aliança usará o blockchain para registrar e rastrear duas vertentes de informações separadas para cada parte da aeronave: o encadeamento digital e um passaporte digital. O encadeamento digital fornece o status em tempo real em todas as etapas, diferentes custódias e caminho das peças. Já o passaporte – como um passaporte humano – fornece a identificação de uma peça e contém outros dados vitais, como a certificação de propriedade e sua funcionalidade.

O papel da SITA, como provedor de TI da indústria de transporte aéreo, é gerenciar a governança da aliança global, apoiar os grupos de trabalho, entregar todos os componentes necessários da tecnologia blockchain em conformidade com os padrões SPEC2000 e SPEC42 e garantir o alinhamento e validação adequados com reguladores e organismos internacionais.

Matthys Serfontein, presidente da Air Travel Solutions da SITA, disse: “Esta iniciativa faz parte da exploração contínua de blockchain pela SITA, uma tecnologia que, acreditamos, promete uma enorme oportunidade para otimizar o compartilhamento e o registro de informações no setor de transporte aéreo. Em um setor tão interconectado quanto o nosso, a capacidade de compartilhar e registrar dados comuns de maneira segura, sem abrir mão do controle desses dados, é fundamental para gerar novas eficiências nas viagens aéreas. Isso é particularmente verdade no setor de MRO”.

A cada ano, a indústria de MRO processa 25 bilhões de peças, enquanto adiciona três bilhões de peças novas. Existem 20 mil fornecedores, cobrindo 144 mil voos todos os dias para um mercado geral da indústria que gera cerca de US $ 100 bilhões por ano.

A aliança passará os próximos meses na fase de planejamento, com o objetivo de lançar a primeiro modelo teste no segundo trimestre de 2020. A MRO Blockchain Alliance é um elemento-chave da Global Blockchain Alliance da SITA, uma área da empresa que se concentra no desenvolvimento de aplicativos baseados em blockchain para uso no setor de transporte aéreo, incluindo MRO, identidade de passageiros e dados de voo.

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Dicas do Inverno: 4 restaurantes para conhecer em Monte Verde

Listado entre os destinos mais procurados pelos turistas do Sudeste nessa retomada – segundo pesquisa da Booking.com -, e com estabelecimentos de hospedagem ampliando...

Turismo da Itália renasce para as férias: 79% das reservas online vendidas

A Agência Nacional de Turismo da Itália - Enit divulgou uma nota nesta segunda-feira (3) informando que 79% da disponibilidade de ofertas on-line foram...

Nacional Inn Hotéis promove CheckInn Dia dos Pais

Comemorar o Dia dos Pais em alto estilo, com toda segurança sanitária e facilidades na reserva faz parte da proposta do Nacional Inn Hotéis,...

Visual participa de evento apresentando 4 “glampings” pelo Brasil

Acontece nesta semana o DUO Travel e-Summit Brasil tendo a Visual Turismo é como apoiadora do evento.  A abertura acontece nesta segunda-feira (3), a...

Turismo perderá cerca de R$18 bilhões em 2020 aponta pesquisa IPC Maps

Mesmo com a retomada gradual das atividades relacionadas ao turismo no Brasil, o setor deverá sofrer um prejuízo de 25% em suas receitas até...

Cientistas em carta aberta pedem o fim do turismo com golfinhos e baleias

Com a iminente reabertura de diversas atrações turísticas após meses de bloqueio por conta da pandemia da Covid-19, preocupa a exploração de milhares de...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat