Júlio Cézar, do Instituto Panorama de Turismo: “nosso prêmio é lícito e não é vendido” (RETRO 2017)

REDAÇÃO DO DT (Publicado dia 17 de março)

O Prêmio Panorama do Turismo do Paraná chegou a sua quinta edição em um evento esta semana no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba.  Seu idealizador, jornalista Júlio Cézar Rodrigues, falou ao DIÁRIO sobre o processo de votação e eleição dos profissionais que constroem o turismo paranaense.

“Trata-se de um prêmio diferente, um prêmio que não é vendido, o ganhador não compra o prêmio, ninguém paga pelo jantar do prêmio”, enumera o jornalista.

Segundo Júlio, o prêmio, que é anual, envolve literalmente todas as entidades do segmento turístico: a ABAV, ABIH, ABBTUR, SINDETUR, que se reúnem quatro meses antes de começar o processo para discutir o seu  regulamento. Posteriormente, explica ele, esse regulamento é divulgado e começa uma etapa de consulta.

Na disputa da premiação (a mais importante do Paraná no âmbito da atividade turística) estão profissionais de 19 categorias da cadeia produtiva, indicados em consulta prévia realizada com as principais entidades de classe do segmento. O sistema de votação pela internet permite apenas uma participação por IP.

Premiados na última versão, em evento que ocorreu no Museu Oscar Niemeyer (Foto: divulgação)
Premiados na última versão, em evento que ocorreu no Museu Oscar Niemeyer (Foto: divulgação)

Do gerente ao porteiro

Júlio explica que o prêmio não se limita a empreendedores, mas a todo profissional que labuta na área do turismo. “Pode concorrer o porteiro do hotel como pode ser o gerente do hotel, desde que o cara seja um profissional na área dele de trabalho”, reforça.

“Depois dessa indicação das entidades, continua Júlio, existe uma comissão julgadora e essa comissão avalia as indicações das entidades e os cinco mais indicados de cada categoria vão para votação pela internet, no site Panoramadoturimo.com.br. Uma votação que friza-se: é um voto por IP.  Tem empresa que tem um IP só, apesar de ter 1000 funcionários, só vai ter um voto.. Os mais votados nessa fase de internet são os agraciados com o prêmio.

O troféu é uma obra do artista plástico Luiz Gagliastri
O troféu é uma obra do artista plástico Luiz Gagliastri

Na edição deste ano, foram computados, adianta Júlio,  exatos 49.438 votos. “O prêmio é uma coisa correta, seríssima, tem credibilidade, está em seu quinto ano de realização. Nos últimos três anos tivemos a parceria com a Federação do Comércio do Paraná e, além disso, ao envolver todas as entidades conseguimos prestigiar quem realmente faz, quem realmente merece reconhecimento”, conclui o idealizador.

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Hotéis miram retomada e contratam empresas especializadas em biossegurança

Consultorias especializadas assessoram hotéis na elaboração e implementação de novos protocolos para preservar a segurança de colaboradores e clientes na retomada POR REDAÇÃO (Zaqueu Rodrigues...

Nobile Hotéis reabre unidades com protocolos de higiene e segurança intensificados

A Nobile Hotéis, comprometida com a segurança das pessoas na retomada de suas operações, divulgou aos empreendimentos de seu portfólio os protocolos de higiene...

Saiba mais sobre o visto para jornalistas nos Estados Unidos

Desde 1999, observa-se o Dia da Imprensa Nacional em 1º de junho, data em que começou a circular o jornal Correio Braziliense, em 1808....

Nova York terá toque de recolher nesta terça-feira (2)

A cidade de Nova York terá toque de recolher a partir das 23h (24h de Brasília) desta segunda-feira (1º de junho) até às 5h...

Prefeitura do Rio de Janeiro anuncia plano de reabertura em 6 fases

As variáveis que embasaram os critérios adotados para a reabertura gradual das atividades na cidade serão monitoradas diariamente e reavaliados a cada 15 dias...

Juiz em Mato Grosso suspende turismo dentro de área indígena

É perigoso permitir o livre acesso a territórios indígenas. Em um cenário de epidemia, como o vivido em decorrência da Covid-19, a circulação pode...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias