Mato Grosso é estado mais procurado para pesca esportiva

(Edição do DT com agências)

Empresários da pesca, associações de profissionais do turismo, cooperativas de pescadores, estudiosos do assunto e instituições públicas se reuniram na tarde de sexta-feira (22) para debater um dos segmentos do turismo que mais cresce em Mato Grosso e no Brasil, o Turismo de Pesca Esportiva.

Uma análise dos últimos cinco anos do Registro Geral da Pesca revela que Mato Grosso é o estado mais procurado para a prática. O maior estado emissor desse turista é São Paulo, seguido por Minas Gerais e Paraná. O coordenador de pesca amadora do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Kelven Stella Lopes, destacou a importância desses dados. “Esse levantamento é extremamente importante para o setor, porque a partir dele podemos definir onde divulgarmos nosso produto”, disse.

De acordo com dados do Banco Mundial, o turismo de pesca movimenta cerca de US$ 190 bilhões ao ano em todo o mundo. Em Mato Grosso, 45 dos 141 municípios são propícios à prática do esporte. Entre eles o que mais gera empregos e que já está com a atividade consolidada é Cáceres (220 km de Cuiabá).

O município tem hoje 3,6 mil embarcações registradas na Marinha do Brasil, 16 barcos hotéis e seis pousadas que trabalham exclusivamente com a pesca esportiva. “Geramos hoje cerca de 2,5 mil empregos diretos e indiretos no município. A pesca esportiva não é considerada apenas uma atividade lúdica, ela é uma fonte geradora de renda para muitas famílias da região”, destaca o presidente da Associação do Profissionais Autônomos do Turismo (Aspatur), Claudionor Duarte Correa.

Conforme o conselheiro da Associação Nacional de Ecologia e Pesca e diretor da Fishing Business, Marcos Glueck, o mercado precisa se especializar cada vez mais. “Os destinos de pesca precisam ser mais profissionais para atender essa nova demanda. Precisamos criar opções para toda a família, porque hoje 93% dos praticantes da pesca esportiva são de homens. Temos que pensar em opções para a mulher e os filhos desse turista, porque assim ele vem e traz toda a família”.

Entre as ações de crescimento apontadas para o setor estão adequação e modernização dos destinos de pesca, qualificação profissional e divulgação internacional.

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Ministério do Turismo lança 1º Desafio de Inovação em Turismo

Projetos finalistas se classificam para competição global e podem ganhar viagem a Madri. Inscrições estão abertas até 2 de setembro Agências com EDIÇÃO DO DIÁRIO O...

Cinco perguntas Sem Censura para Daniel Bicudo, diretor de MKT da Azul

O jornalista Fábio Steinberg, parceiro do DIÁRIO em seu blog TURISMO SEM CENSURA, entrevista este mês o diretor de Marketing e do Programa Tudo...

Governo Francês apresenta uma atualização sobre o desconfinamento no país

Considerando a evolução satisfatória do controle da  epidemia em território europeu, novas medidas foram adotadas após as decisões tomadas no dia 15 de junho...

Air France-KLM aumenta operação para Europa em setembro e outubro (veja aqui!)

 A Air France e a KLM seguirão expandindo gradualmente suas operações entre o Brasil e a Europa nos meses de setembro e outubro. As...

Indignados com governo do Rio, Guias de Turismo voltam às ruas

Transcorridos 30 dias desde a reunião em que o Governo do Estado do Rio de Janeiro, através da Secretaria de Turismo do Estado do...

Rio de Janeiro decide se terá Carnaval 2021

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Escolas de samba do Rio de Janeiro vão discutir nesta terça-feira os desfiles do Carnaval de 2021 diante da...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias