Monte Verde (MG) passa a funcionar com 60% de sua capacidade

A partir de hoje (30), os mais de 150 estabelecimentos de hospedagens do distrito de Monte Verde (MG) poderão operar com, no máximo, 60% da sua capacidade.

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências

A ampliação, até então em 40%, foi estabelecida em novo decreto da Prefeitura de Camanducaia (nº 145/2020), publicado na última sexta-feira (24), que traz, ainda, outras novidades nas regras de reabertura do turismo da vila: a entrada de famílias na Pedra Redonda e o aumento no número de pessoas nos comércios.

Com relação aos serviços e atrativos turísticos que precisam de carros, o novo decreto estabelece que os veículos deverão transportar, no máximo, três pessoas, incluindo o guia/motorista, exceto nos casos de casais acompanhados de filhos, quando será permitida a ocupação máxima do veículo. É proibida a entrada, circulação e permanência de Motorhomes às sextas, sábados, domingos e feriados (inclusive prolongados). Já na Trilha da Pedra Redonda, o novo texto permite a entrada de famílias. Na regra anterior, o acesso estava restrito a apenas duas pessoas. A entrada de famílias no passeio na Trilha da Pedra Redonda, porém, só será permitida com a contratação de agências de passeio.

O decreto aumenta também o número de pessoas nos comércios: estabelecimentos comerciais acima de 150 m² poderão funcionar com, no máximo, dez clientes por vez (antes, o limite era de seis clientes), sempre obedecendo o distanciamento interpessoal de, no mínimo, 2 metros.

Hospedagem

Casas destinadas ao recebimento de hóspedes e visitantes devem respeitar o limite de 8 pessoas (adultas) por imóvel. Apesar do aumento da taxa de ocupação nos hotéis e pousadas, as áreas de lazer, como piscinas, saunas, quadras esportivas e playground deverão permanecer fechadas. Já as atividades com até duas pessoas, como quadra esportiva para tênis, estão permitidas. Aos finais de semana e feriados, apenas turistas com reservas antecipadas podem ter acesso ao distrito. “Nossa prioridade é fazer a retomada de maneira consciente e responsável, seguindo absolutamente todos os protocolos sanitários”, disse Rebecca Wagner, presidente da MOVE (Agência do Desenvolvimento de Monte Verde e Região), criada neste ano para promover o desenvolvimento econômico sustentável de Monte Verde.

De acordo com o decreto municipal 0119/2020, publicado no dia 29 de maio, desde o dia 1º de junho, também com restrições, as atividades de outros segmentos também voltaram a funcionar, como bares, restaurantes, lojas, academias e salões de beleza. Monte Verde abriga, de acordo com a Prefeitura de Camanducaia, mais de 50 restaurantes, bares e similares.

No ano passado, mais de 500 mil turistas passaram pelo distrito, sendo 60% na alta temporada (entre maio e agosto), segundo dados da Prefeitura de Camanducaia.

 

 

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

94ª Festa da Achiropita segue até 29 de agosto em São Paulo

A Festa de Nossa Senhora Achiropita está confirmada, mas em uma versão virtual; o público pode desfrutar as delícias da culinária italiana, como fogazzas,...

CEO da Delta Airlines se posiciona a favor da justiça racial e da diversidade

Em um memorando para os funcionários da Delta Airlines, o CEO Ed Bastian compartilhou as medidas que a empresas aérea está tomando para se...

UNEDESTINOS e EMBRATUR em reunião online discutem retomada do Turismo

Entidade promoveu encontro para destacar promoção do Brasil no exterior A UNEDESTINOS, União Nacional de Convention & Visitors Bureaus (CVBs) e Entidades de Destinos, e...

Accor lança hotsite ALLSAFE que responde dúvidas de clientes e hóspedes

A Accor acaba de lançar o hotsite ALLSAFE (https://allsafelatam.com.br/pt) com o objetivo de fornecer para seus clientes todas as informações sobre higienização e segurança,...

Estudo aponta baixa adesão ao ‘Selo Turismo Responsável’, 60 dias após lançado

Um estudo produzido pelo Profo Msc. Thyago Velozo de Albuquerque, do Departamento de Turismo e Hotelaria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) - pesquisador...

Alemanha tem mais de 200 rotas diferentes para fazer de bike

Com mais de 70 mil km de ciclovias e trilhas, Alemanha é considerada uma das melhores opções do mundo para os ciclistas; nível das...

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat