MTur abre período para credenciamento de agências interessadas em receber chineses

Inscrições começaram na última quinta-feira (05) e vão até 13 de dezembro. Em 2019, 295 agências foram habilitadas.

Edição do DIÁRIO com agências


As agências de viagens interessadas em trabalhar com o receptivo de turistas chineses no país terão até o dia 13 de dezembro para solicitar o credenciamento junto ao Ministério do Turismo. As inscrições começam nesta quinta-feira (05.11) e fazem parte de acordo entre os governos do Brasil e da China, através de um memorando de entendimento, denominado Status de Destino Aprovado (ADS, na sigla em inglês). O resultado da seleção será divulgado no dia 20 de dezembro, no Diário Oficial da União e no site da Pasta.

Faça a inscrição aqui.

Segundo o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a participação das agências brasileiras nesse receptivo será essencial para que os turistas internacionais voltem a viajar pelo Brasil. “Esse chamamento marca a nossa intenção em trazer esses viajantes externos de volta ao nosso país nesse momento de retomada. A China é um dos principais emissores de turistas e um dos que mais gastam em viagens. Vamos precisar, mais do que nunca, mostrar que o nosso país está preparado para isso, e essa chamada pública vem para isso, para tornar a experiência desses visitantes inesquecível”, disse.

Para concorrer ao processo, as agências deverão estar regularizadas junto ao Cadastro Nacional do MTur que reúne pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor do turismo (Cadastur), declarar estar ciente dos termos do acordo assinado entre as duas nações e aceitar o Termo de Responsabilidade contido no edital. No Brasil, o Ministério do Turismo é o único órgão responsável por esta seleção e somente empresas autorizadas pelo órgão poderão atender turistas chineses. No ano passado, 295 agências foram habilitadas.

As agências de viagens interessadas em trabalhar com o receptivo de turistas chineses no país terão até o dia 13 de dezembro para solicitar o credenciamento junto ao Ministério do Turismo. As inscrições começam nesta quinta-feira (05.11) e fazem parte de acordo entre os governos do Brasil e da China, através de um memorando de entendimento, denominado Status de Destino Aprovado (ADS, na sigla em inglês). O resultado da seleção será divulgado no dia 20 de dezembro, no Diário Oficial da União e no site da Pasta.

 

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redação
Redaçãohttps://diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    CNC: volume de receitas do turismo brasileiro encolheu 36,6% em 2020

    Entretanto, segundo a CNC,, a expectativa da vacinação traz a projeção de um avanço de 18,8% Com as medidas restritivas impostas nos estados brasileiros, em...

    Porto de Galinhas lança campanha de incentivo para agentes de viagens

    Nesta quinta-feira (22), Porto de Galinhas lançará uma campanha de incentivo voltada para os agentes de viagens com intuito de ajudar os profissionais do...

    Viação Executiva é alternativa para viagens privadas

    Em momentos de pandemia, poder contar com aeronaves privadas é um privilégio, especialmente se essa possibilidade vem acompanhada de uma oferta de serviço que...

    Hotéis de Floripa personalizam roteiros com foco no turismo de natureza

    Com as mudanças de hábitos e comportamento dos turistas por causa da Covid 19, os destinos turísticos precisaram se adaptar às novas tendências e...

    United Airlines tem prejuízo de US$ 1,357 bi no 1º trimestre

    A United Airlines registrou prejuízo líquido de US$ 1,357 bilhão no primeiro trimestre de 2021, em resultado melhor do que o divulgado no mesmo...

    American Airlines suspende voos para a América do Sul

    A American Airlines anunciou na segunda-feira que reduzirá voos para alguns destinos na América do Sul porque a pandemia Covid-19 diminuiu a demanda. EDIÇÃO DO...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing
    Olá.
    Esse é um canal exclusivo para Pautas e Marketing.