Museu histórico Nacional: um patrimônio que deveria ter sido preservado

Bayard Do Coutto Boiteux

O incêndio que levou grande parte do acervo do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, nos deixa tristes, mas sobretudo revoltados. A cultura de um país é seu maior patrimônio e tem que ser preservada sempre.

O referido museu já havia sido fechado e não conseguia receber os repasses para sua sobrevivência. Assistimos com perplexidade a falta de cuidado que as autoridades tem com nossa história. Há uma ineficácia dos órgãos existentes que cuidam dos museus. Além de muito discurso e pouca ação. Diversos lamentos mas grandes omissões. E não é de hoje que se pleiteá maior atenção com nosso passado e com sua proteção.

Atualmente, com exceção de algumas instituições culturais privadas, o setor pede socorro. Ele sobrevive por força de gestores abnegados, que buscam formas de sobrevivência. Porém, vivem em estado de coma. Enquanto somas nunca vistas foram roubadas por gestores públicos, o Museu Nacional não conseguia receber 400 mil reais por ano.

Será que os burocratas que vivem fechados em seus gabinetes não se dão conta que o Rio perdeu mais que a humanidade?

Não há como reaver o acervo queimado, que representou não só pesquisa mas muita dedicação de seus servidores. Não sei se tais considerações são adequadas quando se vê uma preocupação maior com aumento de salários, já super dimensionados. Sem falar, do total desprezo pela herança que nos restou do período português.

O incêndio pode ser uma fatalidade mas representa despreparo dos mecanismos de segurança. Serviços que deveriam estar presentes no prédio principal, que concentra 70% do acervo.

O que devemos fazer?

Ainda bem que os bombeiros do Rio, nossos heróis anônimos, estavam presentes e conseguiram de alguma forma reduzir os estragos.Vamos aproveitar o momento para fazer uma vistoria de toda a estrutura de segurança e elétrica em nossos museus. Devemos criar mecanismos de supervisão efetiva do patrimônio.

Não podemos ficar presos a leis obsoletas. Processos que o setor cultural tem muita dificuldade de mastigar e engolir. No fundo, ele acaba sendo engolido por um conjunto de diretrizes feudais e sem voz ativa. Nós gritamos e gritamos, porém não somos ouvidos.

Abram suas janelas e deixem as vozes da preservação da cultura e do respeito invadirem gabinetes e lares fechados. Assim, poderão ouvir a diversidade e a história.

Bayard Do Coutto Boiteux é professor universitário,escritor e vice-presidente executivo da Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ (www.bayardboiteux.com.br)

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Latam entra em recuperação judicial no Brasil, com solicitação a tribunal de Nova York

O Grupo Latam Airlines decidiu incluir a operação brasileira no processo de recuperação judicial, solicitado em um tribunal de Nova York, em 26 de...

Parques Walt Disney World Resort reabrem neste sábado (11)

Os parques temáticos Magic Kingdom e Disney’s Animal Kingdom reabrem no dia 11 de julho, seguidos do EPCOT e Disney’s Hollywood Studios, no dia...

Com demissões, CVC estima perdas de R$ 756 milhões com a pandemia

A CVC Corp, maior grupo de turismo do país, anunciou uma previsão de perdas de R$ 756 milhões durante o primeiro semestre do ano,...

Jornal DIÁRIO DO TURISMO tem novo slogan e anuncia novos colaboradores

Novidade que reforça o protagonismo do leitor integra a nova etapa do projeto de renovação editorial, explica o diretor de redação Paulo Atzingen  POR ZAQUEU...

7 dicas para se profissionalizar na comunicação virtual

De repente, veio a pandemia, a quarentena e, com elas, mudanças na rotina profissional e na forma de comunicação. Reuniões virtuais, lives, webinars e...

Blue Tree Hotels entra na era room office e lança lança My Space

A rede Blue Tree Hotels anuncia nesta sexta-feira (10) o lançamento do serviço My Space. EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências Trata-se da ambientação dos apartamentos em...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias