Na Expo Dubai 2020, ministro do Turismo e presidente da Embratur se reúnem com o CEO da Emirates

O propósito do encontro foi aumentar as conexões entre os destinos do Sul e Norte do país, com foco na Amazônia e Nordeste do Brasil, e Dubai e outros hubs da companhia

Edição DIÁRIO com agências

O ministro do Turismo Gilson Machado Neto e o presidente da Embratur Carlos Brito se reuniram com o CEO da Emirates, Sheikh Ahmed bin Seed Al Maktoum, durante a realização da Expo Dubai, feira que acontece até março de 2022 em Dubai.

O propósito do encontro foi aumentar as conexões entre os destinos do Sul e Norte do país, com foco na Amazônia e Nordeste do Brasil, e Dubai e outros hubs da companhia.

A Emirates oferece 110 voos de São Paulo para o mundo e do mundo para São Paulo. “Quem já teve a oportunidade de estar em um voo da Emirates pode confirmar o zelo com que tratam os passageiros, com aeronaves modernas e serviços que fazem a experiência de voar ser muito prazerosa. Se a companhia passar a oferecer mais destinos brasileiros, temos a certeza que a procura será alta e aumentaremos o número de turistas internacionais chegando ao nosso país”, diz disse Gilson Machado Neto.

O cidadão dos Emirados Árabes pode viajar ao Brasil com dispensa de visto pelo período de até 90 dias. O presidente da Embratur, Carlos Brito, afirma que o turista que opta pela Emirates tem ticket alto e quer ser bem recebido pela população do destino final.

“O brasileiro costuma ser simpático e respeitoso, além de contarmos com destinos, especialmente no Sul, na Amazônia e no Nordeste, prontos para garantir a satisfação de públicos exigentes, como os clientes da Emirates”, considera Brito.

O ministro do Turismo e o presidente da Embratur demonstraram o interesse em intensificar as campanhas publicitárias com a chegada de mais voos da Emirates.

“Nosso investimento para inserção de produtos e destinos brasileiros serão direcionados para ações de relacionamento com o trade local, como capacitação, rodadas de negócios, famtours, além de ações com o público final”, explica o ministro Gilson Machado Neto.

A conversa apontou alguns segmentos e nichos que irão se desenvolver com a ampliação de voos da Emirates no Brasil. Entre eles estão a gastronomia, o luxo, negócios, lazer, médico e bem estar. O objetivo é ofertar o destino Brasil especialmente no mercado emiradense, uma vez que o hub global da Emirates é em Dubai.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial