Na retomada, fazer uma boa Gestão de SST pode gerar lucros às empresas

Engenheira de Segurança diz que empresas são responsáveis pela saúde de colaboradores

REDAÇÃO DO DIÁRIO (por Paulo Atzingen)

O DIÁRIO entrevistou nesta segunda-feira (20), a engenheira de Segurança do Trabalho Georgia Cristina Lopes, diretora Técnica e Comercial da Ambientec – Unidade SP. Geórgia nos atualiza dizendo que o Brasil está em 4º lugar no ranking de acidentes de trabalho no mundo, atrás apenas da China, Índia e Indonésia. “São números alarmantes de 800 mil casos de acidentes no período de jan/18 a mar/19 e quase 3 mil mortes no mesmo período (Fontes OIT e MPT).”, afirma ao DT. A esses números poderão se somar os problemas advindos da pandemia da Covid-19. “Sabe-se que a exposição a agentes biológicos é passível de processos trabalhistas em razão do potencial de insalubridade quando o colaborador tem contato direto (permanente) com o agente no processo operacional ou durante a execução de suas tarefas”, explica. Abaixo, a entrevista completa.

DIÁRIO: Sua empresa já fez intervenções de emergências em alguma organização ou empresa (não é necessário citar o nome, evidentemente) que não se preocupou com a Gestão de Saúde e Segurança no ambiente laboral? Se sim, descreva o caso.

Não seria uma intervenção de Emergência, mas sim uma medida corretiva/preventiva com uma série de ações em conjunto com a empresa para que fizéssemos Gestão operacional e documental.

- Advertisement -

Geralmente as empresas que não se preocupam com Gestão em Saúde e Segurança sentem no bolso primeiro e depois se conscientizam da importância em um investimento de qualidade. Já tivemos cases de empresas que nos contrataram após sofrerem com a falta de gestão, geração de laudos de má qualidade técnica e processos trabalhistas.

DIÁRIO – A senhora, como engenheira de Segurança, como vê as empresas no Brasil em termos de prevenção e segurança? Estamos nos equiparando a média mundial?

No Brasil, recentemente tivemos um grande avanço  com  mudanças de Regras de Aplicação e Estruturação das Normas Regulamentadoras de Saúde e Segurança do Trabalho, uma Modernização digamos assim, que nos favorecem no sentido de elevar o nível de cuidados com exposições a Riscos com potencial Insalubre nas Empresas e atuar com veemência na prevenção de doenças ocupacionais e acidentes de trabalho. Com isso evoluímos, mas ainda há uma grande tarefa de conscientização por fazer para diminuirmos nos índices de acidentes.

Hoje estamos em 4º lugar no ranking de acidentes de trabalho no mundo, atrás apenas da China, Índia e Indonésia, com números alarmantes de 800 mil casos de acidentes no período de jan/18 a mar/19 e quase 3 mil mortes no mesmo período. (Fontes: OIT e MPT)

DIÁRIO – As empresas de serviços são as mais vulneráveis à pandemia? Vocês já possuem um gráfico de vulnerabilidade nos segmentos da Indústria, do Comércio ou dos Serviços?

A retomada está conforme demanda, na Industria por exemplo, as empresas estão trabalhando em condições atípicas não refletindo a realidade, o mesmo vale para o Comércio e Serviços que não são essenciais, portanto, não temos gráficos de vulnerabilidade de segmentos devido às orientações de isolamento social e quarentena.

Na Segurança do Trabalho prezamos pela integridade física dos trabalhadores, portanto para todos os segmentos devemos conscientizar quanto aos cuidados e a importância da prevenção.

Empresas devem procurar um profissional qualificado em Saúde e Segurança para diagnosticar e contribuir com um plano de ação eficiente

DIÁRIO – Empresas de portes diferentes devem aplicar os mesmos procedimentos em tempos de Covid?

Sim, os cuidados são os mesmos e valem para todos os segmentos e portes, claro que nas suas respectivas proporções.

DIÁRIO – As redes hoteleiras obviamente devam estar executando procedimentos de Gestão SST. E os hotéis e pousadas menores, como devem proceder?

Devem procurar um profissional qualificado em Saúde e Segurança para diagnosticar e contribuir com um plano de ação eficiente, com foco no atendimento às necessidades de prevenção.

DIÁRIO – Um funcionário pode processar uma empresa se ela não tomar as medidas necessárias à sua proteção em tempo de pandemia?

Sim, desde que seja comprovado o nexo causal associado às tarefas laborais. Sabe-se que a exposição a agentes biológicos é passível de processos trabalhistas em razão do potencial de insalubridade quando o colaborador tem contato direto (permanente) com o agente no processo operacional ou durante a execução de suas tarefas.

No caso da pandemia que estamos lidando, onde há exposição possível e eventual do vírus, devemos sem dúvidas tomar medidas prevencionistas, tanto operacionais quanto administrativas.


Ambientec

A  Ambientec é uma Empresa de Consultoria em Engenharia de Segurança do Trabalho e Higiene Ocupacional, atuando no mercado há 29 anos, com atendimento em nível Nacional através do modelo de Franquias.

É composta por uma equipe Multidisciplinar em Engenharia com a missão  de utilizar nossos conhecimentos na geração de resultados com foco na Gestão e controle dos riscos ao cuidar das pessoas, do meio ambiente, do patrimônio e das marcas das empresas.

Atendemos em todos os segmentos de forma personalizada seguindo normas Nacionais e Internacionais, presamos pela tecnologia de ponta dos equipamentos de medição e nivelamento técnico periódico dos nossos profissionais.

Prêmio da Ambientec (Excelência na Qualidade de Processos): Georgia e seu sócio Marcos Henrique Lopes (Arquivo Pessoal).

O objetivo é promover a conscientização de Empresários, Gestores de RH, Advogados, Escritórios de Contabilidade, tomadores de decisões em geral, quanto a importância do investimento qualificado nas ferramentas de Gestão em Saúde e Segurança do Trabalho, gerando resultados positivos na diminuição de acidentes, redução de custos trabalhistas e previdenciários, multas, indenizações e processos judiciais.

 

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    Air France testa IATA Travel Pass em voos para Paris

    A Air France iniciou, na última quinta-feira (17), os testes do IATA Travel Pass em voos partindo de Nova York (JFK) e Barcelona (BCN)...

    Fecomércio MG produz cartilha sobre como preparar as empresas para a LGPD (baixe a sua!)

    Acessar as redes sociais, baixar um e-book, participar de promoções ou realizar uma compra on-line. Essas ações, comuns à rotina de milhões de cidadãos,...

    Alemanha oferece bolsa de estudos de até 2.770 euros mensais para jovens brasileiros

    As inscrições para a Bolsa Chanceler Alemã para Futuros Líderes já estão abertas e vão até o dia 15 de outubro. EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências O programa é uma...

    Lisboa está entre as melhores cidades para expatriados

    O Expat City Ranking classificou Lisboa em 3º lugar entre 66 cidades no ranking das melhores cidades para expatriados viverem. EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências...

    Lufthansa passa a permitir check-in com certificado de vacina digital

    A Lufthansa (LHAG.DE) permitirá que os passageiros usem novos certificados digitais de vacinação COVID-19 no check-in para seus voos, informou a companhia aérea alemã nesta...

    Radisson Blu SP refina-se com chegada do Restaurante D.O.K.

    Comandado pelo Chef Gustavo Torres o Restaurante Daily Original Kitchen - D.O.K. tem mais um novo endereço: Radisson Blu SP. REDAÇÃO DO DIÁRIO Funcionando em regime...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing