O ano de 2018 será Diferente para o Turismo?

Cargos de confiança são entregues a gestores incompetentes, sem noção técnica e que parecem estar muito mais atentos na deliberações polêmicas de recursos financeiros para seus “redutos eleitorais

por Andrea Nakane*

Mais um ano se passou e muitos comemoram conquistas, progressos e sucessos.

Porém quem pertence ao trade turístico tupiniquim, não tem o que celebrar, a não ser ter vivenciado, de forma resiliente, um ano difícil, de contenções e limitações, com resultados pífios frente a potência representativa em todo o Brasil, que parece estar adormecida profundamente em berço esplêndido, vivendo só de aparências conquistadas outrora.

A recuperação econômica do país começa a dar sinais, fraquíssimos esboços, de vitalidade. A área de serviços tem liderado esse avanço, porém o turismo parece na paúra da estagnação deprimente.

As políticas públicas que teimam em vigorar são vinculadas ao estilo “para inglês ver”, demonstrando sua total sinergia com a “politicagem” barata e inescrupulosa que reinam de forma hegemônica no país.

- Advertisement -

Cargos relevantes, de confiança e liderança, são entregues a gestores incompetentes, sem noção técnica e que parecem estar muito mais atentos na deliberações polêmicas de recursos financeiros para seus “redutos eleitorais”,  para a construção de pontes, barreiras, pavimentações próximas de seus empreendimentos particulares, enfim, ações, que tem sim, sua importância, como pilares de infraestrutura, mas que acabam desiquilibrando a necessidade de fomentar pensamentos e iniciativas estratégicas, que realmente tragam impulsos e vigor ao mercado turístico.

Entra ano e saí ano, e nós, profissionais do setor, continuamos a renovar as esperanças de presenciar transformações e resoluções conspícuas e reais, afinal sabemos de nossas riquezas patrimoniais, sejam imateriais ou materiais, mas isso, por si só não basta no atual cenário competitivo.

Imagem craquelada

A mobilização por investimentos comprometidos dignamente para a qualificação profissional, a construção de um plano de relações públicas na recuperação da imagem turística brasileira – sim nossa imagem há muito está craquelada, entre outros projetos precisam ser analisados e geridos com transparência e responsabilidade.

Pressupostos apresentados, tenhamos, nós, verdadeiros protagonistas do turismo brasileiros, um horizonte mais generoso em 2018, que acolha nossos anseios e expectativas e que a esperança renovada nos possibilite continuar exercendo um lobby legal e virtuoso, em prol do que acreditamos e amamos, afinal, em nosso exército do bem há muito mais guerreiros e heróis do dia-a-dia, que figurantes bajuladores, transitórios e egocêntricos, sem eira e nem beira.

Que em 2018, esses encontrem seu caminho, se possível a mil anos luz do Turismo Nacional.

Que venha 2018!

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
PAULO ATZINGEN é jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará. Produziu reportagens na Amazônia sobre sustentabilidade, conflitos agrários e étnicos. Lançou em 1998 sua primeira revista, a PAYSAGE – dirigindo-a e publicando-a por três anos. Em Belém, foi repórter do jornal O Liberal, O Paraense e articulista do jornal A Província do Pará e Diário do Pará. É premiado contista, com três livros de ficção em prosa publicados via editais. Trabalhou como redator no jornal de turismo Brasilturis e fundou em 2005 o DIÁRIO DO TURISMO, o primeiro jornal On-line Diário de Turismo do Brasil. Atualmente desenvolve projetos de conteúdo editoriais e digitais para empresas privadas de hotelaria, aviação, companhias marítimas, destinos turísticos e biografias.

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias para a sua viagem!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    EUA adverte que uso de aparelhos 5G pode afetar segurança aérea

    A Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA) alertou nesta terça-feira (07) que a interferência do uso de tecnologia 5G representava um risco...

    Aniversário da Avenida Paulista terá Nando Reis, Rincon Sapiência e piano voador

    No dia 08 de dezembro, a Avenida Paulista celebra 130 anos de fundação. Uma das vias mais tradicionais do país, ela ganha uma maratona de comemorações...

    Um observatório de mundo – por Thomas Bruno Oliveira*

    Na mercearia de meu pai, onde passei os decisivos e marcantes anos de minha infância, sempre fui um observador das coisas e das pessoas,...

    Luciana Leite, do Parque das Aves: “temos a missão de acolher a fauna vitimada”!

    Dois lugares que são considerados visitas obrigatórias para os visitantes de Foz do Iguaçu: as Cataratas e o Parque das Aves. As Cataratas são...

    Empresas de eventos e turismo têm até o final do ano para negociar dívidas tributárias

    As empresas do setor de eventos e turismo têm até o dia 29 de dezembro de 2021 para aderir aos programas de negociação de...

    Estados Unidos endurecem regras para cães procedentes do Brasil

    Os animais que chegam de países classificados como de alto risco para raiva, que inclui o Brasil, só poderão ingressar nos Estados Unidos por...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing