O que muda no turismo brasileiro com a legalização dos cassinos?

A chegada dos Resorts Cassinos no Brasil pode alavancar o turismo e marcar uma nova era de desenvolvimento econômico no país.

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências


O que cidades como Las Vegas, Macau e Cancún têm em comum? Estas 3 cidades são referências internacionais em Resorts-Cassinos.

Em 22 de novembro de 1989 foi inaugurado o primeiro resort-cassino na cidade de Las Vegas, e após isso, a cidade cresceu exponencialmente e ganhou fama internacional. Hoje recebe mais de 40 milhões de turistas anualmente.

Macau veio em seguida, é hoje considerada a “Las Vegas do Oriente”, e conta com o maior cassino do mundo, o Venetian Macao.

- Advertisement -

Macau é a única cidade chinesa em que o jogo é legalizado, e atrai todos os anos quase a mesma quantidade de turistas que Las Vegas.

A diferença é que em Macau, mais de 50% do PIB é gerado pelo setor de turismo e viagens.

A imagem acima mostra as 10 principais cidades do mundo em que o setor de Viagens e Turismo (Travel & Tourism) contribui diretamente para o Produto Interno Bruto (GDP).

Neste caso, Macau vem em 1º, Cancún em 2º e Las Vegas ocupa o 4º lugar.

É interessante fazer a correlação entre a existência de resorts-cassinos nestas cidades e a contribuição significativa do turismo e viagens para a riqueza produzida.

Cenário Brasileiro

Atualmente no Brasil, os cassinos são proibidos por lei, e por isso a inexistência de resorts-cassinos. Mas não é novidade que empresas estrangeiras do ramo estão de olho no mercado brasileiro.

Algumas empresas de jogos já atuam no país através de sites hospedados no exterior, oferecendo jogos online como poker, bingo e apostas esportivas.

Mesmo com paisagens e belezas naturais de tirar o fôlego, um litoral com 7.491 quilômetros de extensão e mais de 20 estados, o Brasil não está nem entre os 30 países mais visitados do mundo.

Além disso, com a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas do Rio em 2016, era esperado um boom no turismo, porém o Brasil se manteve estagnado no crescimento de turistas estrangeiros.

Durante 16 anos o número de turistas internacionais permaneceu na faixa de 5 milhões anuais, tendo atingido o melhor resultado em 2018, com 6,6 milhões de turistas.

 

Fonte:https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/aviacao/especial-confira-em-numeros-a-evolucao-do-turismo-nos-ultimos-anos/

É certo que a crise da covid-19 impactou negativamente o turismo brasileiro no ano passado, causando um prejuízo de mais de R$2 bilhões, mas a crise do novo coronavírus não é a responsável pela estagnação do turismo no país.

Outros fatores influenciam o baixo crescimento nas últimas décadas.

A burocracia em demasia, bloqueios políticos para a liberação de jogos de azar, falta de incentivos, infraestrutura precária, entraves fiscais, e manchetes negativas na mídia são os principais motivos que deixam o Brasil para trás.

Retomada do Turismo

 Recentemente, o Governo Brasileiro anunciou o Plano de Retomada do Turismo.

O projeto tem como objetivo preservar empresas e empregos do setor, melhorar a infraestrutura dos destinos turísticos, implantar protocolos de biossegurança e incentivar viagens.

Uma campanha de incentivo do governo “Viaje com responsabilidade e redescubra o Brasil” foi lançada no ano passado, mas tem como foco o incentivo ao turismo interno.

As metas do governo para 2022 é atingir 12 milhões de visitantes internacionais.

Regiões brasileiras com potencial de receber resorts-cassinos.

 É importante ressaltar a criação dos resorts cassinos em regiões remotas e com dificuldades para o desenvolvimento econômico, seguindo o modelo de Las Vegas, hoje um pólo de turismo, cultura e lazer, em pleno deserto do Estado de Nevada, nos Estados Unidos.

A construção de cassinos em cidades brasileiras com baixo IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) contribuiria para o desenvolvimento social, político e econômico das regiões.

Seriam construídos mais hospitais e universidades, surgiriam novos comércios, shoppings, restaurantes, igrejas e empresas de turismo, mais pessoas empregadas e menos dependentes do auxílio governamental, mais investimentos estrangeiros e desenvolvimento de novos negócios imobiliários.

Foz do Iguaçu (PR) 

A cidade de Foz do Iguaçu, no estado do Paraná, é uma das cidades com maior potencial para receber um resort-cassino. A cidade tem fronteira com o Paraguai e a Argentina e é onde está situado o Parque Nacional do Iguaçu, Patrimônio Natural da Humanidade reconhecido pela UNESCO.

Apesar de suas maravilhas naturais, a cidade ainda perde turistas para o país vizinho, o Paraguai, onde os cassinos são legalizados.

Com a entrada dos resorts-cassinos, a região de Foz do Iguaçu iria reter mais turistas, além de contribuir no desenvolvimento de cidades vizinhas, e na geração de mais empregos.

Outras cidades, como Florianópolis, Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador são cidades que com certeza atrairiam a atenção dos investidores e empresas privadas, pois são regiões bem aquecidas com o turismo.

Porém, é preciso olhar além das cidades grandes e capitais, já bem desenvolvidas, com bom fluxo de turistas, para focar naquelas que mais iriam se beneficiar com a chegada de resorts-cassinos.

A legalização dos cassinos parece ser realmente um pote de ouro esquecido pelo Governo. Resta agora ir em busca desse tesouro e investir no crescimento econômico e turístico do Brasil.

 

Compartilhe com um amigo:

1 COMENTÁRIO

  1. Melhor ainda em termos de desenvolvimento local, cassinos proibidos de operarem hotéis ou qualquer empreendimento de hospedagens. Assim desenvolve-se
    a empresa cassino e, paralelamente, a indústria da hospedagem!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias para a sua viagem!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    Exclusivo: Lemontech da Maringá Turismo abre vagas para 14 desenvolvedores de TI

    A Lemontech, empresa responsável pela gestão de viagens corporativas da Maringá Turismo abre vagas para 14 desenvolvedores de TI. REDAÇÃO DO DIÁRIO Essa informação, exclusiva, foi...

    Sim ou Não?: um basta à procrastinação!

    CONSELHO EDITORIAL DO DT O dia a dia de cada um de nós, não importa o ramo em que se atua, pede decisões. O modus...

    Brasileiros irão viajar na primeira oportunidade, mostra pesquisa

    “Mais de 150 milhões de brasileiros já foram imunizados com pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19", lembra o ministro do Turismo...

    Recife abre inscrições para o 9º Ciclo de Atualização dos Guias de Turismo

    A atualização é exclusiva para Guias de Turismo e é necessário comprovação com número de registro no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur) Edição...

    Hotel Rio Othon Palace é palco de Festival Português

    Evento acontece até o dia 2 de novembro de 2021 de quinta a domingo, das 19h às 23h Edição DIÁRIO com agências A culinária portuguesa é...

    Canela (RS) realiza Festival de Gastronomia & Vinhos

    O evento faz parte da programação paralela do 34º Sonho de Natal e é uma realização da Blue Show e da Abrasel - Associação...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing