Os cruzeiros poluem os oceanos?

Uma ONG acusa os cruzeiros de poluição, mas a indústria diz que não é bem assim

Por Fábio Steinberg* –

A indústria de cruzeiros marítimos vive um pesadelo. Uma tradicional ONG ambiental acusa os gigantes transatlânticos de prejudicarem fortemente o ar, clima, água e solo do planeta. Eles foram todos reprovados em um ranking que avalia o combate à poluição.

Segundo levantamento da alemã NABU (União de Conservação da Natureza e da Biodiversidade), fundada em 1899, uma imensa concentração de partículas é despejada todo dia no ar. Este material é até 19 vezes maior que o de uma rua movimentada, e 190 vezes acima do que é considerado ar limpo.

Combustível Nocivo

Os cálculos da ONG são que um navio de porte médio queima até 150 toneladas de combustível por dia, igual ao produzido por um milhão de carros. O problema seria agravado pelo combustível usado. O óleo pesado libera na atmosfera o dióxido de enxofre, além perigosos poluentes como o carbono preto (parte fina da fuligem) e o óxido de nitrogênio.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial