Passagens aéreas sobem mais de 30% em outubro

O preço das passagens aéreas subiu 33,86% em outubro, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do mês, divulgado nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É a segunda alta expressiva, após uma variação de 28,19% em setembro. O item foi o segundo maior impacto individual no índice e respondeu por 0,15 ponto percentual da taxa de 1,25% do IPCA em outubro.

O gerente do IPCA, Pedro Kislanov, explicou que o movimento reflete tanto o aumento do custo para o setor – com alta do dólar e do querosene de aviação – e também a maior demanda após o avanço da vacinação.

“Os preços de passagens aéreas estão pressionados pela depreciação cambial, pelo preço do combustível e pelo aumento de demanda com a melhora da pandemia. Houve aumento de demanda e a oferta de voos ainda não se ajustou.

Então tem esses dois componentes, a inflação de custo e também a inflação de demanda pelo aumento do tráfego de aeroportos, de circulação de passageiros”, afirmou ele ao Valor Econômico na sexta-feira (12).

 

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT