Paulo Kendzerski do Instituto Digital: “Muitos hotéis ainda são imaturos no mundo digital”

Paulo Kendzerski, presidente do Instituto da Transformação Digital proferiu a palestra O Impacto da Maturidade Digital na Hotelaria na manhã desta quarta-feira (14), no 32º Encatho, em Florianópolis.

Por Paulo Atzingen (De Florianópolis)*

Kendzerski falou para um auditório lotado de pequenos e médios hoteleiros e sobre sua especialidade: alfabetização digital.

Em um estudo recente aplicado por seu instituto em 110 meios de hospedagem no Rio Grande do Sul, envolvendo hotéis, pousadas, motéis e hostels, o resultado foi surpreendente. Ele apresentou parte de seu diagnóstico a uma plateia atenta:

“Em tempos de revolução tecnológica é ainda significativo o número de hotéis que não utilizam as ferramentas disponíveis, em sua maioria gratuítas”, afirmou Paulo.

Em sua pesquisa, ficou evidente alguns indicativos que demonstram a falta de percepção digital. Na apresentação de um gráfico dos hotéis estudados (80 no total), 30% desses hotéis não utilizam ferramentas do Google Analytics,  75% não utilizam certificado digital e 50% das empresas estudadas não aparecem na primeira página de busca do Google.

“Não existe, na maioria das empresas analisadas, uma liderança com poder de decisão que detenha esse conhecimento e possa definir os rumos de um projeto de Transformação Digital eficiente”, afirmou.

Análise dos hotéis gaúchos, todos possuem ranking de Maturidade Digital muito ruim

Ranking ruim

“Os hotéis do Rio Grande do Sul, todos possuem ranking de Maturidade Digital muito ruim. Isso pode ser compreensível em outros segmentos do mercado, mas não em uma área tão dependente do ambiente digital como o de Hotelaria”, afirmou.

“Dos 80 hotéis analisados, somente um respondeu o contato seja pelo site ou pelas redes sociais, em até 04 horas”, alertou.

Kendzerski fez um alerta aos profissionais presentes: “É preciso se criar uma mentalidade digital no negócio. Esse grau de maturidade se alcança através da mudança do conceito. Ainda tem muita gente que diz ser digital, mas ainda é analógico”, brincou.

No bojo das metamorfoses que o mundo atravessa, inclusive em relação às leis e à cultura do trabalho, Paulo lembrou que a mentalidade de muitas empresas ainda está arraigada ao passado analógico. “Aquela frase de quem engorda o boi é o olho do dono está ultrapassada. É preciso ter pessoas criativas, talentosas que estejam envolvidas no processo de construção da marca. Caso contrário, estaremos contratando apenas empregados, presos a um modelo econômico do passado,” proferiu.

Serviço:

ENCATHO & EXPROTEL

13 a 15 de agosto

CentroSul – Florianópolis

Entrada Gratuita

Informações: www.encatho.com.br | 3222-8492

ABIH-SC

______________

*O jornalista viajou a convite do Encatho

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Brasil atinge 136 mortes pelo coronavírus neste domingo com 4.256 casos confirmados

O Brasil registrou 136 mortes por causa do coronavírus, informou o Ministério da Saúde neste domingo (29), um aumento de 22 novos óbitos em...

LATAM anuncia suspensão temporária de rotas internacionais

O Grupo LATAM Airlines e suas subsidiárias anunciaram neste domingo (29) que, devido a restrições de viagens determinadas pelas autoridades e menor demanda após...

Ministro do STF autoriza que governo descumpra LDO e LRF para medidas contra pandemia

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes autorizou neste domingo (29) que o governo federal descumpra regras previstas na Lei de...

SeaWorld Parks atualiza informações sobre seus parques

O grupo SeaWorld Parks & Entertainment permanecerão fechados temporariamente, informa nota do grupo.DO PLANTÃO DT"Essa decisão faz parte do contínuo comprometimento com a segurança...

Sem ajuda do governo, falência e desemprego irão disparar no turismo, alertam representantes do setor

Linha de crédito flexibilizada e licença remunerada pelo governo são algumas das demandas do setor  Por ZAQUEU RODRIGUES (Jornalista colaborador do DIÁRIO)Uma carta aberta assinada pelas...

Enquanto a próxima viagem não vem, faça álbuns das que você já fez.

Montar álbuns das viagens feitas é uma boa opção para fazer na quarentena REDAÇÃO DO DTQuando viajamos fazemos centenas de fotos que muitas vezes ficam...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias