Plano SP define protocolos de atendimento para setores produtivos

O Governo de São Paulo lançou nesta quarta (27) os protocolos sanitários do Plano São Paulo para permitir a retomada de comércios e serviços não essenciais. As diretrizes vão regular o atendimento presencial e o fluxo de clientes, funcionários e colaboradores em 15 setores produtivos e seus respectivos subsetores.
EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências
—————————————————————–
As normas padronizam níveis de distanciamento social, higiene pessoal, limpeza e higienização de ambientes, comunicação e monitoramento das condições de saúde de trabalhadores e estão disponíveis no site https://www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/planosp. Há diretrizes específicas para cada uma das quatro fases do Plano São Paulo que permitem a retomada gradual e segura da atividade econômica.
Os documentos disponibilizados pelo Estado deverão ser seguidos pelas Prefeituras para a formulação dos decretos municipais de flexibilização da quarentena, de acordo com a classificação prevista no Plano São Paulo para 17 regiões distintas a partir do dia 1º de junho.
O Governo de São Paulo estabeleceu um protocolo comum para os diferentes setores produtivos. Há ainda outros documentos com normas específicas os setores de academias; agricultura e agroindústria; atividades imobiliárias; automotivos; bares e restaurantes; beleza, comércio; economia criativa; infraestrutura; logística e abastecimento; meios de hospedagem; saúde; telecomunicações; têxtil, confecção e calçados; e turismo.
“O site dá acesso a todos os protocolos elaborados nos diálogos com setores econômicos, associações de classes e de funcionários e, principalmente, nossos prefeitos e prefeitas”, afirmou a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen. “A nossa retomada consciente é baseada na união, no respeito à vida e na ciência”, acrescentou.
Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Os 5 Ps do Marketing no processo de reposicionamento do negócio

*Por Lúcio Oliveira “Toda companhia quer uma, mas poucas a têm: uma estratégia convincente”. Parafraseando Chan Kim, um dos autores da obra “A estratégia do...

Ministério do Turismo abre credenciamento de novos bancos para o Fungetur

Edital pode ser consultado na página do Fundo. Atualmente, 17 instituições financeiras ofertam crédito para o setor turístico EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências A partir desta...

Empresária fala das habilidades necessárias para a pós pandemia

Da Redação - Que tudo está e será diferente após essa pandemia passar não restam mais dúvidas. Habilidade para se relacionar com o novo...

IOF deixa de ser cobrado por mais 90 dias, no país

O governo federal prorrogou por mais 90 dias a redução a zero do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) cobrado em operações de crédito. O decreto, publicado na...

Hotelaria de Salvador (BA) continua com baixas históricas

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia (ABIH-BA) anunciou na tarde desta terça-feira (7) um balanço do baixo desempenho da hotelaria em...

7 dicas para se profissionalizar na comunicação virtual

De repente, veio a pandemia, a quarentena e, com elas, mudanças na rotina profissional e na forma de comunicação. Reuniões virtuais, lives, webinars e...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias