Plataforma Airbnb firma acordo com Porto Seguro em nome de turismo responsável

Foto: Pixabay/AsadPhotography
Foto: Pixabay/AsadPhotography

Plataforma assinou memorando de entendimentos para colaborar com a melhoria dos serviços turísticos no município

Edição do DT com agências

O Airbnb – plataforma de compartilhamento de casas – acaba de firmar em Porto Seguro (BA), um acordo com o município com o objetivo de fortalecer o turismo sustentável na cidade. A companhia também apresentou os dados de seu crescimento no Brasil.
Pelo segundo ano consecutivo, o Airbnb dobrou o número de chegadas de hóspedes no País tendo registrado cerca de 2,2 milhões de viajantes, com ampliação também do número anúncios cadastrados (mais de 167 mil). No ano passado a renda anual de um anfitrião típico foi de R$ 5.114.
Como exemplo do compromisso da plataforma em desenvolver a comunidade local, o Airbnb começará a arrecadar e a pagar uma contribuição de R$ 2,60 por hóspede/dia para o turismo sustentável, destinada ao Fundo Municipal de Desenvolvimento do Turismo de Porto Seguro (Fundetur), sobre todas as reservas feitas a partir do dia 1º de junho de 2018. A gestão do Fundetur é feita pelo Conselho Municipal de Turismo, que decide onde aplicar os recursos disponíveis.

Núcleo de Turismo Responsável

Esta é a primeira iniciativa do Núcleo de Turismo Responsável, lançado esta semana pela companhia. Além da contribuição, a empresa também se comprometeu, por meio de um memorando de entendimentos, a cooperar com a cidade em ações voltadas à promoção turística, à capacitação dos pequenos negócios locais e à troca de informações sobre melhores práticas em marketing digital. O Airbnb fará ainda o compartilhamento de estatísticas sobre os viajantes que utilizaram a plataforma na cidade, para auxiliar no planejamento de políticas públicas ligadas ao setor.
O secretário municipal de Cultura e Turismo de Porto Seguro, Richard Alves destacou a importância do acordo para o município. “Por um lado um destino precisa ter diversidade de opções de experiências, isso inclui o formato da hospedagem, por outro, um destino turístico deve cuidar do ordenamento da oferta turística. Nosso papel é buscar a construção de alianças no turismo que atendam essas premissas e o acordo inédito com Airbnb caminha nessa direção”, disse Alves.

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Fairmont Rio de Janeiro reabre dia 1º de setembro

O Fairmont Rio de Janeiro Copacabana se prepara para receber seus primeiros hóspedes pós-quarentena a partir de 1º de setembro de 2020. EDIÇÃO DO DIÁRIO...

Os riscos do desconfinamento e o Turismo

por Bayard Do Coutto Boiteux* No momento em que escrevo o presente artigo vejo que vários países europeus estão sendo obrigados a retomarem programas de...

O que esperar da Economia pós-pandemia?

Há alguns anos, ter um site, uma hospedagem de site e um registro de domínio já eram suficientes para garantir uma boa presença digital...

35 municípios paulistas receberão mais R$ 12 milhões para melhorias na infraestrutura

Secretaria de Turismo faz nova liberação para as obras que estão em andamento Trinta e cinco municípios turísticos do Estado de São Paulo receberão esta...

Santuário Internacional de Lourdes realiza evento online para fiéis

Fechado pela primeira vez na história desde meados de março, o Santuário de Lourdes (França), em comemoração ao aniversário da 18ª e última aparição...

Equipotel transferida para setembro de 2021

A Reed Exhibitions Brasil, responsável pela organização da Equipotel transferiu o evento que aconteceria em outubro deste ano, para setembro de 2021. Por conta...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias