Polícia Federal realiza simulado com atirador ativo no saguão de embarque em Viracopos

A Polícia Federal e o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), realizaram nesta quarta-feira (27) no saguão de embarque do aeroporto um treinamento de segurança chamado Reação a Atirador Ativo, no qual é simulado o ataque de homem armado. Esta é a primeira vez que este tipo de exercício é realizado em Viracopos.

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências

————————

A ação foi coordenada pelo COT (Comando de Operações Táticas) da Polícia Federal. De acordo com o treinamento, um homem de máscara armado com um fuzil e uma pistola e outro à paisana armado com uma pistola invadiram o saguão de embarque de passageiros e começaram a atirar em pessoas que ali estavam como participantes cenográficos.

Em seguida, houve a ação de um grupo especial da Polícia Militar que eliminou um atirador e rendeu o outro que estava sem a máscara. Pelo menos 70 pessoas participaram do simulado, que durou aproximadamente 30 minutos e contou com participação da Polícia Militar, Polícia Civil, gerências de Viracopos, lojistas, companhias aéreas e órgãos públicos.

Para o chefe do Serviço de Estratégias Táticas do COT, agente da Polícia Federal Robson Moreira de Souza, o exercício simulado de Reação a Atirador Ativo é importante para conscientizar a comunidade aeroportuária a respeito de procedimentos específicos de segurança e das alternativas em caso de ocorrência de um caso de atirador ativo nas dependências do aeroporto.

“Foi um sucesso total este teste em Viracopos. Os resultados ultrapassaram as expectativas. O público se envolveu e as forças de segurança que participaram foram muito bem, inclusive prevendo ameaças que eu mesmo não tinha previsto como planejador do ataque”, disse o chefe do Serviço de Estratégias Táticas do COT, que atuou como o atirador ativo mascarado durante o exercício.

Avaliação e risco

O treinamento do atirador ativo não é uma exigência normativa aos aeroportos. Após o exercício, é realizada uma avaliação das situações de risco e um relatório é encaminhado ao aeroporto para sugerir pontos de melhorias.

O exercício de Reação a Atirador Ativo encerra uma série de três dias de treinamento de segurança realizados pelo aeroporto e pela Polícia Federal com palestras (na segunda-feira) e o ESAIA-2019 (Exercício Simulado de Apoderamento Ilícito de Aeronave), exercício obrigatório anual previsto pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) em aeroportos com grande movimentação de passageiros.

ESAIA

Pela primeira vez, o ESAIA de Viracopos foi supervisionado e coordenado pelo COT (Comando de Operações Táticas), que é a unidade de operações especiais e contra-terrorismo e ações ilícitas da Polícia Federal.

Pelo menos 80 pessoas participaram do simulado de sequestro de uma aeronave estacionada em um dos pátios do aeroporto. O princípio básico das ações visou garantir a segurança dos passageiros e da tripulação, além de demais pessoas envolvidas na operação do lado de fora da aeronave.

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Associação Brasileira de Enologia faz nota de repúdio à coluna de Hélio Shwartsman

Uma nota assinada pelo presidente da Associação Brasileira de Enologia,  Daniel Salvador e pelo presidente da Organização Internacional do Vinho e do Vinho, Regina...

Mal conservado e em dificuldades financeiras Fundo Financeiro requer falência da Braston Hotéis

O Summit Fundo de Investimento em Direitos Creditórios - Vara/Comarca: 1a Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo/SP requereu na última semana...

Booking.com apresenta as tendências de viagens pós pandemia (ou enquanto ela não acabar)

Sonhos para as próximas viagens, novos valores para a vida de viajante, cuidados que serão tomados a partir de agora e a importância em...

Maria Fumaça para Morretes volta a funcionar em novembro

Conhecida dos curitibanos por circular na cidade durante o período que antecede o Natal, a Maria Fumaça despertou o carinho do público e se...

Companhias aéreas enfrentam teste de sobrevivência com demora em retomada

A segunda onda de covid-19 atrasa a recuperação das viagens aéreas, o que torna o inverno no hemisfério norte um teste de sobrevivência para...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat