Quatro perguntas para Osmar José Vailatti, presidente da ABIH de Santa Catarina

Com o tema “Soluções e Inovações para a Hotelaria”, a 32ª edição do Encontro Catarinense de Hoteleiros – Encatho, em Florianópolis promete transformar o CentroSul, entre os dias 13 e 15 de agosto, no ponto de encontro de empresários e profissionais do turismo e hotelaria de todo Brasil. Dada a importância do evento e seu significado para a economia do turismo, o DIÁRIO conversou com Osmar José Vailatti, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina (ABIH-SC). Entre as questões levantadas, destacamos a maturidade do hoteleiro para lidar com a transformação digital, a posição do presidente Osmar sobre dois assuntos que gravitam na cabeça dos hoteleiros a saber: a legalização dos cassinos no interior de resorts e a legalização das plataformas digitais para hospedagem. Confira abaixo, a entrevista:

DIÁRIO – Embora o Encatho seja um evento realizado em Santa Catarina, ele tem abrangência nacional e por isso mesmo questões nacionais serão discutidas, entre elas uma palestra sobre a maturidade digital da hotelaria. Caro presidente, o hoteleiro catarinense já amadureceu para todas as ferramentas oferecidas no mundo digital? 

OSMAR JOSÉ VAILATTI – Os hoteleiros, de modo geral, ainda não estão preparados com a maturidade digital que os tempos exigem de cada empresário ou gestor hoteleiro. Precisamos avançar muito e o Encatho será uma oportunidade para discutirmos esse assunto, conscientizar as pessoas envolvidas para que utilizem a maturidade digital, a tecnologia e as inovações para se tornarem mais competitivos e obterem melhores resultados.

DIÁRIO – Temos conversado com algumas autoridades da esfera pública sobre o processo de legalização dos cassinos no Brasil, em especial dentro de resorts (veja entrevista realizada com o secretário de turismo de São Paulo, Vinícius Lummertz )-  – Qual o posicionamento da ABIH sobre a questão e  a hotelaria (em especial os resorts de Santa Catarina) estão preparados para esse tipo de atividade?

OSMAR JOSÉ VAILATTI – Quanto à legalização dos cassinos eu até diria que é uma esperança da hotelaria e do turismo, porque os cassinos movem empregos, movem a economia e oportunizam ambientes de lazer para as pessoas. Em Santa Catarina certamente não temos ainda hoje um modelo de estrutura hoteleira para abrigar um cassino com qualidade, mas creio que após a legalização certamente teremos investidores para apostar em Santa Catarina para termos aqui equipamentos à altura para desenvolver a atividade de um cassino.

DIÁRIO – Como a hotelaria de Santa Catarina tem se posicionado, de forma política e de forma jurídica diante da avassaladora onda de plataforma de aluguel de imóveis?

OSMAR JOSÉ VAILATTI – Outro tema bastante falado e discutido é o das atuações das plataformas digitais nas reservas de apartamentos e de casas de uma forma ilegal. Digo ilegal porque na verdade ficam isentos de tributos enquanto os hoteleiros são obrigados a pagar rigorosamente suas obrigações. Esta questão acredito que será e já está sendo tratada na futura reforma tributária, onde é necessário criar uma lei em nível nacional que oportunize aos municípios e estados a arrecadação justa e devida por estas plataformas e a ABIH está se posicionando firmemente através de participação em audiências públicas, no Encontro Nacional da Nova Lei do Turismo, brigando por esta legalização.

DIÁRIO – Quais as expectativas para a 32ª edição do Encatho?

OSMAR JOSÉ VAILATTI – Nós temos as melhores expectativas para o Encatho por várias razões. Primeiro porque as pessoas estão conscientes de que precisam buscar mais conhecimento e o Encatho irá oferecer mais de 30 temas que serão apresentados por especialistas que são voltados à gestão da hotelaria, aos negócios, à elevação humana e modernização dos meios de hospedagem. 15 eventos paralelos reunindo as principais lideranças e empresários do Trade nacional e catarinense e muito mais.

Acreditamos que esta 32ª edição será um marco no sentido da evolução, dos hoteleiros e do trade turístico que está envolvido, para maior consciência e preparação para enfrentarmos o dia a dia das nossas atividades. O mundo está muito competitivo e vai ter bons resultados quem estiver melhor preparado. O Encatho é uma maneira de as pessoas ouvirem, se conscientizarem dos passos que devem dar para o engrandecimento e para a qualificação da hotelaria e do turismo. Depois é sair do evento e colocar em prática.

Além da qualificação, também temos o espaço da Exprotel que, neste ano reúne mais de 50 empresas com soluções em produtos e serviços para toda cadeia produtiva. As melhores marcas do mercado com preços e condições exclusivos. Este contato direto entre fornecedores e empresários, também é um dos pontos altos do evento.

O melhor de tudo é que todas as atividades são gratuitas e as inscrições podem ser feitas pelo site www.encatho.com.br

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Vila Galé apoia MP 936/2020 que preserva empregos e renda de colaboradores

Em comunicado emitido na manhã desta terça-feira (7), o grupo português Vila Galé congratula-se com as primeiras medidas aprovadas pelo Governo Federal brasileiro de...

Cabe negociação coletiva se houver suspensão contratual durante pandemia

As empresas deverão notificar os sindicatos da intenção de suspender temporariamente contratos e de realizar corte salarial. É o que determina o ministro Ricardo Lewandowski, do...

Obras no Largo do Boticário do JO&JOE são iniciadas

As obras de revitalização e transformação das cinco casas que constituem o histórico Largo do Boticário, no Cosme Velho, zona Sul do Rio de...

Obrigado repórter! Parabéns aos jornalistas!

por Paulo Atzingen* “As bancas de jornais foram roubadas“, falou-me a repórter. Imediatamente me veio à cabeça revistas e jornais sendo surrupiados por ladrões interessados...

Visit Iguassu reforça a carta aberta da associação de Conventions Bureaux da América Latina e do Caribe

O Visit Iguassu faz parte da Associação de Conventions Bureaux da América Latina e do Caribe, através da Unedestinos e, esta semana, reforça o...

Fogo de Chão lança oficialmente o serviço de delivery com parte da renda revertida ao Fundo Emergencial para a Saúde

Devido aos acontecimentos recentes, as unidades Fogo de Chão no Brasil permanecem temporariamente fechadas. Mas, para que os clientes possam continuar saboreando o melhor...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias