Régis Medeiros, secretário de Fortaleza: “ataques não afetam o turismo”

A cidade de Fortaleza vem sofrendo uma onda de ataques a ônibus e prédios públicos que tiveram início na última sexta-feira (27). Esses ataques provocaram incêndio total ou parcial de 16 ônibus da frota do transporte público, além de tiros e materiais explosivos arremessados contra prédios públicos e privados.

REDAÇÃO DO DIÁRIO

Segundo o governo municipal, essas ações representam uma represália de uma facção criminosa pela morte de três bandidos, que trocaram tiros com policiais em Amontada, no interior do Ceará, na quinta-feira (26), um dia antes da sequência de crimes. O DIÁRIO conversou com o secretário de Turismo de Fortaleza, Régis Medeiros e, segundo o executivo, a violência é fato, mas descarta uma guerra civil ou desdobramentos que possam afetar o fluxo turístico da capital cearense.

“Essa questão (do incêndio) dos ônibus foi uma ação pontual em represália  à ação da polícia em combate a essas facções criminosas, que estão espalhadas por todo o Brasil e não só em Fortaleza. Foi uma represália, pois estão acuados pelo trabalho e investimentos em segurança pública que o governo estadual vem fazendo”, disse Régis ao DIÁRIO. E o secretário  completa: “A repercussão ganha esse tamanho nacional, como se estivéssemos em uma guerra civil, mas está longe disso”, ponderou  Medeiros.

Área turística

Ainda segundo Medeiros, a área turística, compreendida como a Avenida Beira Mar, Praia do Futuro e Praia de Iracema, onde efetivamente há circulação de turistas, não há problema nenhum. “Os ataques são em áreas distantes do centro turístico, longe da orla e longe dos hotéis. Infelizmente são guerras entre as gangues, represálias, e os alvos são sempre os ônibus, exatamente para criar esse pânico, esse terror”, lamenta o secretário.

“O governo do estado do Ceará está investindo muito em segurança, no aparato da polícia, em carros, equipamentos, em inteligência, em helicópteros”. Ele finaliza lembrando que está sendo instalado um centro integrado de inteligência da polícia civil e militar em Fortaleza.

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

O mundo precisa de pessoas juntas – Mensagem da Equipotel 2020 (Veja o vídeo)

O mundo precisa de pessoas juntas. Mas juntas de um jeito novo. Por hoje, pedimos que vivencie uma excelente hospitalidade em sua casa, para o seu...

LATAM já operou 115 voos especiais transportando mais de 16 mil passageiros

Grupo já operou 115 voos especiais, transportando não só seus passageiros, mas também clientes de outras companhias EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências O Grupo LATAM Airlines...

Airbnb pagará US$ 250 milhões a ‘anfitriões’ para ajudar a cobrir custos de cancelamentos por COVID-19

O CEO do Airbnb, Brian Chesky, anunciou a criação de um fundo de US$ 250 milhões para ajudar os anfitriões a cobrir o custo dos...

Prefeitos do ABC compram 1 milhão de testes de covid-19

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC, que reúne prefeitos da região, anunciou a compra de 1 milhão de kits para testes de covid-19. A remessa...

Entidades hoteleiras entregam carta ao Procon-SP

Nesta terça-feira (31), os presidentes da ABIH – Associação Brasileira de Hotéis do Estado de São Paulo; BLTA – Associação Brasileira de Turismo de...

Não é a hora de tirar Jair Bolsonaro – por Rui Jorge Carvalho*

Cresce no meio político a pressão para afastar Jair Bolsonaro. Apesar de tudo não acho que o presidente deva ser afastado agora. Seria pura...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias