Renato Bianchi: GG do Grande Hotel Campos do Jordão: “atingimos 98,4% de satisfação”

Segundo Renato, o hotel recebeu nota 9,4 na booking e está entre os 10 melhores hotéis 5 Estrelas na Trivago Awards 2017

REDAÇÃO DO DIÁRIO

Renato Bianchi, gerente geral do Grande Hotel Senac Campos do Jordão é o hoteleiro entrevistado desta semana. De acordo com o executivo, em função da recessão – eufemismo que damos para o nome crise – o hotel precisou reinventar fórmulas para produzir receitas, fazer um pente fino nas despesas gerais, e, com essas e outras medidas, atingiu um faturamento geral 6% maior que em 2015 e um resultado financeiro líquido acima dos 20% em relação àquele ano. “O resultado financeiro não seria totalmente válido sem o respaldo da satisfação de nossos clientes”, afirma nesta entrevista. “Tivemos nota 9,4 na booking e estamos entre os 10 melhores hotéis 5 Estrelas na Trivago Awards 2017”, adianta ao DIÁRIO. Nesta entrevista, Renato fala também do compromisso socioambiental que os hotéis do Senac assumiram junto à comunidade circundante e funcionários, e adianta algumas novidades sobre a Enoteca – que completará em 2017, 10 anos. Acompanhe:

DIÁRIO DO TURISMO Qual o balanço de 2016 com relação à reservas para lazer e para corporativo (eventos)? Faça uma comparação de 2016 com o ano de 2015 e 2014 nos explicando as razões de oscilações nos gráficos (ou não).

RENATO BIANCHI – Os anos de 2015 e 2016 foram extremamente desafiadores para todo o mercado, e no Grande Hotel Campos do Jordão não foi diferente. Tivemos que nos reinventar nas receitas e, principalmente, na realização de um pente fino nas despesas gerais. Com o fechamento de novembro e a prévia para dezembro, acredito que consigamos concretizar uma estratégia vencedora, com um faturamento geral 6% maior que em 2015 e um resultado financeiro líquido acima dos 20% em relação àquele ano.

Porém, o resultado financeiro não seria totalmente válido sem o respaldo da satisfação de nossos clientes, onde estamos batendo praticamente todas as metas. Até o momento apresentamos 98,4% de satisfação em nossas pesquisas internas, sendo historicamente o melhor resultado já alcançado. Tivemos nota 9,4 na booking e estamos entre os 10 melhores hotéis 5 Estrelas na Trivago Awards 2017. Além disso, somos o melhor resort na avaliação dos clientes entre os associados da Associação Brasileira de Resorts.

Com relação à composição de lazer e corporativo em nossas reservas, sentimos uma diminuição no número de grandes eventos (considerando que temos apenas 95 apartamentos). Porém voltamos ao patamar dos 50% x 50% no número de Room Nights obtidos em 2014, já que em função da quantidade de feriados e instabilidade econômica de 2015, tivemos 60% das RN’s para lazer e apenas 40% para corporativo. Neste ano, com o retorno do equilíbrio dos 50% nas RN’s, avançamos em 30% no nosso faturamento do corporativo em relação à 2015.

Sentimos uma diminuição no número de grandes eventos. Porém voltamos ao patamar dos 50% x 50% no número de Room Nights obtidos em 2014, já que em função da quantidade de feriados e instabilidade econômica de 2015, tivemos 60% das RN’s para lazer e apenas 40% para corporativo

DIÁRIO DO TURISMO – O Senac anuncia compromisso socioambiental e promove ações de responsabilidade neste segmento. Poderia detalhar como isso vem sendo aplicado na prática e qual os indicativos que os funcionários têm assimilado, já que vocês possuem um programa de conscientização de seus colaboradores?

RENATO BIANCHI – O programa Ecoeficiência está presente em toda a rede Senac São Paulo e tem como finalidade reforçar a importância da preservação ambiental, desenvolvendo ações de educação ambiental e sustentabilidade. Todas unidades são auditadas por uma equipe competente e, mediante requisitos definidos, podem ser classificados em 3 níveis diferentes: nível 1 envolve funcionários e clientes (alunos); nível 2 compreende aos prestadores de serviços; nível 3 envolve a comunidade na qual a unidade está inserida. Atualmente trabalhamos em conjunto com o Centro Universitário Senac – Campos do Jordão para avançarmos ao nível 3.

Temos uma rotina de treinamentos e conscientização de alunos e funcionários, visitas e solicitação documental de fornecedores, ações ambientais de coleta seletiva e gerenciamento de resíduos e reuniões de análise crítica com todos membros do Comitê do programa na unidade.

Realizamos ações que conscientizaram nossos funcionários e diminuíram o consumo de alguns itens no hotel. Como exemplo dessas ações, cito a redução no uso de copos descartáveis e folhas tamanho A4. Em 2009, foram utilizados 706 mil copos descartáveis e 698 mil folhas de A4. Neste ano, estamos abaixo dos 10 mil copos e 302 mil folhas.

Enoteca do hotel: em 2017 completa 10 anos
Enoteca do hotel: em 2017 completa 10 anos

DIÁRIO DO TURISMO – O Hotel possui uma enoteca desde 2007, ou seja ela está prestes a completar 10 anos, sinal que deu certo. Explique para os leitores do DIÁRIO quais foram os indicativos para a abertura deste espaço, qual o nome do enólogo que o coordena e como é a dinâmica tanto de demanda (consumo dos hóspedes) quanto de abastecimento. Qual o vinho mais raro?

RENATO BIANCHI – O clima de Campos do Jordão é extremamente propício para o consumo de vinhos e no Grande Hotel havia necessidade de ter um espaço diferenciado para degustações, além de uma adega que pudesse ser contemplada pelos clientes. Foi então que criamos um conceito para este espaço e hoje temos uma adega com capacidade para 1.700 garrafas e uma enoteca interligada com nosso Restaurante Gourmet Araucária. A enoteca se tornou um espaço interessante para atividades com nossos alunos e atrativos para nossos hóspedes. É neste espaço que o sommelier Ronne Guimarães ministra workshops sobre diversas bebidas, em especial, os vinhos.

O gerente de A&B no Grande Hotel, Bruno Pio, é formado em gastronomia pelo Centro Universitário Senac – Campos do Jordão. No Grande Hotel Campos do Jordão, o Bruno coordena o setor de Alimentos & Bebidas e acompanha toda a dinâmica do consumo, como compras, entregas, promoções, degustações de vinhos. Até novembro de 2016, vendemos 8.900 garrafas, cerca de 810 garrafas mensais, movimentando neste ano mais de R$ 745 mil em vinhos.

Nosso objetivo é proporcionar experiências aos nossos hóspedes, sendo assim, disponibilizamos em nossa Carta bons vinhos de 21 países, entre eles os tradicionais Argentina, Chile, Espanha, França, Itália, Portugal e também novidades da Áustria, da Croácia, da Eslovênia, de Israel, do Líbano, do Marrocos, e claro, do Brasil

Nosso objetivo é proporcionar experiências aos nossos hóspedes, sendo assim, disponibilizamos em nossa Carta bons vinhos de 21 países, entre eles os tradicionais Argentina, Chile, Espanha, França, Itália, Portugal e também novidades da Áustria, da Croácia, da Eslovênia, de Israel, do Líbano, do Marrocos, e claro, do Brasil. Entre os rótulos de destaque temos os franceses Petrus, Château Haut Brion, Château D’Yquem e Champagne Cristal, os italianos Sassicaia e Ornellaia Bolgheri e os espanhóis Vega Sicília e Flor de Pingus.

 

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Fabricante Rolls-Royce descobre fissuras em lâminas do motor do A350

A Rolls-Royce procurou tranquilizar clientes e investidores nesta terça-feira depois de ter descoberto fissuras nas lâminas dos compressores usados em seu motor Trent XWB,...

Hotelaria em Salvador tem 6,2% de ocupação em julho

O desempenho da hotelaria em Salvador do mês de julho revela uma realidade ainda desanimadora. Considerando todos os hotéis, abertos e fechados, a taxa...

Contagem regressiva para o desaparecimento da Uva Tannat (Final)

A região de Saint Mont, no sudoeste da França, além de possuir os únicos vinhedos com videiras préfiloxera é oficialmente reconhecida na França como...

Facebook anuncia doação de R$ 14 milhões a pequenos empresários de SP e DF

O Facebook lançou um programa de subsídios que vai oferecer R$ 14 milhões para pequenos e médios empresários que estão enfrentando dificuldades por causa...

Desastre em Mariana: homologado acordo de R$ 1 bilhão para reparação de danos

A decisão da 12ª Vara Federal prevê a alocação dos recursos em ações de infraestrutura, turismo e lazer nas áreas atingidas EDIÇÃO DO DIÁRIO com...

Profissionais do turismo na Baixada Santista ganham selo de qualidade

A Associação dos Profissionais do Turismo da Baixada Santista (APT) lança a campanha #SouProfissionaldoTurismo, para valorizar e fortalecer o papel de quem trabalha com...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat