Rio Grande do Norte recebe visita do embaixador do Reino Unido e discute energia renovável

O embaixador britânico, Vijay Rangarajan, está em viagem oficial ao Rio Grande do Norte nos dias 13 e 14 de fevereiro para conhecer os investimentos no Estado em energias renováveis, sobretudo em energia eólica. A agenda de compromissos visa promover também o Fundo de Prosperidade (Prosperity Fund) que busca apoiar o desenvolvimento econômico e sustentável em determinadas regiões, sendo o Rio Grande do Norte uma opção para futuros investimentos.

EDIÇÃO DO DIÁRIO

Durante a visita, o embaixador britânico participará de reuniões com Rio governo do Estado, o senador Jean Paul Prates e com entidades do setor, a fim de fortalecer a parceria do Reino Unido em relação à crescente indústria de renováveis no estado, em especial, futuros investimentos em energia eólica marítima (offshore wind), da qual o Reino Unido é líder mundial nas áreas de design, desenvolvimento, instalação, operação e manutenção. A visita representa a continuidade de discussões de parceria entre o governo britânico e o Ministério de Minas e Energia (MME).

O sucesso das ações bilaterais Brasil-Reino Unido em energia se deve a um envolvimento integral que vai além das conhecidas parcerias comerciais. Projetos que visam o compartilhamento de conhecimento têm ganhado cada vez mais espaço nos projetos da Embaixada Britânica. O embaixador, Vijay Rangarajan, celebra o êxito dos projetos de cooperação no setor: “Nossa cooperação técnica com instituições brasileiras ultrapassa dez anos e estou certo de que esta colaboração foi desenvolvida consideravelmente durante esse período. Temos muito interesse em continuar trabalhando em conjunto com o Estado do Rio Grande no Norte e o Brasil no aperfeiçoamento do seu potencial e rápido crescimento em tecnologia das energias renováveis”, afirma. O aumento de projetos de cooperação previsto por Rangarajan se deve majoritariamente ao Fundo de Prosperidade, cujo objetivo é promover a reforma econômica e avanços necessários para o crescimento de países parceiros, sendo o Brasil um deles, onde serão investidos mais de 25 milhões de libras (R$ 115 milhões) até 2023, somente no setor de energia.

O Reino Unido é líder mundial no esforço para diminuir as emissões de carbono. Há duas semanas, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, declarou no evento de lançamento da 26ª Conferência do Clima das Nações Unidas (COP26) e do Ano de Ação Climática 2020 (Year of Climate Action 2020), que todos os carros no país serão elétricos até 2035. O Reino Unido é também a primeira grande economia do mundo a aprovar uma lei para zerar a emissão de carbono até 2050, comparado com o objetivo anterior de reduzir, pelo menos, 80% dos níveis medidos em 1990. Em abril de 2017, o país viveu seu primeiro dia livre de carvão desde a revolução industrial e possui instalada a maior capacidade eólica marítima do mundo em 8,2GW – 36% da capacidade global – com o compromisso de aumentar para 30GW até 2030.

Dentro da programação de sua agenda, o embaixador fará uma visita à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) para aprender sobre os programas de pesquisa em energias renováveis e apresentar canais de cooperação que incluem o Fundo Newton (Newton Fund) e o programa oferta de bolsas de mestrado Chevening. Acompanharão a visita o presidente do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE), Darlan Santos, o presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa do Rio Grande do Norte (FAPERN), Dr. Gilton Sampaio e o senador Jean Paul Prates. Além disso, haverá também discussões estratégicas com o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN), Amaro Sales, e com o diretor de Inovação e Renováveis do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Antonio Medeiros.

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Governo Alemão socorrerá Lufthansa com empréstimo de 9 bilhões de euros

A Lufthansa informou há pouco que o Fundo de Estabilização Econômica (WSF, na sigla original) do governo alemão aprovou pacote de socorro que prevê...

Azul fará voo extra aos EUA antes que país impeça entrada de brasileiros

Diante da medida adotada pelo governo dos EUA, que suspende temporariamente a entrada de brasileiros no país, a Azul irá operar nesta quinta-feira (28)...

Fórum Online de Hotéis Independentes: inscrições já estão abertas!

Evento gratuito será 100% online e reunirá grandes nomes da hotelaria. DIÁRIO é media partner.  EDIÇÃO DO DIÁRIO A 2ª edição do Fórum Online de Hotéis...

Governador de São Paulo, João Dória, diz que nova quarentena não será homogênea

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta segunda-feira, em entrevista à GloboNews, que a atual quarentena adotada em São Paulo para...

Bancorbrás doa 5 toneladas de alimentos para instituições em Brasília

Em tempos de pandemia o isolamento social afetou diversos setores da sociedade, principalmente instituições que ajudam pessoas que fazem parte do grupo de risco....

LATAM desmistifica verdades e mentiras sobre filtros das aeronaves

A LATAM Airlines Brasil preparou um material explicativo para esclarecer dúvidas sobre a eficácia dos filtros utilizados nas aeronaves de sua frota. A ferramenta,...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias