Robôs facilitam vida de quem viaja de trem na China

Compra de ingressos online, pagamentos através de celulares, reconhecimento facial para entrar em uma estação, tarefas simples feitas por robôs

por Rodrigo Luis*
A China Railway Corporation, que opera o transporte de passageiros nos trens da China, inaugurou uma série de novos serviços e instalações para tornar a experiência  dos serviços ferroviários mais agradável.
Compra de ingressos online, pagamentos através de celulares, reconhecimento facial para entrar em uma estação, pedidos de alimentos à bordo e até robôs foram implementados para satisfazer diversas necessidades. Os robôs, por exemplo, foram adicionados em várias grandes estações para responderem perguntas dos passageiros e fornecer entretenimento.
“Os robôs respondem dúvidas de passageiros sobre como comprar ingressos, como mudar uma data ou encontrar restaurantes ou um estacionamento nas proximidades. Eles são divertidos e deixam a espera por um trem menos chata”, explica Li Yang, membro da equipe da Estação Ferroviária de Jinan West, na província de Shandong.
Outra grande novidade é permitir que passageiros em alguns trens bala peçam online comida de restaurantes e a receba em seus assentos. O site e o aplicativo de reservas de bilhetes da China Railway Corp permitem aos usuários passar por estações selecionadas para receber refeições. Alguns restaurantes como o KFC são parceiros da China Railway Corporation.

Agora, os passageiros digitalizam seus bilhetes e cartões de identificação na máquina de reconhecimento facial

Inicialmente, o serviço está disponível em 27 estações ferroviárias de alta velocidade em 24 cidades, principalmente capitais provinciais e grandes metrópoles, incluindo Xangai, Tianjin, Zhengzhou, Guangzhou e Nanjing.
De acordo com a China Railway Corporation, o movimento visa atender às demandas diversas e individualizadas dos passageiros através da introdução de mais marcas e restaurantes, diversificando opções de refeições e oferecendo serviços mais ricos.
“A nova tecnologia também enriquece as experiências de viagem dos passageiros. Na estação de trem de Lanzhou West, em Lanzhou, província de Gansu, um sistema de reconhecimento facial foi instalado em maio para permitir que os passageiros passem a verificação de segurança de forma mais eficiente”, conta Wang Jian, chefe da estação.
Um sistema de reconhecimento facial pode acelerar a verificação da identidade do passageiro, que foi feito anteriormente pelos membros da equipe da estação ferroviária que verificam os bilhetes de trem e os cartões de identidade. Agora, os passageiros digitalizam seus bilhetes e cartões de identificação na máquina de reconhecimento facial. Quando os passageiros fazem a varredura, uma câmera instalada na máquina irá capturar imagens faciais. Se a imagem corresponder ao cartão de identificação e ao ticket, o portão é aberto automaticamente para permitir a entrada.
Várias grandes estações de trem lançaram sistemas de reconhecimento facial, incluindo Guangzhou, Pequim e Changsha. A Estação Ferroviária Pequim West foi uma das primeiras a ter.
Rodrigo Luis*Rodrigo Luis é sócio-diretor da Winpoint Technology e mora em Shenzhen, na China, desde 2009
Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

As 100 melhores crônicas de João Saldanha são reunidas em livro

As crônicas foram selecionadas pelo historiador Alexandre Mesquita após a leitura de todo o acervo disponível sobre João Saldanha entre 1960 e 1990 EDIÇÃO DO...

Grupo Iberostar inicia reabertura de hotéis e reforça segurança sanitária

De forma escalonada, a reabertura de uma seleção de hotéis do Grupo Iberostar acontece a partir da segunda quinzena de junho garantindo protocolos de...

Portugal recebe o Selo ‘Safe Travels’ do World Travel & Tourism Council

Este selo visa reconhecer destinos que cumprem protocolos de saúde e higiene alinhados com os Protocolos de Viagens Seguras emanados pelo WTTC, ajudando, sobretudo,...

Três perguntas para Sanfo Boubakar, diretor da ClassTraining, sobre treinamento na retomada

Engenheiro químico com mais de 23 anos de experiência profissional e acadêmica, Sanfo Boubakar é marfinense naturalizado brasileiro. REDAÇÃO DO DIÁRIO Há quase 35 anos no...

Bolsa qualificação beneficia turismo de Foz do Iguaçu e preserva 4,5 mil empregos

Foz do Iguaçu vem adotando diversas medidas para preservar empregos e amenizar o impacto social provocado pela pandemia no novo coronavírus (Covid-19). Uma delas...

Os  Embaixadores do Rio e a retomada do turismo fluminense

Bayard Do Coutto Boiteux*O Rio  de Janeiro com a pandemia causada pelo Covid-19 passa o pior momento de sua história turística nas últimas décadas....

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias