Sarah Brightman completa etapa de treinamento para viagem ao espaço

Moscou, 30 jan (EFE).- A cantora britânica Sarah Brightman completou um teste de sobrevivência, que foi realizado em uma floresta russa como parte do treinamento básico para realizar uma viagem até a Estação Espacial Internacional (ISS) programada para setembro deste ano.

“Brightman está se preparando e já superou a prova de sobrevivência na floresta”, informou um porta-voz do Centro de Controle de Voos à agência de notícias russa “RIA Novosti”.

Ele também afirmou que a cantora “está estudando russo” e aprendendo “os sistemas de comando da nave e da estação”.

Sarah, que completará 55 anos em agosto, começou neste ano seu treinamento, que terá duração de seis meses. Em função dos preparativos para a viagem, a cantora precisará fazer uma pausa em sua carreira, pois um dos requisitos é que se instale de forma permanente perto de Moscou.

A cantora viajará a bordo de uma nave espacial russa, a Soyuz, acompanhada por dois cosmonautas, o russo Sergei Volkov e o dinamarquês Andreas Mogensen, e ficará em órbita na plataforma durante dez dias.

Se tudo der certo, a britânica se tornará a oitava turista espacial da história e a primeira a voar para a ISS desde setembro de 2009, quando o canadense Guy Laliberté, fundador do “Cirque du Soleil”, realizou uma viagem. Se ocorrer algum imprevisto, Sarah será substituída pelo japonês Satoshi Katamtsu, que também poderá viajar para a plataforma dentro de dois ou três anos.

Os voos de turismo espacial – que no caso de Laliberté custou cerca de US$ 50 milhões (R$ 130 milhões) – são organizados pela companhia Space Adventures.

A Rússia decidiu suspender as viagens turísticas para a ISS por causa da falta de espaço, pois a tripulação da plataforma dobrou para seis tripulantes, e em função da decisão dos EUA de suspender seus voos.

A ISS já abriu as portas para sete turistas espaciais. Destes, o americano Denis Tito foi o primeiro a viajar até a plataforma, em 2001, e a americana de origem iraniana Anousha Ansari, a primeira mulher a visitar a estação, em 2006.

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Califórnia retrocede na reabertura com expansão do coronavírus nos EUA

SACRAMENTO, Estados Unidos (Reuters) - O governador da Califórnia decretou nesta segunda-feira um recuo no plano de reabertura da economia do Estado norte-americano, após...

La Casa de Papel: a transferência de liquidez relatada pelo refém brasileiro**

Por Paulo Atzingen* (de Madri) Só depois de passados alguns anos do assalto à Casa da Moeda da Espanha e me tornado refém por aquele...

Dentro de uma capela brasileira feita de vinho

por DANIELLE BAUTER* Com sua paisagem de colinas verdes ondulantes pontilhadas de fazendas familiares, a vista pode facilmente ser confundida com a Toscana. O estado...

A politização da Pandemia – por Gaudêncio Torquato*

Cada coisa em seu lugar. Ou, em outros termos, cada macaco em seu galho. A popular expressão aconselha que cada pessoa deve exercer o...

Fairmont Rio de Janeiro reabre dia 1º de setembro

O Fairmont Rio de Janeiro Copacabana se prepara para receber seus primeiros hóspedes pós-quarentena a partir de 1º de setembro de 2020. EDIÇÃO DO DIÁRIO...

Os riscos do desconfinamento e o Turismo

por Bayard Do Coutto Boiteux* No momento em que escrevo o presente artigo vejo que vários países europeus estão sendo obrigados a retomarem programas de...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias