Secretário de Turismo de Gramado (RS) explica porque o destino é um caso de sucesso

Segundo o secretário, preocupação com o morador reflete no bem-estar do viajante

Por Hugo Okada

A pequena e charmosa cidade de Gramado, na Serra Gaúcha, é hoje um dos casos de sucesso mais consolidados no mercado turístico da Região Sul. A beleza do destino, sua gastronomia, seus hotéis, pousadas e lojas de chocolates e souvenirs possuem uma atmosfera que convida o viajante a um momento de sonho – por meio das luzes e cores do Natal Luz – ou de relaxamento, em um passeio pelas suas ruas com a família ou com a pessoa amada, já que o destino também convida o visitante ao romance.

Tendo em mente tudo isso, gerir o turismo em uma cidade como Gramado é um desafio complexo, cuja equipe da Secretaria do Turismo tem conseguido vencer ano após ano. Basta visitar a cidade e retornar após um pequeno intervalo para perceber as constantes melhorias realizadas na infraestrutura e nos seus principais pontos de interesse. Para falar sobre isso, José Carlos Ramos de Almeida, secretário de Turismo de Gramado, concedeu uma entrevista ao editor do DIÁRIO DO TURISMO, jornalista Paulo Atzingen. Confira.

Qualidade e acolhimento

“Nós temos uma constante preocupação com a qualidade, acolhimento e a hospitalidade para as pessoas que nos visitam. Temos a sorte de contar com uma iniciativa privada totalmente atualmente. E nós continuamos batalhando no sentido de manter essa sustentabilidade. Também temos uma preocupação muito forte – para quem deseja obter sucesso na questão do turismo – que é a garantia de satisfação da população local. Quando o local (morador) está insatisfeito, a tendência é começar a repelir o visitante. Um dos motivos disso é o sentimento do local de que a cidade não pertence mais a ela, com toda a infra voltada para o visitante. Vamos promover agora a revitalização da rua coberta, da Praça Major Nicoletti, criando ambientes para os locais conviverem. Também está nos planos a criação de quatro parques públicos, para que os gramadenses possam ter onde passear com a sua família, andar de bicicleta e tomar um bom chimarrão”, declara Almeida.

Natal Luz para todos os tipos de orçamento

“O acendimento das luzes, todos os dias às 20h30 é aberto ao público. Criamos um sistema neste ano em que a população pode trocar alimentos por ingressos, possibilitando que as pessoas cujo poder aquisitivo é limitado, possam participar das atividades do Natal como todos os outros”, conta o secretário.

Natal Iluminado: um dos grandes espetáculos do Natal Luz (Crédito: Gabriel Florez)

Segurança

“Na organização do Turismo tem de haver vontade política, vontade local, preocupação com a condição social que reflita em segurança, hoje um dos valores que mais pesa na decisão do viajante que nos visita. Educação é primordial com oferecimento de música, esportes, artes, principalmente nas escolas municipais para que haja uma formação da personalidade com mais entendimento e mais cultura. Nós, graças a Deus, estamos conseguindo contornar tudo isso”, observa Almeida.

Gramado não é só Natal Luz

“Gramado já possui 100 anos de exercício da economia turística. Neste dia 7 estamos celebrando 60 anos da Festa das Hortênsias, criada com o objetivo de receber pessoas em loteamentos para pessoas que quisessem investir, não empresas, mas famílias que viessem no veraneio. Uma coisa que aconteceu muito importante foi a instituição do Festival de Cinema, com a associação dos artistas com a cidade, o que levou ao aquecimento do corporativo, com o início da realização de eventos em toda a cidade. Evidentemente o Natal Luz possui um movimento econômico maior, mas não dá pra dizer que a cidade não sobreviveria sem ele. No final de janeiro, início de fevereiro vamos inclusive sediar importantes torneios esportivos. Também teremos águas termais a partir do ano que vem e novas bandeiras de hotéis chegando. Estamos organizando tudo, Gramado sempre se reinventa”, afirma o secretário sobre a relevância do Natal Luz como evento de captação de turistas.

Gastronomia é outro ponto forte de Gramado (Crédito: DT Gabriel Florez)

Hotelaria

“Não temos restrição com as grandes marcas hoteleiras, mas estamos preocupados em fornecer uma estrutura para atender a todas as empresas, pois manter tudo isso é algo complexo. Onde os colaboradores irão morar, entre outros temas. A Hard Rock ja acenou para abrir aqui o segundo hotel no Brasil (o primeiro é em Curitiba). No mais, temos uma estrutura que atende bem o viajante, passamos de 15 mil leitos, chegando a 20 ou 25 se analisarmos todo o entorno”, finaliza Almeida.

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

PL 2034 aprovado pelo governador do Rio de Janeiro é vitória para os guias de turismo

O Projeto de Lei Nº 2034 acaba de ser aprovado pelo governador do Rio de Janeiro Wilson Witsel e se transforma na Lei Estadual...

Parques da SeaWorld na Flórida reabrirão ao público em 11 de junho

O SeaWorld Entertainment, Inc., uma das empresas de entretenimento líder no mundo, anunciou o projeto de reabertura em fases (com capacidade limitada) dos seus...

Temperaturas caem em Santa Catarina e toneladas de tainha são pescadas (Vejam vídeos)

Por Jefferson Severino especial para o DIÁRIO DO TURISMODe fato, hoje o estado catarinense completa 32 dias com temperaturas negativas. Segundo o Homem do...

Efeitos da pandemia: o fim dos blocos comerciais e início de acordos bilaterais

Por Carlo Barbieri*O mercado globalizado como o conhecemos hoje, já está em plena mudança devido à pandemia. Teremos um realinhamento na estrutura comercial do...

Pedidos de recuperação judicial aumentam depois da Covid-19

O último levantamento da Boa Vista, divulgado no início deste mês, registra alta em maio de 68,6% no número de pedidos de recuperação judicial...

Fronteiras terrestres entre Espanha, Portugal e França abrem em 22 de junho

MADRI (Reuters) - A Ministra da Indústria e do Turismo espanhola, Reyes Maroto, disse nesta quinta-feira que todas as restrições a cruzamentos nas fronteiras...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias