Swissport Brasil contesta e leilão de ativos da Avianca é suspenso

O leilão de ativos da Avianca Brasil, marcado para esta terça-feira (7), às 13h, foi suspenso pelo desembargador Ricardo Negrão, da 2ª Câmara Reservada de Direito Empresarial, acatando pedido da Swissport Brasil, protocolado na última sexta-feira (3).

VALOR ECONÔMICO

A Swissport Brasil, empresa de serviços aeroportuários, entrou com agravo de instrumento pedindo a suspensão da homologação do plano de recuperação judicial da empresa, o que teve como consequência a suspensão do certame. A Avianca Brasil está em recuperação judicial desde dezembro de 2018. Em nota, a companhia aérea informou que “está estudando as medidas cabíveis a serem tomadas.

A Azul Linhas Aéreas, a Gol e a Latam estão habilitadas para participar do leilão das sete unidades produtivas isoladas (UPIs) da aérea. Segundo o despacho do desembargador, a empresa de serviços aeroportuários é credora de valor superior a R$ 17 milhões. “A agravante narra ser credora quirografária e diz que o plano baseia-se na transferência de de slots [autorizações para pousos e decolagens], o que é vedado pela legislação”.

Da última vez que os arrendadores de aeronaves entraram com uma liminar contra a Avianca, a companhia conseguiu reverter a decisão em instância superior em Brasília.

Na última semana, a situação da companhia ficou inalterada. São seis aeronaves operando 38 voos diários nos aeroportos de Congonhas (São Paulo), Santos Dumont (Rio de Janeiro), Brasília e Salvador. A maioria das frequências é na ponte aérea entre São Paulo e Rio de Janeiro.

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

SeaWorld Parks atualiza informações sobre seus parques

O grupo SeaWorld Parks & Entertainment permanecerão fechados temporariamente, informa nota do grupo.DO PLANTÃO DT"Essa decisão faz parte do contínuo comprometimento com a segurança...

Sem ajuda do governo, falência e desemprego irão disparar no turismo, alertam representantes do setor

Linha de crédito flexibilizada e licença remunerada pelo governo são algumas das demandas do setor  Por ZAQUEU RODRIGUES (Jornalista colaborador do DIÁRIO)Uma carta aberta assinada pelas...

Enquanto a próxima viagem não vem, faça álbuns das que você já fez.

Montar álbuns das viagens feitas é uma boa opção para fazer na quarentena REDAÇÃO DO DTQuando viajamos fazemos centenas de fotos que muitas vezes ficam...

Turismo de Natureza depois disso tudo …

Sem dúvida que o momento fez o turismo estremecer e muita coisa vai mudar depois que isso tudo passar. Sou uma otimista incurável, talvez...

GRU Airport começa a medir temperatura de passageiros oriundos de voos internacionais

Iniciativa é mais uma medida em prol do combate e prevenção ao COVID-19 EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências A GRU Aiport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional...

Quando surge uma crise, a embalagem é uma das primeiras a ser convocada!

*Por Fábio Mestriner Crises e catástrofes naturais são frequentes no noticiário. Todos os dias somos bombardeados por notícias de enchentes, terremotos, deslizamentos, vendavais, tornados, incêndios...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias