TCU diz que Infraero não analisou contratos de aeroportos

O Tribunal de Contas da União (TCU) constatou que a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) não analisou adequadamente as contratações feitas por empresas que fazem parte das concessões dos aeroportos de Guarulhos (SP), Viracopos (SP), Galeão (RJ) e Brasília (DF).

Em um acórdão de 2014, o tribunal havia determinado que a Infraero criasse uma metodologia para verificar os contratos por partes relacionadas, ou seja, quando a empresa privada que faz parte da concessão contrata o próprio grupo para fazer obras e serviços.

Segundo o TCU, a Infraero, que tem participação de 49% nessas concessões, não implementou essa análise, apenas recebeu pareceres de consultorias contratadas pelas próprias empresas, que atestavam que os valores estavam dentro das condições de mercado, e a Infraero concordou com esses laudos sem analisá-los criticamente.

O TCU também constatou que a Infraero não exerceu seu poder de veto sobre as contratações feitas por empresas que fazem parte das concessões nesses aeroportos.

Segundo o relator da matéria, ministro Augusto Nardes, a Infraero não prestou as informações solicitadas pelo TCU de maneira adequada. Ele disse que é preciso fazer uma reflexão sobre a participação da Infraero nas concessões aeroportuárias.

Para Nardes, a análise do TCU expõe um cenário de gravidade extrema sobre a gestão dos recursos públicos federais aplicados no atual modelo de outorga de concessões aeroportuárias. “Foram colhidos indícios consistentes de prejuízos financeiros de elevada monta aos cofres da estatal”, afirmou o ministro.

O TCU determinou que a Infraero faça análises técnicas sobre a contratação de serviços e adequação e consistência dos pareceres emitidos pelas empresas de consultoria. Até que atenda as determinações do tribunal, a Infraero não poderá autorizar a contratação com partes relacionadas. (Agência Brasil)

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Efeitos da pandemia: o fim dos blocos comerciais e início de acordos bilaterais

Por Carlo Barbieri*O mercado globalizado como o conhecemos hoje, já está em plena mudança devido à pandemia. Teremos um realinhamento na estrutura comercial do...

Pedidos de recuperação judicial aumentam depois da Covid-19

O último levantamento da Boa Vista, divulgado no início deste mês, registra alta em maio de 68,6% no número de pedidos de recuperação judicial...

Fronteiras terrestres entre Espanha, Portugal e França abrem em 22 de junho

MADRI (Reuters) - A Ministra da Indústria e do Turismo espanhola, Reyes Maroto, disse nesta quinta-feira que todas as restrições a cruzamentos nas fronteiras...

Donald Trump ameaça barrar voos de empresas aéreas chinesas

O governo Donald Trump ameaçou ontem impedir as companhias aéreas chinesas de voar de e para os EUA a partir do próximo dia 16,...

Será só daqui a 500 anos? – artigo de Jorge Salim*

O verbo 'Ser' indica estado permanente. E saindo do momento presente, o verbo poderá ser o futuro do presente, 'será'. Pois então vamos seguir o...

Hotéis Xcaret tem agora Diana Pomar em sua representação no Brasil

Com previsão de reativar suas operações na segunda-feira (15 de junho) com a reabertura do Parque Xcaret e Hotel Xcaret México, o grupo Xcaret...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias