Três perguntas para Roberta Braga, Representante de Porto Rico no Brasil

Roberta Braga conversou com o DIÁRIO e falou um pouco das ações para 2017, a chegada de novos hotéis na ilha caribenha e o enfoque nos treinamentos

Redação do DIÁRIO

O Turismo foi a primeira indústria em Puerto Rico a sair da recessão econômica, segundo Companhia de Turismo de Puerto Rico (a CTPR), que recentemente apresentou dados coletados nos últimos quatro anos. É fácil entender o motivo do turismo ser uma das principais atividades econômicas. O número de visitantes que chegaram à ilha de avião cresceu de 7.9 milhões (2012) para 9.1 milhões (2016). Nesse período, 11 novas companhias aéreas passaram a operar no destino: Volaris, Avianca, Air Antilles, Iberia, Intercaribe, Allegiant Airlines, Norwegian Airlines, Air Europa, InselAir, Southwest e Pawa Dominicana.  Também houve expansão de rotas pelas empresas Sun Country, Spirit, United, Air Canada e Jet Blue e a chegada da primeira companhia aérea local, a Seaborne Airlines.

Quem está à frente do escritório da entidade no Brasil é a Roberta Ferraz Braga. Ela conversou com o DIÁRIO e falou um pouco das ações para 2017, a chegada de novos hotéis na ilha caribenha e o enfoque nos treinamentos em diversos segmentos turísticos como: compras, eventos, história entre outros.

Acompanhe:

DIÁRIO: Como está o envio de brasileiros para Porto Rico. O número em 2016 aumentou?

Roberta Ferraz Braga – Pelo cenário político e econômico do País, 2016 foi um ano marcado pela diminuição do fluxo de turistas no mundo. Para Puerto Rico – território norte-americano no Caribe – não foi diferente. Mas através de acordos firmados com companhias aéreas e operadoras, o destino continuou sendo escolhido para viagens de lazer dos brasileiros, que têm acesso facilitado por avião – via Miami, Cidade do Panamá ou Bogotá – ou ainda, em cruzeiro marítimo, uma vez que a maioria das companhias inclui Puerto Rico em seus roteiros como ponto de partida, chegada ou escala. No entanto, se observarmos os dados registrados pela Companhia de Turismo de Puerto Rico, nos últimos quatro anos, constataremos resultados bastante positivos. 

Foto aérea de San Juan, capital de Porto Rico (Foto: Arquivo DT)
Foto aérea de San Juan, capital de Porto Rico (Foto: Arquivo DT)

DIÁRIO: Qual a estratégia para 2017? Alguma novidade?

Roberta Ferraz Braga – Neste ano, aqui no Brasil, intensificamos nossa busca junto ao trade turístico de novas parcerias e promoções que possibilitem a retomada do crescimento. Na lista de novidades, Puerto Rico aumentará seu setor hoteleiro. O grupo britânico ESJ Collection deu início às obras do hotel ESJ Verde, de 107 habitações, com investimentos de US$ 46 milhões e previsão de abertura para 2018. Além desse, a marca Aloft anunciou seu primeiro hotel no Caribe, Marriot Starwood Aloft em Ponce, segunda maior cidade de Puerto Rico. Investimentos de US$ 13,5 milhões e 114 apartamentos.

Também foram inauguradas novas hospedarias como: Condado Palm, Hyatt Place Convention Center, Hyatt House Convention Center, Hyatt Place Bayamón,  Hyatt Place Manatí, AC by Marriott e Vanderbilt no Condado e Media Luna no Comerío, além da renovação do Hotel San Juan, na Isla Verde.

DIÁRIO: Porto Rico participará da WTM 2017? Fará algum treinamento específico com agentes e operadores?

Roberta Ferraz Braga – Sim, este será o terceiro ano consecutivo que participaremos, recebendo e atendendo em nosso estande, operadores, agentes de viagens e imprensa. Enfatizaremos a divulgação de Puerto Rico como destino único no Caribe, por sua diversificada oferta de atrativos: história (o principal bairro da capital, denominado Viejo San Juan, é amuralhado, tem mais de 500 anos e foi designado Patrimônio Histórico da Humanidade pela ONU); natureza/aventura (três baías bioluminescentes, com organismos microscópicos que brilham à noite, 20 reservas florestais, praias e cavernas); compras (artesanato, obras de arte, roupas, acessórios, joias e uma variedade imensa de produtos nas muitas lojas de rua, shoppings e outlets); gastronomia (considerada a Capital Gastronômica do Caribe); estrutura para eventos (Puerto Rico Convention Center, o maior e o mais avançado tecnologicamente, em todo o Caribe); esportes (mais de 20 campos de golfe e mais de 100 quadras de tênis), além de cassinos e atrativos diferenciados como o Observatório de Arecibo (o maior radiotelescópio do mundo, cuja dimensão equivale a 13 campos de futebol) e a destilaria do Rum Bacardi, fundada há mais de 100 anos.

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

A partir de quarta-feira (3), a Itália permitirá a liberdade de movimento em todo o país

ROMA (Reuters) - As mortes causadas pela epidemia de Covid-19 na Itália subiram em 55 nesta terça-feira, contra alta de 60 no dia anterior,...

Plataforma com ambiente de treinamento em hotéis é lançada

Ao vestir a camisa de quem está à frente da batalha de combate ao Covid-19 e em todo o processo de retomada das atividades...

Cancun recebe selo de segurança de viagem da WTTC

O objetivo é promover a reativação segura da atividade turística e recuperar a confiança dos viajantes, com medidas de higiene e saneamento.A OMT expressou...

Hotéis miram retomada e contratam empresas especializadas em biossegurança

Consultorias especializadas assessoram hotéis na elaboração e implementação de novos protocolos para preservar a segurança de colaboradores e clientes na retomada POR REDAÇÃO (Zaqueu Rodrigues...

Nobile Hotéis reabre unidades com protocolos de higiene e segurança intensificados

A Nobile Hotéis, comprometida com a segurança das pessoas na retomada de suas operações, divulgou aos empreendimentos de seu portfólio os protocolos de higiene...

Saiba mais sobre o visto para jornalistas nos Estados Unidos

Desde 1999, observa-se o Dia da Imprensa Nacional em 1º de junho, data em que começou a circular o jornal Correio Braziliense, em 1808....

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias