Turismo de Experiência Rural deve ser entendido como negócio

por Patrícia de Campos*


Turismo Rural no Brasil é um amplo mercado ainda a ser explorado. Países da Europa já trabalham com esse segmento há muitos anos, recebendo anualmente milhares de turistas que querem vivenciar a vida longe da vida urbana e, agora, países da América Latina já lançam destinos com sucesso.

Todos os anos um considerável número de brasileiros saem do nosso país para participar de vindimas, festivais de música country, conhecer o processo de fabricação de produtos rurais onde a natureza e a vida explodem sobre a superfície.

A concepção do negócio “Turismo Rural” surge no Brasil em 1986, na região de Lages, Santa Catarina, com a visitação aos espaços rurais, mas caminhou muito lentamente depois disso, passando a ser visto inclusive como uma atividade de complementação de renda do homem do campo, tanto que durante alguns anos era assunto da pasta do Ministério da Agricultura.

Nos anos 90 os destinos rurais ganharam foco junto aos sistemas educacionais onde alunos de escolas urbanas passaram a fazer visitas para conhecer animais e manejos que se tornaram totalmente distantes de suas realidades. Naquela década surgem os hotéis fazenda oferecendo grandes estruturas em uma tentativa meio glamourizada de se aproximar da vida original no campo.

Com o “boom” do empreendedorismo no Brasil, as áreas rurais passaram a ser também cenário de capacitações empreendedoras e com isso quase tudo que não está na área urbana passa a ser erroneamente entendido como Turismo Rural:  da dona Maria que faz bolachinhas de araruta à gigantesca plantação de soja; porém não é essa a leitura do “trade” do turismo, que tem buscado destinos de qualidade para oferecer ao seus clientes e principalmente para divulgar esse segmento tão rico e atrativo fora do país.

A falta de qualidade dos serviços e o não investimento em melhorias e em marketing fazem com que continuemos tendo poucas opções reais a oferecer destinos de qualidade.

Enquanto o Turismo Rural não for entendido como um negócio e não apenas como complementação de renda de produtores rurais, o Brasil continuará perdendo espaço junto ao mercado de turismo nacional e internacional.
.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Patrícia de Campos
Patrícia de Campos
*Patricia é formada em Comunicação Social (Rádio e TV) pela FAAP, com pós graduação em Marketing pela ESPM. Neta do imortal escritor parnasiano Humberto de Campos, Patrícia é diretora da Gentileza R.P., empresa de representação de hotéis e destinos diferenciados do Brasil.

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    Mais recentes

    GOL freta aeronaves e leva Palmeiras e Santos à final da Libertadores

    A GOL leva de São Paulo para o Rio de Janeiro os dois times finalistas da Copa Libertadores da América, o maior campeonato de...

    LATAM suspende voos para Lisboa atendendo governo Português

    A LATAM Airlines Brasil informa que, em função das determinações do Governo de Portugal relacionadas à pandemia de Covid-19, suspendeu temporariamente as operações da...

    Cooperativa Vinícola Garibaldi comemora 90 anos e lança vinhos como marco

    Dois rótulos, um de espumante e outro de vinho, marcam o especial aniversário da cooperativa EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências Dois produtos especiais, cujos lançamentos demarcam...

    GTA divulga programação de seus treinamentos nos próximos meses

    A GTA - Global Travel Assistance acaba de anunciar seu primeiro ciclo de capacitações online do ano, que serão promovidas até o início do mês...

    ABIH Nacional quer inclusão dos profissionais de turismo no grupo prioritário para vacinação contra o Covid 19

    O presidente da ABIH Nacional – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, Manoel Linhares, defende a inclusão dos profissionais do setor de turismo entre...

    Delta estende a isenção para viagens internacionais após a exigência dos EUA para teste de COVID-19

    A Delta acaba de informar que está estendendo sua isenção para oferecer mais flexibilidade aos clientes que refizerem a reserva de suas passagens internacionais,...

    Relacionadas

    Open chat