União Europeia restringe uso do Boeing 737 MAX após acidente na Etiópia; veja outros países

Com decisão de agência europeia, número de países que proíbem voos do 737 MAX 8 passa de 30. No domingo, aeronave da Ethiopian Airlines caiu seis minutos depois de decolar da capital etíope, Adis Abeba, matando 157 pessoas.

Agências

Mais de 30 países e diversas companhias aéreas adotaram, por precaução, restrições ao uso do Boeing 737 MAX 8 depois que esse modelo se envolveu em um segundo acidente em menos de cinco meses. No domingo (10), um avião da Ethiopian Airlines caiu seis minutos depois de decolar da capital etíope, Adis Abeba, em direção a Nairobi (Quênia), matando 157 a bordo.

No início desta tarde, a Agência de Segurança da Aviação da União Europeia suspendeu os voos com o Boeing 737 MAX 8 e com o 737 MAX 9 – outro modelo semelhante ao que se acidentou na Etiópia.

Para a agência federal de aviação dos Estados Unidos (FAA), “até o momento” não há relação” entre a queda do Boeing 737 Max 8 na Etiópia e o acidente com o avião do mesmo modelo da Lion Air, na Indonésia, em 29 de outubro de 2018. As causas do acidente ainda são investigadas.

Além da UE, outros países suspenderam a utilização do 737 MAX 8. Veja a lista:

  • Austrália;
  • China;
  • Coreia do Sul;
  • Emirados Árabes Unidos;
  • Índia;
  • Indonésia;
  • Malásia;
  • Mongólia;
  • Omã;
  • Turquia.
GOL
Diversas companhias aéreas, também suspenderam a operação, como a Gol, a única brasileira a possuir este modelo. Nesta terça-feira, a Norwegian Air e companhia Aerolíneas Argentinas anunciaram a suspensão temporária dos voos de seus cinco aviões desse modelo.

00:00/01:07

Mais países suspendem operações com avião que caiu na Etiópia

Mais países suspendem operações com avião que caiu na Etiópia

O Boeing 737 MAX 8 entrou em operação comercial no início de 2017. Segundo a Boeing, 350 aeronaves do modelo são operadas por cerca de 50 empresas no mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    Mais recentes

    Novos Embaixadores do Turismo do Rio de Janeiro são anunciados

    Foram anunciados na tarde desta sexta-feira (22) o nome dos 26 novos Embaixadores do Turismo do Rio de Janeiro. O evento vem ano a...

    Operadoras não vendem 50% do que venderam no mesmo mês de dezembro, em 2019

    Um balanço apresentado na tarde desta sexta-feira (22) pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo - Braztoa - aponta que o faturamento referente às...

    Turismo Sustentável começam a ser gerados na Grande Reserva Mata Atlântica

    Negócios de turismo sustentável e produção de natureza localizados nos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo serão impactados pelo primeiro Centro de...

    Pierfrancesco Vago nomeado Presidente Executivo Global da Cruise Lines International Association (CLIA)

    Uma nota da MSC Cruzeiros acaba de informar que seu presidente honorário Pierfrancesco Vago foi nomeado Presidente Executivo Global da Cruise Lines International Association...

    GOL e LATAM fazem juntas voos da colaboração e da solidariedade

    A GOL e a LATAM demonstram espírito de cooperação e solidariedade no momento da distribuição das vacinas contra a Covid-19. A GOL levou 500...

    Japão nega que as Olimpíadas sejam canceladas

    TÓQUIO (Reuters) - O Japão se manteve firme na sexta-feira em seu compromisso de sediar as Olimpíadas de Tóquio este ano e negou um...

    Relacionadas

    Open chat