Viagem em grupos ou passeios urbanos com seu pet, veja mais dicas

Uma outra importante dica para quem vai viajar com seu cachorro. Viajar em grupo de pessoas! Esta escolha depende do seu perfil, e do cão, e das preferências de vocês. Alguns (cães e pessoas) preferem a animação dos passeios em grupos, outros preferem o sossego de uma caminhada no silêncio.

Mesmo em locais bem sinalizados, fáceis e que não exigem um guia especializado, nunca entre para fazer uma trilha sozinho, sem companhia de outros humanos. Ainda que o percurso seja muito curto, que você ache que não existe risco, não faça isso. Você pode escorregar e cair, pode sentir-se mal, pode torcer um pé, enfim, mil coisas podem acontecer e não vai ser nada legal se você estiver sem um humano para te ajudar. Trilha sempre com guia especializado, ok?

Passeios em grupo são animados e podem ser uma ótima opção para cães (e pessoas rsrs) socializados e que gostem de estar com outros cães. Antes de participar de uma trilha ou viagem em grupo com seu cão certifique-se de que ele gosta de estar em contato com outros cães e pessoas desconhecidas, que não demonstra medo ou agressividade, e que sente-se confortável em grupos. Uma boa dica é começar visitando parques com espaços para cães, assim você observa o comportamento do seu cão e ele vai se acostumando aos poucos.

Participar de eventos e viagens especialmente planejados para grupos de cães têm muitas vantagens, as os roteiros já foram testadas e adaptadas, você conta com monitores de apoio especializados em comportamento animal, recebe toda orientação e apoio necessário antes e durante o passeio e ainda faz novos amigos! Não é demais?

Cães e gatos são aceitos por alguns hoteis (créditos: divulgação)

ROTEIROS URBANOS

Quem prefere roteiros urbanos também pode curtir a viagem junto do animal de estimação, mas é preciso avaliar se os locais visitados são adequados aos peludos. Atrativos turísticos como museus e igrejas não permitem entrada de animais, caso queria visitá-los será preciso planejar onde o animal ficará neste período.

Serviços de day care, hotel ou pet sitters podem ser bons aliados para sua viagem, para os momentos em que não é possível ter a companhia do seu pet. Evite deixá-lo muito tempo sozinho em ambientes desconhecidos, ele pode se sentir inseguro e com medo.

Muitos bares e restaurantes, especialmente em cidades turísticas, já aceitam pets. Neste caso avalie se o seu animal ficará confortável e se comportará nestes ambientes, para não causar desconforto a ele e aos demais clientes do lugar.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial