Vinícius Lummertz e Toni Sando falam sobre o Expo Forum Visit SP

O primeiro evento presencial do Turismo de São Paulo aconteceu nesta quarta-feira (4) nos auditórios do Sheraton WTC São Paulo.

REDAÇÃO DO DIÁRIO


O evento híbrido incluiu palestras, tendências, oportunidades, tecnologia, e propôs o reinício das atividades turísticas e de entretenimento do setor tanto na cidade de São Paulo, como nas cidades do interior e regiões.

O Expo Forum Visit SP é realizado pelo São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPCVB), entidade sem fins lucrativos, e conta com o apoio da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) e da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo.

Agenda positiva

O DIÁRIO ouviu o Secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Vinícius Lummertz: “Para nós o Expo Fórum Visit SP é a própria retomada. As pessoas que estão aqui, que cuidam do turismo da área pública, são as que vão cuidar das transformações, acreditam na retomada pela flexibilização do Plano SP e pela busca da vacina e sua universalização no Brasil como um todo pelo Instituto Butatan – criando uma agenda positiva. E ela já está acontecendo”, afirmou Lummertz ao DIÁRIO.

As pessoas vão viajar cada vez mais em São Paulo e trouxemos aqui os pacotes dos destinos do estado, de forma sobretudo online, as ONGs etc. todos trabalhamos juntos.

Vinícius Lummertz, secretário de Turismo de São Paulo (Crédito: arqruivo DT)

Retomada lenta, mas segura

Questionado sobre os exemplos oriundos da Europa, que passou a registrar um aumento no número de novos casos diários de Covid-19, Lummertz se diz que vê com preocupação nas também com motivação.

“Estamos vendo tudo de forma técnica e científica, mas isso também nos motiva para fazemos um turismo mais responsável, com todos os protocolos do governo estadual casados com o das prefeituras. Queremos ter uma retomada, mesmo que lenta, seja segura. E que ela (a retomada) transite com uma vacina para criar um turismo não como no passado, mas um turismo com programas de crédito, com programa de mudanças legislativas, fazer turismo como gente grande. O que já começamos a fazer em São Paulo”, disse o secretário ao DT.

Mas ponderou. “É preciso apenas lutar contra o tempo, com as realidades as agendas, com as expectativas de investimentos, infraestrutura, casados com campanhas publicitárias, desburocratização; um projeto para colocar são Paulo no centro do turismo nacional.

Cautela e Responsabilidade

O DIÁRIO perguntou a Toni Sando, presidente executivo do SPCVB, como ele vê a retomada dentro desse contexto ainda de pandemia. Ponderado, o executivo lembrou que o turismo vai voltar gradativamente com muita responsabilidade. “Não podemos nos empolgar demais, temos que ter noção de como se deve fazer. Esse evento é um exemplo disso”, disse Sando. Ao descrever os cuidados e os protocolos tomados para a realização do Expo Forum, Toni acrescentou que agora o grande desafio é romper o medo que ainda existe no âmbito das empresas e organizações. “Estamos retomando, mas nos resta o desafio de romper o medo das empresas para que elas liberem seus executivos para viagens e eventos presenciais. Mas, obviamente com muita cautela e com muita responsabilidade”, afirmou.

O evento, que durou o dia todo, foi palco para o debate de tendências, política pública para o turismo, tecnologia, oportunidades, empreendedorismo e inspiração, com duas plenárias exclusivas para conteúdos aos profissionais do setor, empresários e executivos.  Nesses palcos, passaram Helena Trajano, Chieko Aoki, Rachel Maia, Sônia Hess de Souza, Oscar Motomura, Maurício de Souza, Domenico de Masi, além de secretários de Estado e Deputados Federais e Estaduais.

Parceiros

O evento ainda recebe apoio de associações e entidades setoriais, como ABAV, ABIH-SP, ADVB SP, Skal SP, Academia Brasileira de Turismo e Eventos, Braztoa, Movimento Supera Turismo, UNEDESTINOS. São parceiros Sebrae, Decolar, CVC, Gestour, Viva Enjoy, Airbnb, R1 Soluções Audiovisuais, Sheraton WTC, Tes Cenografia, 42 Labs e Focaccia, Amaral e Lamonica Advogados.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    Mais recentes

    Accor: com novos perfis de cliente rede anuncia a marca WOJO no Brasil

    A Accor acaba de anunciar a chegada da sua marca global de coworking no Brasil. Batizada de WOJO (lê-se uodjô) e com o conceito...

    IATA quer que certificado de vacinação digital europeu seja unificado

    Genebra (com tradução e edição do DT) - A International Air Transport Association (IATA) convocou todos os representantes da União Europeia a apoiar uma...

    Escritório da França no Brasil atualiza situação do país no combate ao coronavírus

    Ao levar em conta a circulação ainda ativa da Covid-19 na França, o Primeiro Ministro Jean Castex confirmou que todas as atividades suspensas e...

    Década da Ciência Oceânica: DIÁRIO participa e divulga iniciativas sustentáveis

    Neste ano de 2021 tem início a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável instituído pela Assembleia Geral das Nações Unidas a fim...

    Bahia: Quatro destinos incríveis para visitar

    Dona da maior extensão litorânea do Brasil, a Bahia tem praias paradisíacas, para todos os gostos e orçamentos de viagem. Mas o interior do...

    Como o vinho rosé é produzido? – por Werner Schumacher*

    Basicamente, o vinho branco é produzido a partir de uvas brancas e o tinto a partir daquelas tintas. Teoricamente, o vinho rosé deveria ser...

    Relacionadas

    Open chat