Accor incentiva consumo consciente para o Natal com campanha online

Presentear alguém que você ama e ao mesmo tempo contribuir para um Planeta Sustentável com valores a partir de R$ 14. Essa é a missão da Accor com a campanha Give a Tree, cujo objetivo é incentivar pessoas no Brasil e no mundo ao consumo consciente como opção para o Natal. A ação faz parte do programa global de agroflorestamento da Accor – Plant for the Planet – que por meio de uma plataforma online, permite que os interessados comprem árvores como opção de presentes para as Festas de Final de Ano.

EDIÇÃO DO DIÁRIO

“Desenvolvida em parceria com o Pur Project, o valor arrecadado na campanha Give a Tree vai financiar o plantio de mudas de árvores na Serra da Canastra (Brasil) e Amazônia Peruana”, explica Antonietta Varlese, vice-presidente de Comunicação, Relações Institucionais e Responsabilidade Social Accor América do Sul. “Os preços são acessíveis, a partir de R$ 14”, completa.

Para participar é fácil, o interessado precisa acessar a plataforma https://accor.purprojet.shop/en/home, escolher qual projeto de reflorestamento ele quer apoiar, personalizar seu pedido com uma mensagem para quem ele deseja presentear e efetuar o pagamento. Dependendo do projeto escolhido, os valores vão de R$ 14 a R$ 46, localizados em seis países (Brasil, Peru, Senegal, França, Romênia e Indonésia).

Após efetuar a compra, o cliente receberá por e-mail o certificado de plantio e cartão-presente relacionados à sua compra. E mais: com a criação de uma conta na seção “Milha Floresta”, o comprador ou presenteado podem acompanhar o progresso do projeto, com fotos e vídeos e outras informações sobre o plantio.

O Plant for the Planet é um programa que incentiva o hóspede a ter hábito de consumo consciente em relação às toalhas de banho, cuja economia dos recursos financeiros com lavagem é destinada para um projeto agroflorestal, além da redução de consumo de energia e água. No Brasil, a ONG Nordesta é, desde 2009, a responsável pelo plantio em todos os países do continente, exceto Peru. No Brasil, o projeto é realizado na Serra da Canastra (MG), onde já foram plantadas mais de 585 mil árvores de mais de 100 espécies nativas, reflorestando mais 295 hectares (o equivalente a 394 campos de futebol) nas bacias do rio São Francisco, Araguarí e Rio Grande. Só no ano passado, foram plantadas 18.480 mudas, equivalentes a 13.16 hectares.

No Peru, o projeto é realizado desde 2013 no Alto de Hayabamba, que é a Amazônia peruana, em parceria com a ACOPAGRO (Cooperativa membro da FUNDAVI – Fundação Amazonia Viva). No local, até o momento foram plantadas mais de 31 mil árvores em uma área de 31 hectares (equivalente a 42 campos de futebol).

Avatar
Redaçãohttps://www.diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Infraero assumirá gestão do aeroporto do Guarujá

A Infraero vai assumir a gestão do Aeroporto Civil Metropolitano do Guarujá (SP), localizado na Baixada Santista. Pelos próximos 12 meses, a empresa será...

“Ciclo sustentável conecta horta, reflorestamento, tecnologia e consciência ambiental”, afirma Accor

Rede hoteleira projeta zerar a pegada de carbono nos próximos 15 anos  Texto Zaqueu Rodrigues - com reportagem de Paulo Atzingen  ------------------------------- A consolidação de uma...

“Ensaio sobre a lágrima” – por Tom Coelho

“Chora, Tistu, chora. É preciso. As pessoas grandes não querem chorar, e fazem mal, porque as lágrimas gelam dentro delas, e o coração fica duro.” (Maurice Druon,...

10 pequenas cidades europeias para se apaixonar

Uma lista com cidades europeias, que de tão pequenas e charmosas farão você se apaixonar rapidamente.EDIÇÃO DO DIARIO com agênciasCidades pequenas e vilarejos fazem...

Cavalgada ao vulcão Terevaca, topo da ilha de Páscoa

"Por toda parte sopra o vento dos céus; ao redor e acima de tudo, situam-se os mares e os horizontes ilimitados, o espaço infinito...

O que os hoteleiros falam sobre as OTA’s que não querem negociar

Em um momento como esse que o país atravessa, um  número cada vez maior de pequenos e médios hotéis, pousadas e até grandes hotéis...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias