Belém e Fort Lauderdale agora têm voo da Azul

Acordo entre a companhia aérea e o governo do Estado do Pará desonera o ICMS de 7% para 3%  sobre o combustível de aviação

REDAÇÃO, EDIÇÃO com agências

A Azul inaugurou na tarde deste domingo (10) o primeiro voo da nova rota Belém-Fort Lauderdale (Flórida, EUA. Antes do voo inaugural, um termo de cooperação foi assinado, firmando o acordo entre a companhia aérea e o governo do Estado do Pará que desonera o ICMS de 7% para 3%  sobre o combustível de aviação. Em contrapartida, conforme negociação com a Secretaria de Estado de Turismo (Setur), as companhias aéreas se comprometeram em colocar e manter voos internacionais no Pará, ampliando esta malha aérea gradualmente.

A nova linha se somará aos outros quatro voos diretos internacionais já ofertados partindo da capital paraense: Belém-Lisboa (Portugal), realizado pela TAP; Belém-Miami (EUA), feito pela Latam; Belém-Caiena (Guiana Francesa), operado também pela Azul; e ainda Belém-Paramaribo (Suriname), realizado pela GOL. Desta forma, a malha aérea internacional ofertada ao paraense e aos mercados emissores de turistas com interesse de conhecer o estado abrange, através das conexões aéreas existentes com estas linhas, boa parte da América do Norte, Central e Caribe, Europa e Ásia.

Hoje, a Azul liga Belém a outras cinco cidades brasileiras. De acordo com o diretor de Alienças e Distribuição da Azul, Marcelo Bento, a expectativa da Azul é abastecer a linha para Fort Lauderdale com 35 voos nacionais e fazer de Belém o hub aéreo da companhia na região Norte. Além da rota Belém-Fort Lauderdale, a companhia passa a operar também no âmbito nacional os voos Belém-Cuiabá e o Belém-Fortaleza, assim como aumentará o número de voos diários para Recife (PE), São Luiz (MA) e Santarém, ampliando a malha aérea da companhia em quase 28% no Pará.

Acessibilidade

Segundo o secretário de Estado do Pará, Adenauer Góes, “seguramente o voo vai ajudar em muito no processo de acessibilidade”, servindo como uma via de mão dupla entre paraenses e norte-americanos, e também àqueles que utilizem as conexões existentes entre o Pará e a Flórida. “Temos aqui no Pará o maior fluxo de passageiros tanto domésticos quanto internacional na região Norte. O nosso sonho aqui é que a Azul faça de Belém seu hub aéreo na região”, comentou.

Voo e aeronave

A aeronave que vai operar a rota Belém-Fort Lauderdale será uma A320neo, o mais novo modelo construído pela fabricante francesa Airbus para voos desse porte, que terá duração aproximada de 6h. O voo terá quatro frequências semanais: segundas, quartas, sextas-feiras e domingos, com saídas de Belém às 13h15 e chegada em Fort Lauderdale às 17h30 (horário do local). A volta se dará nos mesmos dias da semana com saídas da cidade norte-americana às 20h15 e chegada na capital paraense às 04h10.

Paulo Atzingen
Paulo Atzingenhttps://www.diariodoturismo.com.br
Paulo Atzingen é paulista e jornalista profissional (DRT-185 PA) desde o ano 2000; cursou Letras e Artes e Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), É poeta, contista e cronista. Estuda gaita (harmônica).

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


Mais recentes

Prefeitura de Salvador dá 40% de desconto do IPTU para hotéis até 2023

Diante da crise provocada pela pandemia, o prefeito de Salvador, ACM Neto, anunciou, nesta quinta-feira (6), medidas tributárias e fiscais de incentivo à economia,...

ABEOC faz nota de repúdio e exige de governos data de retorno dos eventos

A presidente da Associação Brasileira de Empresas de Eventos - ABEOC - Fátima Thereza Facuri Leirinha, acaba de divulgar uma nota de repúdio à...

Hplus Hotelaria anuncia retomada de suas atividades em Brasília

A Hplus Hotelaria já obteve o selo de Turismo Responsável e  posiciona-se como referência em hospedagem segura e confiável em meio à pandemia EDIÇÃO DO...

Campanha tenta impedir fechamento do restaurante Itamarati, no centro de São Paulo

Desde 1940, advogados, juízes, políticos e diversas autoridades apreciam o bolinho de bacalhau e a empada do Itamarati, restaurante em frente à Faculdade de...

Webinar denuncia: “golfinhos criados em cativeiro vivem menos”

O biólogo e professor do Instituto de Biociências da Unesp, Mario Rollo apresentou na noite desta quarta-feira (5) o Webinar: “Atrações com golfinhos e a...

Embraer tem prejuízo de R$ 1,68 bilhão no segundo trimestre

A fabricante de aeronaves Embraer encerrou o segundo trimestre com prejuízo líquido atribuído aos sócios da controladora de R$ 1,68 bilhão, comparável a lucro...

Relacionadas

Fique ligado - Receba nossas notícias diárias

Open chat