Brasil se torna o país com o maior juro real do mundo

A taxa básica da economia teve sua sexta alta consecutiva no dia 27 de outubro; com 5,96% de juro real, o país passou a Rússia

Edição DIÁRIO com agências

Após a alta na Selic, anunciada pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, o Brasil passa a liderar, com 5,96%, a lista de países com os maiores juros reais do mundo (juros nominais menos a inflação projetada para os próximos 12 meses).

A taxa básica da economia teve sua sexta alta consecutiva em 27 de outubro, a 7,75% ao ano. A Rússia, que ocupava o primeiro lugar no ranking feito pela Infinity Asset Management, perde sua liderança para o Brasil.

Conforme publicado pela CNN, as últimas três altas da Selic anunciadas pelo Banco Central foram de 1 ponto percentual cada.

A última vez que a Selic passou por um aperto monetário nesse nível foi em 2002, quando a taxa saiu de 18% para 21% em meio à crise conhecida como “Efeito Lula”. Em dezembro daquele mesmo ano, a taxa que estava em 22% foi para 25%.

Clique aqui e conheça os maiores e menores juros reais do planeta

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT