Centenário da Cripta da Catedral de São Paulo atrai turistas urbanos

O violonista Alessandro Penezzi abriu no último sábado (6) a série “Concertos 100 anos da Cripta da Catedral da Sé”. 

REDAÇÃO DO DIÁRIO

A apresentação levou quase uma centena de pessoas à Cripta da Catedral (a lotação máxima é 80 pessoas) e esses privilegiados puderam ouvir  composições de grandes compositores brasileiros como Aníbal Augusto Sardinha (Garoto), Noel Rosa e Vadico, Paulinho Nogueira, Antonio Rago, entre outros, interpretados por Penezzi, que também apresentou seu repertório.

A “Série Concertos 100 Anos da Cripta da Catedral da Sé” traz 30 apresentações reunindo grandes nomes e revelações da música instrumental e do canto coral brasileiros. 

Os eventos serão todos gratuitos, com concertos na própria cripta e em outros locais de acesso restrito da catedral (como os salões do piano e do coro).

A partir da história da Cripta, serão destacados repertórios que relacionarão diversos momentos históricos da cidade de São Paulo a partir da Praça da Sé e de sua Catedral.

Os concertos acontecem aos sábados, às 16 horas, e serão todos gratuitos (com entre 80 e 120 lugares cada, a depender do local onde serão realizados).  Todos terão em média uma hora de duração, com transmissão ao vivo pela internet. A programação irá de Julho de 2019 a Março de 2020. A programação da série, conteúdos exclusivos e a íntegra dos concertos já realizados poderão ser acessadas nas redes do projeto:  instagram/concertoscripta,facebook/concertoscripta.

Série de concertos dá acesso inédito e gratuito a espaços pouco conhecidos da Catedral da Sé. (créditos: divulgação)

Mais informações: Concertos 100 anos da Cripta da Catedral da Sé”. 

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial