CVC Corp amplia portfólio internacional com rede Best Western Hotels & Resorts

0
113
A Best Western Hotels & Resorts, uma das principais redes hoteleiras internacionais (Crédito: Best Western)

A CVC Corp, maior grupo de viagens da América Latina, aproveita o período da quarentena para investir na ampliação do seu portfólio de produtos internacionais e antecipar as negociações exclusivas para embarques até o final de 2021.

EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências


A empresa acaba de informar algumas novidades. A principal são os acordos exclusivos junto à Best Western Hotels & Resorts, uma das principais redes hoteleiras internacionais. Com a negociação, a partir de setembro, as marcas que compõem o grupo CVC Corp passarão a oferecer novas opções de hospedagem na Ásia, África e Oceania, em países como Tailândia, África do Sul, Austrália, Nova Zelândia, China, Índia e Japão. “Nossa parceria com a Best Western nos possibilita acordos exclusivos em cidades estratégicas pelo mundo todo, como Nova Iorque, Santiago, Buenos Aires, Roma, Paris, Londres, etc. Agora se torna ainda maior, com as novidades nesses outros destinos, que nos levam a uma ampliação de 30% do nosso portfólio para essas localidades”, comenta Mariana Azevedo, gerente de Produto Internacional da CVC Corp.

We Care Clean

Com os “novos tempos” provocados pela pandemia global, a rede Best Western Hotels & Resorts foi uma das primeiras a implantar um alto nível de limpeza em suas instalações com o lançamento do programa “We Care Clean”, que garante um nível ainda mais alto de higienização e melhores práticas operacionais em suas propriedades.

“Na CVC Corp, nossa prioridade é por fornecedores que tenham esse comprometimento com protocolos de segurança, que devem permanecer como prática constante nos próximos anos”, afirma Alexandre Vanzella, diretor de Produto Internacional da CVC Corp. E completa: “Ainda que a recuperação seja gradativa, temos percebido que os brasileiros continuam com o desejo de viajar, de apreciar experiências ao ar livre e de buscar novos momentos de lazer. Temos certeza de que a pandemia vai passar em algum momento e o desejo de viajar continuará latente”, finaliza Vanzella.

 

Publicidade