Dicas para viajar com pet no verão

Verão! Estação gostosa, de alegria e muita diversão. É aquela época que temos muita vontade de sair de casa e curtir a vida lá fora, não é mesmo? Para as mamães e papais de pets os cuidados precisam ser reforçados no verão.

Por Sharlene Irente*


No Brasil não é raro termos temperaturas acima dos 30 graus, o que pode ser bastante perigoso para os nossos peludos. Vem conferir algumas dicas importantes para viajar com seu pet na estação mais quente do ano.

Viajando de carro com o pet

Para viajar com seu pet o carro deve estar sempre fresco, use e abuse do ar-condicionado, e se possível ligue-o alguns minutos antes do seu pet entrar e espere ficar em uma temperatura agradável.
Jamais deixe seu peludo sozinho dentro do carro, nem mesmo por alguns minutos, nem mesmo na sombra ou a noite. Nem mesmo com os vidros abertos, nem mesmo “rapidinho”, porque o carro vira um forno e pode matar o seu pet!

Reforce a hidratação

Matilda reforçando a hidratação (foto Vanessa Sallesaro)

A hidratação é importante o ano todo, e no verão é ainda mais! Os pets devem ter sempre água limpa e fresca a disposição. Uma dica é deixar vários potes com água fresquinha espalhados pelo ambiente, algumas pedrinhas de gelo são bem vindas.
Durante os passeios leve sempre água e ofereça várias vezes ao animal, aproveite essa água para molhar as patinhas, ajuda a refrescar.

Cuidado com as patinhas

Infelizmente é muito comum nesta época os pets que machucam as patinhas no chão quente. Os coxins (almofadinhas fofas das patinhas) são bastante sensíveis e se queimam com facilidade, portanto verifique sempre a temperatura do chão antes do seu peludo pisar. Uma dica: coloque a parte de cima da sua mão (onde a pele é mais fina e delicada) no chão e conte até 10 devagar, se estiver quente pra você estará quente para patinha do seu peludo, por isso evite caminhar com ele neste período.
Trilha com as patinhas na água são uma delícia!

Prefira os horários mais frescos para passear com os pets

Passeios com os pets devem acontecer apenas em horários em que a temperatura está mais amena, como de manhã bem cedo e de noite, evite sair com o pet entre 10h e 17h, mesmo que para você o calor esteja delicioso, para ele pode ser perigoso.

Passeio com os pets apenas em horários mais frescos do dia (foto Vanessa Sallesaro)

Os pets têm pouquíssimas glândulas sudoríparas, e mais dificuldade de se refrescar do que nós. No calor não permita que seu pet faça exercícios exagerados, eles não percebem o próprio limite e podem ir além do que aguentam. Fique atento e se perceber que aquela busca louca pela bolinha está passando do limite, melhor parar, descansar e recomeçar depois.

Cuidados importantes para viajar com os pets

No verão os parasitas, como pulgas e carrapatos, e também os mosquitos, são ainda mais comuns, pois a umidade e o calor tornam o ambiente perfeito para a reprodução deles. Antes de viajar com seu pet não se esqueça de proteger contra pulgas, carrapatos e mosquitos.
Existem diversas formas de proteger o seu peludo, busque sempre as que oferecem proteção também contra mosquitos, pois os mosquitos podem transmitir doenças como o verme do coração e a leishmaniose. Antes de viajar converse com seu veterinário para encontrar a melhor solução para seu pet.

Atenção: Hipertermia pode matar seu pet!

Hipertermia, como o próprio nome já diz, é o aumento da temperatura corporal. Esse aumento da temperatura corporal é como se fosse um “hiperaquecimento”, que vai comprometendo o funcionamento dos órgãos, causando enorme desconforto e mal estar, e em casos graves pode causar a morte do animal. Infelizmente casos de morte por hipertermia são bastante comuns, especialmente em cães braquicefálicos (aqueles de focinho achatado), idosos e com outras comorbidades.

A exposição ao sol e atividades físicas excessivas são principais causas da hipertermia, porém outros fatores também podem causar esta condição, como o estresse (medo ou agitação por exemplo), banhos com água quente, secadores, ambientes abafados, etc.

Muito cuidado ao viajar com os pets para praia, você pode até gostar de ficar torrando no sol, empanado feito um croquete, mas certamente isso não é uma boa ideia para seu peludo. Eles são baixinhos e ficam mais próximos do chão, com isso recebem calor de cima e de baixo também, não deixe ele o dia todo na praia, mesmo se estiver um ventinho, ok?

Se for fazer trilhas em dias quentes procure por caminhos com muita sombra, locais com água para que os cães se refresquem e fique sempre atento para evitar que se cansem muito, afinal eles não têm limites, não é mesmo? Evitem trilhas com cães braquicefálicos nesta época do ano, pois são mais sensíveis ao calor.

Alguns sintomas de hipertermia em pets, para ficar sempre de olho:

. salivação excessiva, grossa ou com aparência de espuma
. língua azulada
. mucosas muito vermelhas
. tontura, andar cambaleante ou desorientação
. diarreia
. vômitos
. respiração difícil e excessivamente ofegante
. desmaio ou fraqueza
. tremedeira e convulsões

Se perceber algum desses sintomas, mova o animal imediatamente para um lugar mais fresco e refresque-o com água fria (nunca gelada!), molhando especialmente a barriga, virilha, peito e patinhas. Envolvê-lo em uma toalha molhada também é uma boa ideia. Ofereça água (mas nunca o force a tomar), e leve-o imediatamente para cuidados veterinários.
Algumas raças são mais suscetíveis a hipertermia, como os pugs e os buldogues por exemplo, mas todos os cães podem ter, então todo cuidado é pouco, ok?

Bora pra água!

Nadar e se refrescar! Seja no lago, piscina, na chuva ou até mesmo no banho de mangueira, tudo tá valendo!
Alguns cães amam nadar (como os goldens que devem ser parentes de golfinho) outros nem tanto, alguns têm medo, ou simplesmente não gostam de entrar na água, como a minha Cacau, que sempre foge pra longe da água kkkkk.

Bob se refrescando e brincando de bolinha dentro da água (foto Vanessa Sallesaro)

Respeite sempre a vontade dele e jamais o force. Nunca, nunca mesmo, o jogue na água ou o obrigue, pois, além de ser maldade, isso pode causar traumas, acidentes, e certamente irá enfraquecer a confiança que ele tem em você.

Se seu peludo curte entrar na água, use e abuse, nadar é um excelente exercício para nós, assim como, para os pets. Nadar faz muito bem a saúde, trabalha o corpo todo, fortalece músculos e articulações, e ainda ajuda a manter o peso em dia. Por isso aproveite e nade com ele!

Confira alguns hotéis e pousadas com piscinas para os pets.

Mas lembre-se nem todos os cães sabem nadar, isso é um mito. E mesmo os que sabem nadar podem se afogar, portanto, nunca (nunca, nunca, nunca!!!) o deixe na água, ou com acesso a piscina e similares, sem supervisão!

Cuidado com as chuvas de verão 

Passeios com rio, lagos e cachoeiras são ótimas pedidas, mas é preciso muito cuidado. Portanto, vá sempre acompanhado de um guia local e experiente, no verão há risco de trombas d´água em diversas regiões do país, e isso é muito sério e pode ser fatal. Todo cuidado é pouco.

Rios e cachoeiras são uma delícia, mas é preciso cuidado (foto Sharlene Irente)

A Cãomigo organiza trilhas adequadas a cada período do ano, aventuras em grupo e com acompanhamento de profissionais é sempre uma boa pedida.

As fortes chuvas, comuns no verão, também podem causar deslizamentos e enchentes, portanto evite áreas de risco, informe-se bem sobre a região que vai visitar, procure por profissionais capacitados.

Muitos animais têm medo de chuvas e tempestades, como a minha filha Bellinha, que se treme toda quando começa a chover. Evite deixar seu pet sozinho em locais que ele não esteja acostumado, ou que tenha alguma rota de fuga, com o medo eles podem tentar fugir e se perder. Sempre abrace e acolha seu pet nos momentos de medo, assim ele vai se sentir mais seguro ao seu lado.

Agora é só seguir as dicas e curtir o verão com seu peludo, afinal juntos é sempre mais gostoso!

1 COMENTÁRIO

Comentários estão fechados.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE

TENHA ACESSO À CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

+ 300 MATÉRIAS COM CONTEÚDO DIRECIONADO

RECEBA AS ATUALIZAÇÕES EM 1ª MÃO

Tenha acesso ILIMITADO ao conteúdo EXCLUSIVO de turismo.

Conteúdo exclusivo

Recentes

Mais do DT

Atendimento Comercial