“É espetacular”: González Iñárritu falou sobre como foi filmar em Ushuaia

Edição do DT via agência

O diretor do filme “The Revenant”, Alejandro González Iñárritu, qualificou Ushuaia como “espetacular”, onde encontrou as paisagens para rodar as cenas finais do filme, protagonizado por Leonardo DiCaprio. “Não pensávamos que ia deixar de nevar em Calgary (no Canadá, onde foi gravada a maior parte do filme), quando isso ocorreu, tivemos que parar a filmagem durante três meses e procurar uma locação similar”, explica Iñárritu.

“Milagrosamente, a encontramos no polo oposto, em Ushuaia, que creio que é espetacular, porque não apenas havia neve mas também a paisagem tinha os elementos necessários para o contexto das cenas do desenlace final”, qualificou. “Além disso, filmar na Argentina teve outras vantagens. Foi um alívio para mim, poder falar com a equipe em espanhol e nem se fale da possibilidade de comer bife con chimichurri, algo extraordinário”, destacou o diretor.

O filme com 12 nominações ao Oscar, gravou em junho do ano passado as suas últimas cenas às margens do Rio Olivia (foto: divulgação)
O filme com 12 nominações ao Oscar, gravou em junho do ano passado as suas últimas cenas às margens do Rio Olivia (foto: divulgação)

 

- Advertisement -

Jornalistas visitaram Ushuaia

Um dia antes da estréia nacional na Argentina, jornalistas da Televisão Francesa TF1 e da revista “Domingo” do diario chileno El Mercurio, visitaram Ushuaia a fim de conhecer os lugares onde foi filmado o filme “The Revenant”, protagonizada por Leonardo Di Caprio e dirigida por Alejandro González Iñárritu.

O filme com 12 nominações ao Oscar, gravou em junho do ano passado as suas últimas cenas às margens do Rio Olivia, rodeados de montanhas e bosques autóctones nevados, num cenário natural em Ushuaia. O local foi escolhido para esta produção principalmente por ter alta probabilidade de neve nas locações previstas, já que conta com a temporada invernal mais extensa e com a melhor qualidade de neve de toda a América Latina.

Com mais este filme, abre-se uma excelente oportunidade para a Terra do Fogo como destino de grandes produções cinematográficas, pois o Fim do Mundo, a Cidade mais Meridional do planeta – Ushuaia, reúne em um pequeno espaço geográfico, cenários de montanas nevadas, geleiras, bosques, lagos, vales, rios, cascatas e costa marinha, sendo o único lugar da Argentina com estas características juntas.

Ana Callejas jornalista do diario El Mercurio, comentou que “viajamos para conhecer o lugar de filmagem das cenas finais de “The Revenant”, e contrastá-lo com as imagens do filme”, também destacou que “o clima na Terra do Fogo leva você a ambientes muito diferentes dos que se vive no resto do mundo. Creio que as pessoas estão procurando mais destinos como este, que reúne luxo com uma natureza selvagem em um lugar extremo”.

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redaçãohttps://diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias para a sua viagem!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    Mostra de Cinema de Gostoso tem apoio do governo do RN

    Entre os dias 26 e 30 de novembro, a praia do Maceió se transformará em uma sala de cinema à beira mar com exibição...

    Copa Airlines celebra 15 anos de operações no Rio de Janeiro

    A companhia opera no Rio de Janeiro com dois voos diários conectando a cidade com 65 destinos, em 28 países da América do Sul...

    Abeta Summit 2021 debate o ecoturismo e turismo de aventura no Brasil

    Promovido pela Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (Abeta), evento acontece até este sábado Por Redação Sob o tema (Re)Construindo um Turismo...

    Roda-gigante de Faz do Iguaçu (PR) será inaugurada em dezembro

    Foz do Iguaçu foi escolhida por atrair brasileiros e estrangeiros e por ser um destino que alia belezas naturais com uma ótima estrutura de...

    Seridó (RN) pode se tornar segundo geoparque do país reconhecido pela UNESCO

    O Geoparque Seridó compreende seis municípios do Rio Grande do Norte: Acari, Carnaúba dos Dantas, Cerro Corá, Currais Novos, Lagoa Nova e Parelhas Edição DIÁRIO...

    Aparecida quer se posicionar como destino de férias

    Para mostrar a cidade além do turismo religioso, cidade investe em press trip com jornalista Por Amadeu Castanho Interessadas em estimular o perfil do turismo local,...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing