Editora Sesc-SP lança “Turismo Legitimado: Espetáculos e Invisibilidades”

Fruto de tese de doutorado do pesquisador Helio Hintze, a obra faz uma crítica contundente à atividade turística como mecanismo de produção de subjetividade do capitalismo, convida a refletir sobre a adoção de posturas baseadas na busca pela solidariedade e pela sustentabilidade e inclui capítulo que analisa o turismo frente à pandemia de Covid-19
EDIÇÃO DO DIÁRIO com agências

Com lançamento previsto para 27 de abril no SESC Ideias, organizado pelo Centro de Pesquisa e Formação (CPF), o livro “Turismo Legitimado: Espetáculos e Invisibilidades”, do pesquisador Helio Hintze e publicado pelas Edições SESC-SP, é um convite à reflexão crítica sobre a indústria do turismo inserida na ótica do capitalismo. Fruto de sua tese de doutorado, defendida na USP, que consumiu quatro anos de estudos e intensa pesquisa, a obra coloca em relevo e questiona os discursos legitimadores do turismo contemporâneo firmados sob as perspectivas da comodificação e do clichê turístico, por meio de expedientes de persuasão no uso dos discursos.

 “Tudo o que o turismo-capital toca torna-se atrativo-mercadoria. Até mesmo os turistas, que são estimulados a acreditar que são consumidores de um outro tipo (consumidores não consumistas). Nesse prisma, produz-se a figura de turistas e servidores /comunidade local tocados em seu mais íntimo pelo capital e os contatos com as pessoas tornam-se hierarquizados (consumidores superiores e consumidos inferiores). Em outras palavras, é o comportamento capitalista aplicado às suas próprias vivências. O turista faz contato com os locais? Sim, mas na forma de servidores ou de atrativos turísticos (se forem atrativos europeus, são os que devem ser vistos; se são países pobres, se as pessoas são negras ou periféricas, são os exóticos a serem contemplados pelos consumidores (brancos, centrais, cristãos, de bem, bem-sucedidos e homens – em geral, heterossexuais)”, avalia.

Turismo Legitimado – Espetáculos e Invisibilidades

Sobre as possíveis contribuições de seu trabalho, o autor afirma que busca apresentar ideias sobre caminhos possíveis (na pesquisa, no estudo, no ensino, no planejamento e na vivência/fruição do turismo) que levem a novas posturas. “Precisamos de mudanças em todos os níveis e sabemos que o grande capital (WTTC e OMT) não vai abrir mão da grandiosa indústria do turismo e dos ‘benefícios’ que eles tanto alegam que a atividade gera. No aspecto mais pontual, acredito na formação de pessoas, no planejamento de atividades turísticas que possam gerar encontros não hierarquizados (em que o turista é enganosamente colocado na posição de sujeito, consumidor, cliente e, para alguns mais empolgados, de rei) e as pessoas (trabalhadores e moradores locais) não sejam observadas como mercadorias. É isso que tem que mudar. Precisamos produzir encontros que sejam baseados na busca pela solidariedade e pela sustentabilidade como horizonte de possibilidades”.


Serviço:
Live de lançamento do livro Turismo Legitimado: Espetáculos e Invisibilidades
Esta atividade integra a programação do Sesc Ideias, série de debates sobre questões socioculturais e educativas da atualidade promovida pelo Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo.
Com a participação de Helio Hintze
Dia 27 de abril de 2021, terça-feira, às 16h
Assista em youtube.com/sescsp
 
Ficha técnica:
Turismo Legitimado – Espetáculos e Invisibilidades
Autor: Helio Hintze
Edições Sesc São Paulo, 2020
360 páginas
ISBN: 978-65-86111-24-8
Preço R$ 80
Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias para a sua viagem!


    Mais lidas

    Site do Editor

    O jornal dos melhores leitores

    Mais recentes

    EUA atualiza regras de entrada após avanço da ômicron

    Uso de máscara seguirá obrigatório em viagens nacionais e internacionais em todos meios de transporte até março de 2022 Edição DIÁRIO com agências Entraram em vigor...

    Centro de Controle dos EUA pede aos americanos que evitem viajar para a França

    WASHINGTON, 6 DEZ (Reuters) - Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC) aconselharam nesta segunda-feira os americanos a não viajarem...

    A guinada da Selina ao se tornar empresa de capital aberto

    A empresa combinada operará como Selina Hospitality plc e suas ações ordinárias serão listadas na Bolsa de Valores de Nova York sob o símbolo...

    Jhon Douglas, secretário de Turismo do Acre: “Em nosso estado se destaca o Etnoturismo”

    Jhon Douglas da Costa Silva, Secretário de Estado de Empreendedorismo e Turismo do Acre, falou ao DIÁRIO DO TURISMO durante o Festival de Turismo...

    Elaine Tenerello, diretora executiva do Visit Iguassu: “traga o seu evento para Foz do Iguaçu”

    A diretora Executiva do Visit Iguassu, Elaine Tenerello, falou com o DIÁRIO durante o Festival de Turismo das Cataratas, ocorrida em Foz do Iguaçu,...

    IGLTA publica guia de viagem para turistas soropositivos

    O guia apresenta os países que restringem parcialmente a entrada de turistas com HIV e os que não chegam nem mesmo a permitir a...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing