Escritório da França no Brasil atualiza situação do país no combate ao coronavírus

Ao levar em conta a circulação ainda ativa da Covid-19 na França, o Primeiro Ministro Jean Castex confirmou que todas as atividades suspensas e estabelecimentos permaneçam fechados  na França como parte da luta contra a epidemia do Covid-19. A atualização feita nesta segunda-feira (18) é que permanecerão assim até o final do mês de janeiro. Abaixo, transcrevemos o informativo do escritório da França, aqui no Brasil

Deslocamentos:

•    Um toque de recolher em toda a França metropolitana entrou em vigor à partir de 16 de janeiro de 2021, entre 18h e 6h, por pelo menos 15 dias.

•    Todos os viajantes (que possuem passaporte europeu ou permissão de viajar) que desejam vir à França de um país fora da União Européia, devem apresentar OBRIGATORIAMENTE um teste PCR negativo de menos de 72 horas, ANTES DO EMBARQUE. Essas pessoas também devem assumir o compromisso de se isolarem por sete dias ao chegarem na França, e depois fazer um segundo teste PCR. 

•    Com relação aos viajantes da União Européia, o Conselho Europeu de 21 de janeiro irá esclarecer a estrutura de coordenação.

•    Medidas específicas estão sendo tomadas para os territórios ultramarinos. Para visitas aos territórios ultramarinos, um teste PCR de menos de 72 horas deve ser providenciado. Desde 14 de janeiro, os testes são agora OBRIGATÓRIOS no retorno desses destinos para o hexágono. As medidas específicas para cada comunidade são detalhadas no site do governo, incluindo :

  • Para Guadalupe e Martinica: à partir de 18 de janeiro, os viajantes que chegam às ilhas devem cumprir um período de isolamento de sete dias e apresentar um teste PCR negativo ao final desse período;
  • Para a Ilha da Reunião: à partir de 18 de janeiro, recomenda-se que os viajantes que chegam à ilha façam isolamento por sete dias e que apresentem um teste PCR negativo ao final deste período;
  • o teste de antígeno não é mais suficiente, para a Reunião, Guadalupe e Martinica (o teste PCR é agora obrigatório) ;
  • Para a Guiana Francesa e Mayotte: para todos os viajantes, será necessário justificar motivo obrigatório para a viagem.

•    Até 8 de fevereiro de 2021, é necessário um teste PCR ou de antígeno para viajantes acima de 11 anos de idade que desejam viajar para a Córsega.

Compartilhe com um amigo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redação
Redaçãohttps://diariodoturismo.com.br
Primeiro e-Diário de Turismo do Brasil

Assine nossa newsletter

E fique por dentro das notícias mais importantes do setor!


    Mais lidas

    Site do Editor

    Mais recentes

    Posso viajar na Pandemia? perguntas e respostas!

    O buscador de viagens Skyscanner enviou ao DIÁRIO na última sexta-feira (5) uma lista perguntas e respostas sobre o momento que o mundo das...

    7ª Mostra de Cinema de Gostoso (RN) começa dia 10

    A Mostra de Cinema de Gostoso na Praia do Maceió, em São Miguel do Gostoso (RN), começa no próximo dia 10 e vai até...

    Sally Balcombe, CEO do VisitBritain, fala ao DIÁRIO durante o ExploreGB Virtual

    Durante esta semana ocorreu o principal encontro anual do trade turístico da Grã Bretanha, o ExploreGB,  promovido pelo VisitBritain, mas desta vez, em um...

    Momentos Argentinos desta semana: Neuquén

    Quando os passageiros decidem viajar, mais ainda depois de meses difíceis como foram os de 2020, há um denominador que se estende à maioria...

    GTA prorroga para o fim de março promoção para Terceira Idade

    A GTA - Global Travel Assistance acaba de anunciar que prorrogou para o fim de março a Promoção + 65. Válida para todos os planos...

    Grupo Belmond anuncia Felipe Pereira como novo diretor de Vendas

    Felipe Pereira é o novo diretor de vendas do Copacabana Palace e Hotel das Cataratas, hotéis de luxo do grupo Belmond, no Rio e...

    Relacionadas

    Compartilhe com um amigo:
    Pautas e Marketing
    Olá.
    Esse é um canal exclusivo para Pautas e Marketing.